Como parar de fumar usando bicarbonado de sódio

Fumar é algo que já esteve na moda, mas hoje todo mundo tem consciência dos estragos que este hábito pode trazer para a saúde ao longo dos anos. O problema, no entanto, é que parar de fumar, no caso de quem já começou, não é nada simples.

E, se você está pensando que tudo depende de força de vontade e que os produtos que promete ajudar a parar de fumar estão aí para serem usados, melhor repensar sua opinião. Todo mundo que tenta se livrar desse hábito destrutivo sofre bastante com a ansiedade e com os efeitos da dependência da nicotina no organismo.

Além disso, adesivos, chicletes e outros remédios que prometem ajudar a parar de fumar não costumam ser muito eficientes. Os fumantes contam que estes “paliativos” não acabam com a vontade de fumar, o que não facilita em nada abandonar de vez o cigarro.

5

As próprias estatísticas sobre pessoas que tentaram parar de fumar não são animadoras. Conforme a revista Psychology Today, a maioria dos que tentam parar de fumar têm uma recaída dentre de um ano, pelo menos.

Bicarbonato para parar de fumar?

Mas, então, o que fazer? Se você está tentando imaginar o que pode ajudar nessa missão, especialistas garantem que a melhor opção é algo que todos têm em casa: bicarbonato de sódio.

1

De acordo com o pesquisador britânico Richard Webster, o bicarbonato de sódio tem efeito imediato naqueles que querem largar o cigarro. Isso porque o bicarbonato, sendo alcalino, ajuda a equilibrar a acidez excessiva do organismo, fator que, segundo o cientista, impulsiona o consumo de acidificantes como o cigarros e a maioria de outras substâncias viciantes.

Como usar o bicarbonato de sódio?

O problema, no entanto, é que o bicarbonato de sódio não faz bem para os rins, se consumido em excesso. Logo, para conseguir os resultados esperados, o candidato a ex-fumante precisa usar o produto direto na língua, quando sentir vontade de fumar, por duas semanas.

2

Depois disso é preciso interromper o uso consecutivo do bicarbonato por outras duas semanas. Se for preciso, volte a utilizar a técnica por mais duas semanas sempre que quiser um cigarro e faça uma pausa novamente.

Embora pareça algo bobo, pesquisas apontam que a maior parte das pessoas que pararam de fumar com este método foram bem sucedidas.

Contraindicações

No entanto, hipertensos e doentes renais, como já dissemos, não devem adotar o método. Neste caso, para se livrar da nicotina, o ideal é que essas pessoas alterem a alimentação.

Uma dieta alcalina, que corte os ácidos, o glúten e o açúcar têm o mesmo efeito que o bicarbonato no organismo. E, com o sangue mais alcalino, a tendência é que a vontade de consumir substâncias tóxicas, como a nicotina e o tabaco, diminua progressivamente.

4

E, por falar na necessidade de parar de fumar, você precisa conferir esta outra matéria: Veja como fica o pulmão de um fumante depois de 20 cigarros.

Fonte: Cura pela Natureza