Curiosidades

Quais são as diferenças entre light e diet? Como diferenciar?

As diferenças entre light e diet residem na composição desses produtos, sobretudo na lista de ingredientes e também na tabela nutricional.

Para aprender as diferenças entre light e diet é fundamental entender o significado dessas palavras. Nesse sentido, os produtos light tem o nome derivado do inglês, cujo significado é leve. Portanto, são aqueles com baixo teor de sódio, açúcares, gorduras ou colesterol.

Por outro lado, os produtos diet tem o nome também derivado do inglês, mas que significa dieta. Desse modo, tem em sua composição a ausência total de algum ingrediente específico. Ou seja, açúcar, gordura ou sal, por exemplo. Sobretudo, utiliza-se esse produto no caso de diabetes, porque existe uma restrição alimentar específica.

Apesar disso, os produtos diet possuem ainda o costume de repor a ausência total de um ingrediente específico utilizando outro. No entanto, não há garantia que entre light e diet haja de fato baixas calorias ou que seja um produto saudável. Acima de tudo, essa classificação parte do ingrediente que foi retirado na receita, e também o seu substituo.

Em outras palavras, não adianta realizar uma dieta e comprar um alimento light com redução de sódio, mas não de açúcar e gordura. Mais ainda, não adianta comprar um produto diet sem açúcar se há alta concentração de sacarose para compensar. Portanto, é fundamental ficar atento aos rótulos e tabelas nutricionais de cada produto.

Continua após a publicidade

Diferenças entre light e diet: quais são e como diferenciar?

Quais são as diferenças entre light e diet?

Comumente, os produtos light e diet têm em sua composição a redução de algum nutriente. Nesse sentido, é usual que os produtos light apresentem uma redução de pelo menos 25% de algum nutriente. Ou seja, a gordura e açúcar sofrem redução e também diminui-se a quantidade de calorias.

Em contrapartida, os produtos diet apresentam a modificação da retirada completa de algum nutriente com o objetivo de saúde. Sobretudo, esses produtos surgem em decorrência de uma patologia específica. Entretanto, por uma questão de mercado e de sabor, adiciona-se outro elemento, como adoçante ou edulcorante.

Sendo assim, as pessoas pensam que o consumo de um produto diet equivale diretamente ao emagrecimento. Porém, precisa-se avaliar qual é o substituto do ingrediente original. Curiosamente, existem substitutos que podem tornar o alimento em algo ainda mais calórico que o inalterado, você sabia?

Continua após a publicidade

Por outro lado, tanto os produtos light e diet são ultraprocessados. Em outras palavras, surgem no ambiente industrial e passam por uma série de procedimentos com estabilizadores, conservantes e corantes. Basicamente, os ultraprocessados são produtos alimentícios feitos com ingredientes industriais e com pouco ou quase nada de alimentos do grupo 1.

Antes de mais nada, os alimentos do grupo 1 são os carboidratos, na base da pirâmide alimentar. Portanto, os produtos light e diet passam por processamentos tão intensos que deixam de ter a estrutura, cor e sabor original. Como exemplo, pode-se citar refrigerantes, biscoitos e bolachas, iogurtes frutados e afins.

Diferenças entre light e diet: quais são e como diferenciar?

Mais informações e dúvidas comuns

Sobretudo, a diferença entre light e diet parte da composição, mas ambos fazem parte da dieta de pessoas com restrições alimentares. Em outras palavras, indivíduos com enfermidades como diabetes, pressão alta ou colesterol alto, por exemplo. Apesar disso, a indicação principal dos nutricionistas é a busca de produtos naturais e orgânicos, de onde se obtém nutrientes originais.

Continua após a publicidade

Ou seja, ainda que sejam aliados da dieta, eles não deixam de ser ultraprocessados e industrializados. Acima de tudo, a dieta balanceada recomenda uma ingestão específica de nutrientes, com vitaminas, sais minerais, proteína e afins. Como consequência, é fundamental consultar especialistas para manter a saúde em dia.

Além disso, outra dúvida comum envolve os tais produtos zero. Nesse sentido, os alimentos zeros tem diferença entre light e diet porque possuem total ausência de algum nutriente. Mais ainda, não utilizam de outro produto para repor o sabor, e como consequência possuem menos calorias.

Apesar disso, é essencial que esses produtos tenham prescrição de médicos e especialistas. No geral, a redução desses produtos também afetam a concentração de sais minerais, alterando a dieta. Porém, recomenda-se os alimentos e produtos zero para quem busca reduzir pesos e medidas.

E aí, aprendeu a diferença entre light e diet? Então leia sobre Sangue doce, o que é? Qual a explicação da Ciência.

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você