Curiosidades

Comidas estranhas: 24 pratos exóticos ao redor do mundo

Essa lista com as comidas estranhas pelo mundo todo conta com iguarias como: morcegos e aranhas. Você já experimentou um prato assim?

Quando entramos em contato com uma cultura diferente, é normal que estranhemos alguns elementos. Certamente, você já se deparou com algum costume de outro país que pareceu bem exótico. De modo geral, o que mais nos deixa surpresos são as comidas estranhas que vêm de outros locais.

Normalmente, entram nas listas de comidas exóticas, porque possuem ingredientes pouco usuais para a nossa cultura. Por exemplo, no Brasil é comum comer animais como bois, galinhas ou peixes. Mas que tal cachorros ou mesmo escorpiões?

Desse modo, elaboramos uma lista com comidas estranhas de vários lugares do mundo. Certamente, essa lista vai te surpreender e talvez te cause alguns arrepios. Bom apetite!

25 comidas estranhas de todo o mundo

1- Morcegos

Fonte: Megacurioso
  • De onde? Vietnã

Os morcegos são animais mamíferos muito abundantes no Vietnã. Por isso, ele tem o consumo comum no país, onde é possível encontrar essa iguaria pronta em restaurantes, ou “cru” para o preparo em casa.

Continua após a publicidade

No entanto, não basta comprar o morcego e prepará-lo. Isso porque, é preciso uma preparação especial que começa com o processo de queimar a pele do animal. Além disso, cabeça e patas também ficam de fora, com o resto sendo próprio para o consumo.

Em seguida, basta escolher a receita com que vai preparar o morcego. Eles podem ser cozidos, fritos ou até mesmo grelhados, como uma espécie de churrasco. De modo geral, o cheiro é bem forte e, por isso, pode-se utilizar molhos e condimentos para disfarçar o aroma.

Continua após a publicidade

2- Caranguejeira

Fonte: Iguarias pelo mundo
  • De onde? América do Sul, sul da África, Austrália

As aranhas são animais que podem causar muito medo, mas em alguns lugares do mundo, elas podem ir para a panela. Apesar de muito assustadoras, a caranguejeira não é venenosa.

Além disso, por serem grandes, elas são mais carnudas, por isso são a espécie de aranha mais comida no mundo. Apesar de não ser possível fazer muitos pratos diferentes, normalmente se come o abdômen do aracnídeo e as vísceras e cabeça vão para o lixo. Você encararia essa comida estranha?

Continua após a publicidade

3- Sangue

Fonte: Megacurioso
  • De onde? França, Irlanda, Grã-Bretanha, Alemanha e alguns países da América Latina

Comumente, a carne de suínos é bastante consumida, bem como seus derivados. Mas, e o sangue do porco? Não é comum em todo o mundo, no entanto, costuma aparecer na produção de algumas linguiças e salsichas.

Sendo assim, o sangue do porco passa por um cozimento com um pouco de gordura, até atingir a coagulação. Desse modo, o sangue fica sólido e com textura semelhante à de embutidos.

De modo geral, essa comida estranha tem o gosto semelhante ao de salsichas normais. Contudo, dependendo da receita, a salsicha de sangue de porco pode ficar com um gosto forte de ferro.

4- Caldo de Turu

Fonte: Quem tem boca
  • De onde? Brasil

Uma das comidas estranhas que chegou para representar o Brasil. Mas, vamos por partes. Em primeiro lugar, é preciso saber que o turu consiste em um molusco da largura de um dedo humano e que tem uma cabeça dura e o corpo gelatinoso.

Continua após a publicidade

Na Amazônia, o turu é um prato bastante famoso. Além do ensopado, esse molusco também pode ser comido cru, em moquecas ou com farinha. De modo geral, o sabor é semelhante ao de demais moluscos.

Entretanto, não são somente os povos da Amazônia que se alimentam do turu. Os macac0s-do-mangue também adoram esse molusco. No entanto, caçadores se aproveitam disso, passando pimenta nos moluscos que acabam deixando os animais agitados. Desse modo, os macacos acabam ficando vulneráveis para a captura.

5- Porquinho-da-Índia

Fonte: Planeta Cativante
  • De onde? Peru e Equador

Os porquinhos-da-Índia são comumente criados como animais domésticos. Contudo, em alguns países, o bichinho pode ser uma iguaria muito apreciada e recebe até um nome específico: Cuy.

Normalmente, eles são pratos típicos de ocasiões especiais. Geralmente, o animal é servido grelhado ou assado e o seu tamanho pequeno e gordinho se torna ideal para preencher o prato. Apesar de não ser nada normal comer porquinho-da-índia aqui no Brasil em algumas regiões é relativamente comum comer-se carne de coelho, que são parentes do porquinho-da-índia, logo o sabor da sua carne se assemelha.

Continua após a publicidade

6- Macaco

  • De onde? Algumas regiões da África

Esse é mais um animal que integra a lista de comidas estranhas. De modo geral, ele ocorre em regiões da África onde as pessoas caçam esses animais, abrem seu corpo e limpam as veias e vasos sanguíneos do cérebro.

Em seguida, o cérebro vai para uma conserva de limão ou vinagre. Ademais, depois de ficar um tempo na salmoura o órgão está pronto para o cozimento. Segundo cientistas, a iguaria é rica em vitaminas, fósforo e proteínas.

Além dos macacos, os gorilas também tem uma cérebro que serve como prato. No mais, o órgão destes animais pode ser até mesmo considerado afrodisíaco.

7- Mocotó

Fonte: Megacurioso
  • De onde? Usado no mundo todo

Quem come gelatina pode não saber sobre um de seus ingredientes, responsável pela textura do alimento. Isso porque, o responsável pela característica gelatinosa é o mocotó, que consiste em cascos, ossos, pele e ligamentos de bois e porcos.

Continua após a publicidade

De todas as comidas estranhas dessa lista, a gelatina talvez seja a mais popular. O mocotó é utilizado para a produção de gelatinas e geleias em todo o mundo. Apesar disso, o gosto da substância não é sentido, porque são acrescentados corantes e essências, para que a gelatina agrade o olfato e o paladar.

8- Omelete de bicho-da-seda

  • De onde? Tailândia e China

Os bichos-da-seda são comumente utilizados para produzir tecidos. Contudo, eles também podem ser iguarias da culinária de alguns países. Na China, por exemplo, as larvas são fritas com cebola, temperos, molhos e ovos de galinha. Por isso, o prato é quase uma espécie de omelete.

Ademais, outra parte do bicho-da-seda é própria para o consumo. Trata-se da crisálida, aquele casulo que envolve as lagartas. Desse modo, as casquinhas são crocantes e podem parecer salgadinhos.

Já na Tailândia, a comida ficou tão popular que entrou para o catálogo de culinária oficial. Por isso, essa iguaria passou a integrar, de modo oficial, as refeições das crianças tailandesas que estudam em escolas públicas.

Continua após a publicidade

9- Tarântulas

Fonte: La Verdad
  • De onde? Camboja

As aranhas definitivamente integram a lista de comidas estranhas do mundo. Ao contrário das caranguejeiras, as tarântulas possuem veneno, portanto, para come-las, é preciso tirar o órgão que excreta a substância letal.

Além do abdômen que possui mais carne, as perninhas desse aracnídeo também são ingeridos, mesmo sendo mais secos. Mesmo tendo uma carne suculenta, esse animal  é ingerido mais por necessidade que pelo sabor.

10- Sopa de cachorro

Fonte: Globo Esporte
  • De onde? Coréia do Sul, Sul da China, Hong Kong

Certamente, essa é uma das comidas estranhas que mais gera polêmica no Ocidente. Isso porque, além de não comermos os cachorros, eles são animais domésticos, quase da família. Contudo, entre os coreanos, por exemplo, os cães são considerados muito energéticos e, até mesmo, afrodisíacos.

Mas, a sopa não leva apenas a carne dos cachorros, mas também legumes e especiarias. Mesmo sendo um prato típico do Oriente, em alguns países a venda de cães para alimentação foi proibida. No entanto, com a pouca fiscalização, as pessoas continuam se alimentando desses animais.

Continua após a publicidade

11- Haggis

Fonte: Megacurioso
  • De onde? Escócia

Esse prato pode parecer estranho, mas é muito comum entre os escoceses e possui até um nome típico: Haggis. Ademais, a iguaria é composta por coração, pulmões e fígado de ovelhas cozidos dentro do estômago do próprio animal.

Depois ser cozido por cerca de três horas, o estômago é cortado. Desse modo, as vísceras escorrem para fora do órgão, uma cena, no mínimo, inusitada.

12- Canguru

Fonte: Geekness
  • De onde? Austrália

Além de animais típicos da Austrália, os cangurus também são um prato típico do país. A carne de canguru é ingerida picadinha e cozida no vapor, ou comida em sopas. Até mesmo o rabo do animal é utilizada. No mais, a iguaria é tão popular que é vendida em mais de 900 lugares da Austrália, desde pizzarias até hotéis.

13- Cascavel

Fonte: Botequim da Esquina
  • De onde? Sweetwater, no Texas

De todas as comidas estranhas dessa lista, talvez essa seja a mais específica. Isso porque, ela surgiu como prato para um festival da cidade de Sweetwater, no Texas.

Continua após a publicidade

Além de inusitado, esse alimento é difícil  de preparar. Em primeiro lugar, é preciso obter a cascavel e decapitá-la. Depois, é necessário tirar a pele do animal e colocá-lo para secar por cerca de uma hora.

Depois de seca, deve-se cortar e fritar a cobra, para servir com molho. Por ter se popularizado na cidade, o festival conta até mesmo com uma competição de quem come mais cascavel.

14- Filhotes de polvos

Fonte: Megacurioso
  • De onde? Coreia do Sul

Esse prato é chamado Sannakji e composto por partes cortadas de polvos filhotes ainda vivos. Quando chegam ao prato, os pedacinhos continuam se movendo, por isso esse prato é ainda mais impressionante.

E não para por aí. Isso porque, os animais precisam ser muito bem mastigados. Ao contrário, as ventosas podem grudar no estômago da pessoa e causar dor.

Continua após a publicidade

15- Farofa de formiga

Fonte: XapuriInfo
  • De onde? Brasil

Mais uma comida estranha tipicamente brasileira. Ademais, nas regiões rurais do país, comer formigas é bastante comum. Além da farofa, o inseto pode ser tostado e comido como salgadinhos.

No mais, as formigas podem ser nutritivas, já que são pobres em gordura e ricas em proteínas e fósforo. Além disso, as formigas também podem ser usadas pelos chineses para fazer vinho.

16- Embriões de aves

Fonte: Megacurioso
  • De onde? Filipinas

Carne de pato ou galinha é um alimento comum, mas e os embriões desse animais? E mais, eles estão parcialmente desenvolvidos. Esse prato se chama Balut e consiste em uma sopa feita com embriões dessas aves.

Além da carne dos patinhos e pintinhos ainda não formados, o prato inclui penas, bicos e ossinhos. Isso porque, os embriões vão inteiros no preparo, que é um dos alimentos favoritos nas Filipinas.

Continua após a publicidade

17- Baiacu

  • De onde? Japão

O peixe em questão é o fugu, ou baiacu, aquele que infla quando está com medo. Ele é venenoso, porque possui a tetrodotoxina, uma substância venenosa perigosa e ainda mais venenosa que o cianeto. Por isso, é necessário remover esse veneno antes de preparar o prato.

Desse modo, retira-se uma bolsa de veneno instalada perto das brânquias do peixe. Contudo, um pouco do líquido permanece para causar uma reação alucinógena em quem come. Mas, para não mata ninguém, os chefes que preparam o baiacu precisam passar por um treinamento.

18- Escorpião

Fonte: Iguarias pelo mundo
  • De onde? Cingapura

Isso mesmo, apesar de ser venenoso uma reação química neutraliza o veneno, onde ele é cozido antes de ser frito em óleo, logo as altas temperaturas fazem com que o inseto fique ideal para o consumo humano. Depois já está pronto para o consumo, geralmente o animal é abocanhado por inteiro.

A espécie mais comum é a do escorpião negro, por ser maior e menos venenoso. Essa é uma iguaria mais apreciada em países asiáticos, onde eles usam o famoso hashi, os famosos “palitinhos”, talheres da cultura asiática.

Continua após a publicidade

19- Pernas de rã

Comidas estranhas: os pratos mais exóticos do mundo
deposit photos
  • De onde? França

Ao todo, cerca de 100 milhões de sapos são retirados anualmente da natureza para virarem alimento. Entre os maiores consumidores desse animal no mundo, estão os franceses, especialmente os gauleses puristas. Além disso, as pernas de rãs também são comuns em outras regiões do mundo. O prato exótico pode ser encontrado, por exemplo, em regiões de Tailândia, China, Caribe, Indonésia e esporadicamente em toda a Europa.

20- Queijo podre

Comidas estranhas: os pratos mais exóticos do mundo
Sapo
  • De onde? Itália

Quando se fala de comidas estranhas, poucas coisas surpreendem mais que o casu marzu. Isso porque o nome significa, literalmente, queijo podre. Em termos técnicos, o casu marzu é um queijo pecorino que passa por envelhecimento a partir de buracos feitos em toda sua extensão. A partir daí, então, moscas do ambiente externo depositam ovos no queijo, gerando larvas que também são consumidas.

21- Kopi Luwak

Comidas estranhas: os pratos mais exóticos do mundo
Sabores do Sul
  • De onde? Indonésia

Além de fazer parte das comidas mais estranhas ao redor mundo, esse também é também o mais caro. Com custo aproximado de US$ 75, por 100 gramas, o café só é feito nas ilhas de Sumatar, Java e Sulawesi. Primeiramente, o civete de palmeira comum (um pequeno animal da região) como os grãos de café, mas não o digere completamente. Sendo assim, os excrementos do animal ainda levam grãos intactos, além de enzimas digestivas que dão o sabor especial.

22- Vinho de cobra

Comidas estranhas: os pratos mais exóticos do mundo
Oinos sem mistérios
  • De onde? Vietnã

As cobras são especialmente famosas pela força do veneno de algumas espécies, mas um método específico de fermentação desses animais permite desativar a peçonha e criar bebidas incríveis. Nesse caso, estamos falando do vinho de cobra, uma das comidas exóticas comuns em áreas do Vietnã. No entanto, por conta da ameaça de extinção de várias espécies, o vinho tem importação ilegal em vários países.

Continua após a publicidade

23- Insetos fritos

Comidas estranhas: os pratos mais exóticos do mundo
360 meridianos
  • De onde? Tailândia

Os insetos fritos são algumas das comidas estranhas mais populares quando se fala nesse assunto. Em Bangkok, por exemplo, é possível encontrar regiões com longas filas de vendedores apresentando grandes variedades de insetos comestíveis.

24- Vermes do coco

Comidas estranhas: os pratos mais exóticos do mundo
Movimiento Regional
  • De onde? Vietnã

Os vermes do coco são um tipo de larva de besouro que se parecem com vermes bem grandes. Eles surgem assim que os besouros depositam seus ovos dentro dos cocos, permitindo o crescimento das larvas. A princípio, eles estragam o como, mas no processo tornam-se iguarias que entram nos cardápios vietnamitas.

Gostou? Então confira também essa matéria: Essas imagens vão te dar fome! 30 coisas aleatórias que parecem comida

Fonte: Superinteressante, Megacurioso

Continua após a publicidade

Imagens: Magnus Mundi, Quem tem boca, Planeta Criativo, Terra, La Verdad, Globo Esporte, Geekness, HC Notícias, Youtube, Iguarias pelo mundo, Megacurioso, Movimiento Regional, Oinos sem mistérios, 360 meridianos, Sabores do Sul, Sapo, deposit photos

Próxima página »

Escolhidas para você