Curiosidades

Deus Júpiter – Origem e história do deus da mitologia romana

De acordo com a mitologia romana, o deus Júpiter é o rei de todos os deuses, sendo que seus poderes são comandar o céu e os trovões.

De acordo com a mitologia romana, Júpiter é o deus do céu e do trovão, também conhecido como Jove, e é o rei dos deuses. Sendo considerado como o principal do panteão romano e o guardião do Estado. Além disso, durante as eras republicana e imperial, foi considerado com a principal divindade da religião oficial romana, até que o cristianismo se tornou a religião dominante. Já na mitologia grega, Zeus é o equivalente do deus Júpiter, onde ambos compartilham dos mesmos poderes e características.

Ademais, o deus Júpiter é retratado como um homem com barbas e cabelos longos, além de possuir um cetro, águia, cornucópia, égide, carneiro e leão. Sua popularidade entre os romanos era tão grande, que deram seu nome ao maior planeta do sistema solar. Dessa forma, para os gregos, o gigante planeta representava Zeus, enquanto que para os mesopotâmicos viam Júpiter como o seu deus Marduk.

Segundo a mitologia romana, cada divindade ou entidade, representa os sentimentos humanos ou as forças da natureza. Dessa forma, assim como Zeus, Júpiter é representado empunhando um raio. No entanto, antes que o deus Júpiter fosse o rei do céu e da terra, o mundo era governado por poderosos Titãs, sendo seis irmãos e seis irmãs. Onde o pai era o Céu, chamado Urano, e a mão era a Terra, chamada Gaia.

Ademais, o mais novo chamado Saturno, com a ajuda de sua mãe derrotou seu pai tornando-se governante. Então, seu governo foi duradouro e conhecido como a Idade Ouro de Saturno. Porém, devido a uma profecia de sua mãe Gaia, onde dizia que os filhos de Saturno o derrotariam e assumiria o trono, Saturno passou a devorar todos os seus filhos que nasciam.

Continua após a publicidade

O nascimento do deus Júpiter

Pinterest

De acordo com a mitologia romana, existem duas teorias sobre o nascimento do deus Júpiter. Sendo que a primeira diz que ele nasceu na ilha de Creta, citando três montes: o monte Ida, o Aégeon e o Dicteu. Enquanto que a outra teoria, defendida pelo poeta Calímaco (IV século a.C.), diz ser na Arcádia. No entanto, as duas teorias concordam que a educação de Júpiter foi realizada em Creta pelas Ninfas e pelos Curetes (jovens sacerdotes de Cibele, mãe de Júpiter).

Segundo a lenda, o pai de Júpiter, o deus Saturno com medo de que a profecia de Gaia se concretizasse, começou a devorar todos os seus filhos recém-nascidos. Dessa forma, para enganar Saturno, Cibele, com a ajuda de Gaia, arma um plano para enganar Saturno e salvar seu filho que logo nasceria. Então, quando Júpiter nasceu, em vez do bebê, Cibele entrega a Saturno uma pedra enrolada em panos, assim ele engoliu sem perceber.

Assim, Júpiter foi entregue às Ninfas da floresta para ser criado por elas, então, cresceu sendo alimentado pela cabra Amalteia. Então, quando a cabra morreu, o deus usou sua pele para fazer uma armadura, que ficou conhecida como Égide.

Por fim, quando chegou à idade adulta, o deus enfrentou seu pai Saturno e lhe deu uma droga que fez com que vomitasse todos os filhos que ele havia comido. Então, assim que seus irmãos foram libertos, os deuses se juntaram contra os Titãs, derrotando todos eles, Júpiter assumiu o trono e se casou com sua irmã Juno.

Continua após a publicidade

Os filhos do deus Júpiter

Mitologia Grega BR

O deus Júpiter se casou com sua irmã a deusa Juno, mas teve muitos casos com outras deusas, mulheres mortais e fêmeas, entre elas estão:

  • Aegina
  • Alcmena
  • Calliope
  • Cassiopeia
  • Demeter
  • Dione
  • Europa
  • Io
  • Leda
  • Leto
  • Mnemosyne
  • Niobe
  • Semele

Ademais, quando o deus se apaixonava por mortais, ele assumia outras formas para poder se aproximar delas. Dessa forma, entre os filhos de Júpiter, destacamos:

  • Filhos de Júpiter e Juno – Lucina (deusa dos partos e gestantes), Juventa (deusa da juventude), Marte (deus da guerra) e Vulcano (artista celestial).
  • Os filhos de Júpiter com a mortal Sémele – quando estava grávida, a jovem insistiu que deveria conhecer o pai de seu filho. Dessa forma, quando Júpiter assumiu sua forma, ela acaba morrendo, então o deus pega o feto e o coloca na barriga da perna até que a gestação termine. Nascendo Baco.
  • Júpiter e a princesa Europa – para conquistar a princesa, o deus assumiu a forma de um touro branco. Então, nasceram Minos, Radamanto e Sarpedão.
  • Filhos do deus Júpiter e a mortal Alcmena – para conquista-la, o deus assumiu a forma de seu marido, Anfitrião, com a ajuda de Mercúrio. Assim, nasceu Hércules.

Da Grécia para a Roma

Mitologia e Arte

Os deuses olímpicos da Grécia chegaram até Roma através de viajantes, mercadores e colonos. Então, ali em Roma, se identificaram com as divindades locais que correspondiam às suas atribuições primitivas. Da mesma forma, Zeus, a figura de deus-pai existente em todas as mitologias indo-europeias, identificou-se em Roma como o deus Júpiter. Que era uma velha divindade do Lácio à qual se consagram os carvalhos do nome Capitólio.

Em suma, durante a República Romana, o deus Júpiter era a divindade protetora dos cônsules, que lhe dirigiam preces, sendo que seu culto era realizado pelos sacerdotes feciais. Cuja autoridade suprema era o flâmine dialis, que se casou com flamínica, sacerdotisa da deusa Juno. Dessa forma, simbolizando a união divina de Júpiter e Juno, portanto, não podia ser dissolvida.

Continua após a publicidade

Por fim, com o advento do Império Romano, o deus Júpiter passa cada vez mais a encarnar o retrato do imperador, perdendo então sua divindade.

Curiosidades sobre o deus romano

Pinterest
  • De acordo com a mitologia romana, o deus Júpiter era conhecido por ser implacável, pois estabelecia punições para aqueles que o enganasse durante negociações.
  • No Egito, o deus Júpiter é conhecido como o deus Ámon.
  • O primeiro deus a ser cultuado em diversos locais do mundo foi Júpiter.
  • Os sacrifícios feitos ao deus Júpiter eram todos com animais, nunca se sacrificava vidas humanas.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Juno, quem é? História da deusa do matrimônio na mitologia romana.

Fontes: Cola da Web, Escola Educação, Greelane

Imagens: Mitologia Grega BR, Pinterest, Mitologia e Arte

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você