Ciência & Tecnologia

Flocos de neve – Como se formam e por que têm um formato tão particular

Vistos de perto, flocos de neve ter formatos tão perfeitos que parecem ser lapidados à mão. Como isso acontece? E como eles se formam?

Por Toni Nascimento

-

Os flocos de neve são os maiores representantes do inverno pelo mundo, com exceção de alguns países, como o Brasil. Além disso, mantém o equilíbrio perfeito entre algo singelo, belo e extremamente grandioso e perigosos, como quando em uma tempestade de neve.

Quando analisados separadamente, por exemplo, eles se mostram únicos e ao mesmo tempo complexos. Apesar de serem diferentes entre si, sua formação é similar. Ou seja, todos se formam da mesma maneira.

Você, aliás, sabe como isso acontece? O Segredos do Mundo conta agora mesmo.

Como se formam flocos de neve

Como são formados os flocos de neve [curiosidade]
Hypescience
Primeiramente, tudo começa com um grão de poeira. Ao flutuar pelas nas nuvens, ele acaba sendo envolto pelo vapor de água presente nelas. Consequentemente, dessa união forma-se uma diminuta gota, que se transforma em um cristal de gelo graças às baixas temperaturas. Cada cristal, portanto, conta com seis faces, além da face superior e da inferior.

Ademais, uma pequena cavidade vai se formando em cada uma das faces. Isso acontece porque o gelo se forma mais rápido próximo às extremidades.

Portanto, como o gelo se forma mais rapidamente nessa região, as cavidades fazem com que os cantos de cada face acabem aumentando de tamanho mais depressa. Assim, formam-se os seis lados que compõem os flocos de neve.

Cada floco de neve é único

Como são formados os flocos de neve [curiosidade]
Mega Curioso
Cada floco de neve, portanto, é único. Sobretudo, todas as suas linhas e texturas são formadas devido às irregularidades presentes na superfície do cristal de gelo. Além disso, o aspecto hexagonal aparece porque as moléculas de água se ligam quimicamente nesse formato geométrico.

Portanto, quando a temperatura cai para – 13° C, as pontas de gelo continuam a aumenta. Então, quando se torna ainda mais frio, a – 14° C e assim por diante, as pequenas ramificações começam a surgir nas laterais dos braços.

Conforme o floco entra em contato com ar mais quente ou mais frio, a formação dessas ramificações vai se acentuando. Assim também acontece com o alongamento das pontas de suas ramificações ou “braços”. E é dessa maneira que o aspecto de cada floco acaba se tornando único.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Os 8 lugares mais frios do mundo.

Fonte: Mega Curioso

Imagem de destaque: Hypeness

Próxima página »

Escolhidas para você