Ciência & Tecnologia

Como funciona o Google Classroom? Conceito, recursos e vantagens

Saiba mais sobre a plataforma Google Sala de Aula e como usá-la para facilitar a comunicação entre professores e alunos.

Você deve conhecer as ferramentas mais populares do Google, como Gmail, Google Agenda e Google Docs, por exemplo. Dessa forma, além de serem essenciais para organizar nossa rotina pessoal ou de trabalho, elas revolucionaram a maneira como nos comunicamos, trabalhamos e armazenamos informações online. Mas você já ouviu falar, e sabe como funciona o Google Classroom ou Sala de Aula? Para esclarecer, ela é destinada a professores e alunos.

A plataforma educacional Google Classroom, ou Google Sala de Aula, traz os benefícios do aprendizado, e sobretudo, da colaboração digital entre os membros. Como resultado, dezenas de milhões de professores e alunos usam a plataforma em milhares de escolas em todo o mundo, tornando-o uma das ferramentas de comunicação mais populares do mercado.

Como funciona o Google Classroom?

Fonte: Freepik

Para esclarecer, o Google descreve o Google Sala de Aula como “uma plataforma de controle para sua sala de aula que reúne as ferramentas do G Suite do Google para professores e alunos”. Ele também atua como um organizador digital, onde os professores podem disponibilizar os materiais da aula e compartilhá-los com os alunos, tudo de forma digital.

A partir daí, você pode escolher os recursos que deseja incorporar. Aliás, essa flexibilidade, e sua integração perfeita com as ferramentas mais usadas do Google, é provavelmente o que tornou o Google Classroom uma das ferramentas de tecnologia educacional mais utilizadas atualmente.

Continua após a publicidade

Quem pode usar o Google Classroom?

Fonte: Freepik

O Google Sala de Aula é um serviço gratuito para qualquer pessoa com uma conta pessoal do Google e também é gratuito para organizações que usam o G Suite for Education ou o G Suite para organizações sem fins lucrativos. Na maioria dos casos, professores e alunos podem acessar o Google Classroom usando uma conta do Google fornecida pela escola.

Vale lembrar ainda que a ferramenta pode ser acessada pelo computador, na versão web, ou pelo o aplicativo no celular,  disponível para ser baixado nas lojas para Android e iPhone (iOS).

Quais as vantagens de usar o Google Sala de Aula?

Por ser uma plataforma bastante flexível, os educadores usam seus recursos de muitas maneiras diferentes. Com o Google Classroom, os professores podem:

1. Simplificar a forma como eles gerenciam as aulas

Fonte: Freepik

Em primeiro lugar, a plataforma se integra com outras ferramentas do Google, como Documentos, Drive e Agenda, portanto, há muitos “atalhos” integrados para tarefas de gerenciamento de sala de aula. Por exemplo, se você postar uma tarefa com uma data de entrega, ela será adicionada automaticamente ao calendário da turma para que todos os alunos vejam.

Continua após a publicidade

2. Organizar, distribuir e reunir tarefas, materiais do curso e trabalhos dos alunos.

Fonte: Freepik

Em segundo lugar, os professores também podem postar uma tarefa em várias turmas ou modificar e reutilizar as tarefas quando necessário.

3. Se comunicar com os alunos

Fonte: Freepik

O professor pode usar a plataforma para postar anúncios e lembretes sobre atribuições e é fácil ver quem concluiu ou não o trabalho. Todavia, o educador também pode verificar com alunos individualmente, em particular, e oferecer suporte.

4. Dar feedback sobre tarefas e avaliações

Fonte: Freepik

No Google Sala de Aula, é possível usar o Formulários Google para criar e compartilhar questionários que são avaliados automaticamente conforme os alunos os entregam. Portanto, além de gastar menos tempo avaliando, os alunos ainda receberão feedback instantâneo sobre o trabalho proposto.

5. Integrar pais e alunos

Fonte: Freepik

O Google Classroom ainda tem opções para os professores enviarem atualizações sobre o desempenho dos alunos. Neste caso, o Google se refere aos pais e familiares como “tutores” que podem optar por receber resumos por e-mail sobre faltas, pendências, notas e outras atividades da aula.

Continua após a publicidade

No entanto, não inclui recursos para mensagens diretas às famílias nem permite que os pais comentem sobre o trabalho de seus filhos.

Por fim, a plataforma foi atualizada bastante desde seu lançamento, e o Google continua a apresentar novos recursos regularmente, geralmente com base no feedback dos professores. Por exemplo, uma das principais reclamações dos usuários era a falta de recursos de avaliação ou uma ferramenta para criar rubricas no Google Sala de Aula.

Pensando nisso, o Google está lançando uma nova ferramenta para coletar e avaliar trabalhos, chamada Tarefas. Qualquer pessoa com acesso ao G Suite for Education pode se inscrever para testar a versão beta da plataforma gratuitamente.

Então, se você curtiu saber como funciona o Google Classroom e quer conhecer mais sobre tecnologia, leia: Google Assistente – Como ativar e principais funções disponíveis

Continua após a publicidade

Fontes: Techtudo, Brasil Escola, Tecnoblog

Fotos: Freepik

Próxima página »

Escolhidas para você