Curiosidades

15 curiosidades sobre o olfato

Embora o olfato humano seja fraco em comparação com o de muitos animais, ainda é muito apurado; veja as principais curiosidades sobre este sentido.

O olfato é um elemento vital de nossos sentidos e um componente importante de nossas vidas diárias, mas você já se perguntou exatamente por que isso acontece e quais curiosidades existem por trás dele?

Um nariz humano tem mais de 400 receptores de cheiro. Quando o cheiro de café se espalha por uma sala, por exemplo, receptores específicos no nariz detectam componentes moleculares do odor, provocando uma série de respostas neurais que chamam a atenção para a cafeteira. Mas muitos dos detalhes de como essa sequência se desenrola ainda são um mistério.

Além disso, a ausência de uma dimensão de definição de limites, como comprimento de onda para visão de cores ou frequência para som, criou um atraso na compreensão do olfato em comparação com outros sentidos. Quer saber mais sobre o assunto? Então, vamos conferir abaixo algumas curiosidades sobre o olfato?

15 curiosidades sobre o olfato

1. Aromas diferentes que as pessoas podem cheirar

Um ser humano normal possui 25 milhões de células olfativas. Aliás, estudos recentes descobriram que nossos narizes podem captar um impressionante trilhão ou mais de odores. Então, imagine se eles estivessem todos em um balcão de perfumes. Em comparação, nossos olhos só conseguem captar cerca de 10 milhões de cores.

2. O mundo cheira diferente para cada pessoa

Não há duas pessoas com a mesma composição genética para os 400 receptores de cheiro no nariz (exceto gêmeos idênticos). Em outras palavras, o mundo tem um cheiro diferente para todos; cada um de nós vive em seu próprio mundo privado de cheiros que é único para nós.

3. Células de odor

Os seres humanos têm 5-6 milhões de células de detecção de odor no corpo, impressionado? Isso é um pequeno arranhão na superfície em comparação com o reino animal. Um coelho, por exemplo, tem 100 milhões e um cachorro, cerca de 200 milhões.

4. Quando você está doente você cheira mal

Seu corpo emite um odor “insalubre” detectável quando seu sistema imunológico está altamente ativo, como ao combater uma infecção.

5. Seu nariz pode se cansar de trabalhar

Muitos cheiros fortes podem deixar seu nariz quase dormente. Aliás, chama-se “fadiga olfativa”. A mesma coisa acontece quando você fica na cozinha por um tempo. Você para de notar esses cheiros bons ao seu redor, a menos que saia da sala e volte.

6. Cheiro branco

Você sem dúvida já ouviu falar de luz branca e ruído branco. Agora, os cientistas criaram um cheiro chamado “branco olfativo”, feito pela mistura de 40 ou mais compostos de odor em quantidades iguais.

Os pesquisadores criaram quatro misturas brancas olfativas diferentes, nenhuma das quais compartilhava ingredientes comuns. Como resultado, os sujeitos de teste os identificaram consistentemente como o mesmo cheiro.

7. Os perfumes cheiram diferente em pessoas diferentes

Você e seu melhor amigo podem usar o mesmo perfume e não cheiram o mesmo. Por quê? É causado pela química do seu corpo. Em suma, a pele de cada pessoa é diferente – seca ou oleosa, por exemplo – cada uma com uma mistura única de elementos como sais, proteínas e pelos.

Assim, quando os produtos químicos do perfume reagem com sua pele, você obtém seu próprio cheiro.

8. Mulheres são melhores em detectar cheiro de suor

É verdade. É mais difícil esconder o cheiro de suor de uma mulher. Quando os pesquisadores tentaram mascarar o odor corporal com outro perfume, os narizes dos homens foram enganados 19 em 32 vezes. As mulheres só foram enganadas duas vezes.

9. O cheiro pode afetar seu humor e suas percepções

A ideia de fragrâncias agradáveis ​​pode ser suficiente para nos deixar um pouco mais alegres, mas o cheiro real pode ter efeitos dramáticos na melhoria do nosso humor e sensação de bem-estar.

10. Os cheiros acionam a memória

Certos cheiros realmente podem trazer de volta memórias fortes. A torta de maçã por exemplo, pode lembrá-lo da casa da sua avó. Além disso, o cloro pode fazer com que você se lembre de sua primeira aula de natação. Seu sentido de audição não tem o mesmo tipo de poder, segundo os pesquisadores.

11. Medicamentos, doenças e outros fatores podem afetar seu olfato

O tabaco, bem como medicamentos como antibióticos e pílulas para pressão arterial, podem afetar o funcionamento do seu olfato. Problemas de sinusite, resfriado ou gripe, ou uma lesão na cabeça também podem ter um impacto. Assim como doenças como Parkinson ou Alzheimer. Algumas mulheres dizem que seu olfato fica mais intenso quando estão grávidas.

12. Você pode treinar seu nariz

Você pode não se tornar tão bom a ponto de conseguir um emprego para identificar diferentes fragrâncias, mas pode aguçar seu olfato. Aqui vai uma dica: em primeiro lugar coloque ervas ou temperos em recipientes e misture-os. Em seguida, inspire suavemente com os olhos fechados. Pratique até ficar bom em identificar os aromas.

13. Seu olfato é ativado antes mesmo do nascimento

Estudos mostraram que o líquido amniótico das mulheres grávidas está cheio dos cheiros dos alimentos que as mães comem. E os bebês no útero inspiram e expiram mais rapidamente enquanto a mãe está comendo.

14. O cheiro e o sabor estão ligados

É por isso que quando você está resfriado, a comida parece realmente diferente. Como a comida tem gosto para você é realmente a combinação de como ela tem gosto e cheiro. Quando seu nariz está entupido e você não consegue cheirá-lo, sua ideia de como o gosto é totalmente alterada.

15. Não podemos sentir o cheiro das coisas enquanto estamos dormindo

Acordamos e sentimos o cheiro do café. O café não nos acorda. Nos estágios iniciais do sono, alguns cheiros podem estar em nosso radar. Mas uma vez que estamos adormecidos, os cheiros não nos despertam. É por isso que as pessoas usam despertadores com sons – não com cheiros.

Então, gostou de saber mais essas curiosidades sobre o olfato? Pois, leia também: Por que o nariz entope quando estamos gripados, resfriados ou com Covid

Próxima página »

Escolhidas para você