Curiosidades

Coringa de Joaquin Phoenix – Ator, transformação e por que tanto sucesso

Coringa, vivido por Joaquin Phoenix, é um dos filmes mais esperados do ano. Saiba mais sobre a construção do personagem aclamadíssimo.

Certamente, você conhece o Coringa, sendo um amante da cultura pop ou não. Isso por que o personagem é um dos mais complexos e interessantes do universo dos quadrinhos e também do cinema.

Criado em 1940, por Jerry Robinson, Bill Finger e Bob Kane, ele consegue manter sua importância até os dias de hoje. Aliás, para quem não sabe, o Coringa se trata do arqui-inimigo do Batman.

O Coringa, contudo, não possui objetivos precisos e muito menos origem exata. Pelo menos não tinha até agora.

Provavelmente, seu primeiro filme solo, que chega aos cinemas dia 3 de outubro, irá nos mostrar como o Coringa se tornou o vilão que conhecemos. Aliás, muito se espera dessa filme dirigido por Todd Phillips (famoso pela trilogia Se Beber não Case), e que conta com ninguém menos que Joaquin Phoenix como protagonista.

Continua após a publicidade

Na TV, entretanto, o personagem já foi encarnado duas vezes. Enquanto, no cinema, três atores já viveram o papel. Consequentemente, Joaquin Phoenix será o sexto a encarnar o papel do Palhaço do Crime, e tudo aponta que será diferente de tudo o que já vimos até o momento.

Agora, a pergunta que não quer calar: quem é o Coringa de Joaquin Phoenix?

Quem é Joaquin Phoenix?

Coringa - por que a versão do Joaquin Phoenix é diferente
Rolling Stone

Joaquin Phoenix tem 44 anos de idade e é um dos atores mais respeitados de Hollywood. Apesar de estar na atuação há algumas décadas, ganhou o mundo pelo seu papel em O Gladiador (2000). Além disso, ele acumula um Grammy, um Globo de Ouro e três indicações ao Oscar.

Conhecido por seus papeis memoráveis em filmes que fogem do convencional, ele é um dos astros adepto ao método. Essa é uma técnica onde o ator procura desenvolver em si mesmo os pensamentos e emoções da personagem. Ou seja, ele tenta reproduzir a vida ao máximo. Ele usa suas próprias emoções e memórias vividas para compor o personagem.

Continua após a publicidade

Não é a primeira vez que atores do Método compõe personagens do universo da DC Comics. Christian Bale fez o Batman e Jared LetoHeath Ledger fizeram o Coringa, todos eles do Método. Sabendo disso, podemos supor que Joaquin Phoenix tem muito o que acrescentar a esse personagem multidimensional.

Tornando-se o Coringa

Coringa - por que a versão do Joaquin Phoenix é diferente
Warner Bros.

Quando Todd Phillips assumiu o filme solo do Palhaço do Crime, ele sabia que se tratava de um longa de baixo orçamento com uma proposta diferente da habitual. “Eu pensei em uma nova abordagem para as histórias em quadrinhos e o Coringa era o personagem que mais me interessava”, conta o diretor.

Joaquin Phoenix era o ator perfeito para encarar a responsabilidade de viver esse protagonista. O ator nunca quis viver algum personagem de filmes de heróis, ainda assim esse roteiro era tão interessante que ele não tevê dúvida nenhuma. Ele logo começou o trabalho para entrar no personagem.

Além de viver pensando como o próprio coringa, ele começou a mudar o próprio corpo. Ele perdeu 24 quilos para viver o Coringa. Phoenix pesquisou sobre narcisismo e criminologia e se inspirou em Buster Keaton, Ray Bolger e no espantalho do Mágico de Oz.

Continua após a publicidade

Para o ator, o filme fala por si. “Você tanto pode dizer que ali tem alguém que precisa ter sua voz ouvida e ser entendido. Ou pode dizer que é alguém que desproporcionalmente precisa que um monte de gente preste atenção nele. Sua satisfação vem de onde ele está no meio da sua loucura”, definiu Phoenix.

O filme

Coringa - por que a versão do Joaquin Phoenix é diferente
Warner Bros.

A Warner Bros e a DC Films mudou sua postura em relação aos filmes depois de inúmeros fracassos. Após depois de tentar repetir os feitos da Marvel, eles perceberam que o grande diferencial da DC Comics é justamente as inúmeras interpretações de seus mesmos heróis e vilões em 52 Terras paralelas e infinitas linhas temporais.

Além disso, a Warner possui os melhores profissionais do mercado em todos os quesitos técnicos, desde figurino e logística até fotografia, roteiro, direção, entre outros. Consequentemente, a ideia foi fazer um filme tradicional, e não um de gênero, como a seara do super-herói se tornou.

O filme se passa nos anos 70, em uma Gotham baseada na Big Apple dessa época, com influência noir de Chicago da década de 30. Além disso contou com conselhos do especialista nesse assunto, Martin Scorsese. O comando ficou por conta de Todd Phillips, conhecido por comédias e que vem da escola novaiorquina de cineastas. Sua visão foi influenciada por filmes como Operação França e Taxi Driver.

Continua após a publicidade

Coringa

Coringa - por que a versão do Joaquin Phoenix é diferente
Warner Bros.

Primeiramente, o longa é diferente de tudo que já vimos sobre super-herói. Ele trata sobre um vilão, e não sobre um herói. Além disso, é um longa de origem sobre o personagem do mal, nos mostrando um pouco mais do seus interior e de como pensa. Acima de tudo, o longa é um verdadeiro estudo de personagem.

O filme é tão intimista que recebeu um orçamento muito pequeno comparado a qualquer outro filme de herói. Além disso, já se cogita sobre as chances de premiação do filme, principalmente do Oscar. Além das chances de concorrer ao melhor filme, também existe uma grande possibilidade de indicação para melhor ator.

Os filtros frios dão à cidade-personagem sua própria identidade e a proposta de tornar o vilão em um símbolo. A partir deste filme, ele deixa sua mortalidade de lado e também mostra que se tornou uma ideia, uma amostra de tudo o que a sociedade pode produzir de ruim se não cuidarmos uns dos outros.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Coringa, 5 referências de filmes e quadrinhos presentes no trailer do filme

Continua após a publicidade

Fonte: Canal Tech Wikipédia UOL

Imagens: Warner Bros.

Próxima página »

Escolhidas para você