Curiosidades

Quem são Eduardo e Mônica da música do Legião Urbana? Conheça o casal!

A canção que é lembrada até hoje, foi inspirada no casal Leonice e Fernando e inspirou o filme que leva o mesmo nome da música de Renato Russo.

E quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração… certamente apenas esse trechinho te leva a reconhecer de qual música se trata. Considerado um dos grandes hits do grupo Legião Urbana, a música ‘Eduardo e Mônica’ foi lançada em 1982. Mas, você sabia que um casal da vida real foi uma das principais inspirações de Renato Russo?

Leonice Coimbra e Fernando Coimbra conheceram Renato Russo nos anos 1980, em um centro acadêmico da Universidade de Brasília, onde Fernando estudava Antropologia, e logo desenvolveram uma amizade.

Grande amiga de Renato, Leo, como é chamada carinhosamente, chegou a conhecer alguns trabalhos do artista ainda na fase de criação, incluindo a música ‘Eduardo e Mônica’, que escutou pela primeira vez através do telefone. Ela é casada com Fernando, hoje embaixador do Brasil no México, há 42 anos.

Essa amizade com Leonice e Fernando foi o primeiro passo para Russo escrever a letra da canção ‘Eduardo e Mônica’ que recentemente ganhou uma adaptação cinematográfica. Vamos te contar tudo sobre ela, a seguir.

Como surgiu a música ‘Eduardo e Mônica’?

Em suma, Renato Russo se inspirou em várias pessoas que ele gostava e em casais de amigos, para criar os personagens Eduardo e Mônica. Entre os “Eduardos” estão André Pretorius, Philippe Seabra e Dado Villa-lobos.

Aliás, o próprio Renato, chegou a dizer que ele mesmo era o Eduardo, só que menos bobo. Todavia, as maiores inspirações para a canção foi sua grande amiga Leonice de Araújo Coimbra ou simplesmente Leo Coimbra, ela é a Mônica e o seu marido Fernando Coimbra, é o Eduardo.

O casal se conheceu o músico nos anos 1980, em um centro acadêmico da Universidade de Brasília, onde Fernando estudava Antropologia. Depois do show, logo desenvolveram uma amizade fraterna. Aliás, o músico tinha um carinho especial por Leonice, amiga para quem ele apresentava e dividia seus trabalhos.

Como era a relação de Leonice e Fernando com Renato Russo?

Quem são Eduardo e Mônica de Legião Urbana? Conheça o casal!

Em uma entrevista para a revista Flashback em 2004, Leonice compartilhou sua opinião sobre a canção:

“Da canção, só me encaixo quando ele diz que Mônica adorava os filmes de Godard e tinha tinta no cabelo – como sou artista plástica, às vezes tinha mesmo tinta no cabelo. Apesar de ter tido avó alemã, não falo nada dessa língua. E nunca fiz Medicina. Temos três filhos. Na época da música, os meninos eram pequenos, e nenhum deles ficou de recuperação. Talvez o que ele quisesse mostrar é que duas pessoas podem se encontrar, se casar e ser felizes juntas, mesmo que venham de realidades diferentes.”

Leonice sempre manteve um contato muito próximo e carinhoso com Renato Russo, a ponto de ela ter sido uma das primeira pessoas para quem o músico revelou ter contraído o vírus da aids.

Na época, ela era mãe de dois filhos do primeiro casamento e namorava Fernando, que era, de fato, mais novo que ela. Leonice e Renato mantiveram uma relação muito próxima e carinhosa até a morte do cantor em 1996.

Como foi a participação da filha do casal nas filmagens do longa?

As gravações, que ocorreram em Brasília em 2018, contaram com a presença da artista plástica Nina Coimbra. Aliás, num post no instagram dela, Nina conta como os pais de Nina, Leonice e Fernando, foram grandes amigos do ex-líder da Legião Urbana:

Renato Russo era muito amigo dos meus pais. Lembro como se fosse ontem o som da voz, suas brincadeiras, seu jeitinho. Por anos o evento do telefone tocar de madrugada, quando morávamos no exterior, era a certeza de que era ele do outro lado da linha. Lembro dele me mostrando o disco “ songs of leonard cohen”, eu tinha 12 anos (…).

Qual a história do filme Eduardo e Mônica?

Quem são Eduardo e Mônica de Legião Urbana? Conheça o casal!

Tendo como base a música homônima de Renato Russo, da banda Legião Urbana, ‘Eduardo e Mônica’, um dos casais mais famosos da cultura brasileira, ganharam estreia nas telonas em 2022 pelas mãos do diretor René Sampaio e do roteirista Gabriel Bortolini.

Em suma, a sinopse conta que em um dia atípico, situado em Brasília na década de 1980, uma série de coincidências leva Eduardo (Gabriel Leone) a conhecer Mônica (Alice Braga), tendo como pano de fundo uma festa estranha com gente esquisita.

Uma curiosidade é despertada nos dois e, apesar de não serem parecidos, eles se apaixonam perdidamente. Ambos são completamente diferentes. Além da diferença de idade entre os dois, signos diferentes e cores de cabelo diferentes, eles também têm gostos que, aos olhos de outras pessoas, são incompatíveis. Mas…”quem um dia irá dizer que não existe razão nas coisas feitas pelo coração”?.

Letra da música Eduardo e Mônica

Por fim, que tal relembrar e cantar essa linda canção de Legião Urbana? Segue a letra, aí!

Quem um dia irá dizer

Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?

Eduardo abriu os olhos, mas não quis se levantar
Ficou deitado e viu que horas eram
Enquanto Mônica tomava um conhaque
No outro canto da cidade, como eles disseram

Eduardo e Mônica um dia se encontraram sem querer
E conversaram muito mesmo pra tentar se conhecer
Um carinha do cursinho do Eduardo que disse
“Tem uma festa legal, e a gente quer se divertir”

Festa estranha, com gente esquisita

“Eu não tô legal, não aguento mais birita”
E a Mônica riu, e quis saber um pouco mais
Sobre o boyzinho que tentava impressionar
E o Eduardo, meio tonto, só pensava em ir pra casa
“É quase duas, eu vou me ferrar”

Eduardo e Mônica trocaram telefone
Depois telefonaram e decidiram se encontrar
O Eduardo sugeriu uma lanchonete
Mas a Mônica queria ver o filme do Godard

Se encontraram, então, no parque da cidade
A Mônica de moto e o Eduardo de camelo
O Eduardo achou estranho e melhor não comentar
Mas a menina tinha tinta no cabelo

Eduardo e Mônica eram nada parecidos

Ela era de Leão e ele tinha dezesseis
Ela fazia Medicina e falava alemão
E ele ainda nas aulinhas de inglês

Ela gostava do Bandeira e do Bauhaus
Van Gogh e dos Mutantes, de Caetano e de Rimbaud
E o Eduardo gostava de novela
E jogava futebol-de-botão com seu avô

Ela falava coisas sobre o Planalto Central
Também magia e meditação
E o Eduardo ainda tava no esquema
Escola, cinema, clube, televisão

E mesmo com tudo diferente, veio mesmo, de repente
Uma vontade de se ver
E os dois se encontravam todo dia
E a vontade crescia, como tinha de ser

Eduardo e Mônica fizeram natação, fotografia

Teatro, artesanato, e foram viajar
A Mônica explicava pro Eduardo
Coisas sobre o céu, a terra, a água e o ar

Ele aprendeu a beber, deixou o cabelo crescer
E decidiu trabalhar (não!)
E ela se formou no mesmo mês
Que ele passou no vestibular

E os dois comemoraram juntos
Também brigaram juntos muitas vezes depois
E todo mundo diz que ele completa ela
E vice-versa, que nem feijão com arroz

Construíram uma casa há uns dois anos atrás

Mais ou menos quando os gêmeos vieram
Batalharam grana, seguraram legal
A barra mais pesada que tiveram

Eduardo e Mônica voltaram pra Brasília
E a nossa amizade dá saudade no verão
Só que nessas férias, não vão viajar
Porque o filhinho do Eduardo tá de recuperação

E quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?

Então, gostou de saber mais sobre a história dessa música de Legião Urbana? Pois, não deixe de ler: Quem é John Galt e por que seu nome foi visto em outdoors no Brasil?

Próxima página »

Escolhidas para você