Curiosidades

Como são formados os raios vulcânicos?

A erupção de um vulcão é um fenômeno tão imprevisível e surpreendente que esconde particularidades como os incríveis raios vulcânicos.

Raios vulcânicos são um fenômeno raro, ou seja, costuma ocorrer mais nos primeiros estágios da erupção de um vulcão.

Ele também recebe o nome de relâmpago vulcânico, porque gigantescas descargas elétricas ocorrem como as das tempestades convencionais. Contudo, isso acontece na pluma – a coluna de gás de um vulcão quando entra em erupção.

O mais curioso é que não está completamente claro por que esses raios surgem em vulcões.

O que é um raio vulcânico?

Raios vulcânicos são descargas elétricas entre zonas de carga negativa e zonas de carga positiva. Normalmente, eles surgem na boca do vulcão ou na pluma de matéria eruptiva que ele expele.

Continua após a publicidade

Além disso, parece que pequenas erupções também produzem raios, mas geralmente são escondidas pela cortina de cinzas.

Por outro lado, a vulcanologia mostrou que existem dois tipos de raios vulcânicos: alguns ocorrem na boca do vulcão e outros que surgem nas alturas da pluma.

Como ele se forma?

A explicação mais geral para os raios vulcânicos é que o movimento das cinzas, assim como do gelo e da lava, cria um desequilíbrio elétrico que é estabilizado por descargas poderosas.

Isso ocorre devido ao chamado efeito triboelétrico , pelo qual o atrito gera eletricidade, como ocorre quando um balão de plástico é esfregado contra o cabelo, por exemplo.

Continua após a publicidade

Com efeito, a separação de cargas positivas e negativas dá origem a uma grande diferença de potência que gera a descarga.

Raios no vulcão Stromboli

Uma equipe de pesquisadores das universidades de Bristol, Reading e Bath, no Reino Unido, liderada por Keri Nicoll, examinou a erupção do vulcão Stromboli, no norte da Sicília.

Lá eles descobriram que, apesar de esse vulcão às vezes gerar nuvens nas quais quase não há cinzas, elas são altamente carregadas. Como esses cientistas propuseram, a origem dessa eletrificação pode estar no radônio.

Este gás tem uma origem completamente natural, relacionada ao decaimento radioativo natural do urânio, que está presente no solo e nas rochas.

Continua após a publicidade

Para chegar a esta conclusão, os cientistas mediram a carga elétrica nas plumas vulcânicas de Stromboli. Suas últimas erupções não geraram cinzas e se caracterizam pela presença de grandes quantidades de lava e poderosos vazamentos de gás.

O mais interessante é que, segundo os cálculos dos pesquisadores, a carga elétrica das plumas de Stromboli coincide com a que pode ser gerada pelo gás radônio liberado pelo vulcão.

Por fim, é importante saber que esses fenômenos são comuns na erupção de um vulcão e não afetam de forma alguma a qualidade do ar.

Fontes: R7, Uol

Continua após a publicidade

Leia também:

Como um vulcão adormece? 10 vulcões adormecidos que podem despertar

O que é criovulcão? Origem, formação e curiosidades

História do vulcão Cumbre Vieja, que começou a lançar “bomba de lava”

Continua após a publicidade

Vulcão de Yellowstone: porque sua erupção ameaça a humanidade?

Como se forma um vulcão? Origem e estrutura do fenômeno

Vulcão mais antigo do mundo – Descoberto e onde está localizado

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você