Curiosidades

Gordura localizada: como eliminar de forma simples e eficaz

Praticamente todo mundo tem gordura localizada. Mas poucos são os que realmente sabem como se livrar dela. A técnica é bem mais simples do que parece!

As chamadas gorduras localizadas, inquestionavelmente incomodam e podem até mesmo atrapalhar a autoestima de quem as possui. Por mais improvável que isso possa parecer, muitos homens e mulheres deixam de usar certos tipos de roupas. Pois, deixam de se sentirem a vontade em um traje de banho. Além de uma série de outras coisas por causa delas. Mas, afinal, você sabe o que é gordura localizada? Enfim, saiba que é possível eliminar essa gordura corporal e, de forma simples.

Em suma, a gordura localizada nada mais é do que uma reserva energética do nosso organismo que não foi queimada. Portanto, ela acaba se concentrando em locais específicos do corpo. Por exemplo, abdômen, quadril, coxas e glúteos. Ademais, o acúmulo de gordura pode ser causado por hábitos alimentares errados. Além da falta de atividade física, influência hormonal e até mesmo pela genética da pessoa.

Entretanto, a gordura localizada surge, principalmente, quando a pessoa ingere alimentos muito calóricos e gordurosos. Como os alimentos ricos em carboidratos brancos, por exemplo. Por fim, para perder essa gordura localizada armazenada, é necessário reduzir o percentual de gordura corporal do organismo. O que resulta na eliminação do tecido adiposo que existe em excesso.

No entanto, por mais que possa parecer uma tarefa árdua e quase uma missão impossível. Na realidade é que se livrar da gordura localizada é uma realidade acessível a todos aqueles que realmente queiram. Enfim, manter uma alimentação saudável e balanceada, não ficar mais de três horas sem se alimentar. Além de praticar exercícios físicos regularmente. Que podem ajudar na perda da gordura localizada. Dessa forma, confira agora, qual o melhor caminho a se percorrer para alcançar esse objetivo:

O que é Gordura Localizada?

O nosso organismo funciona de maneira programada, assim como um potente computador. As chamadas gorduras localizadas nada mais são do que reservas energéticas. Ou seja, são reservas energéticas que não foram queimadas. Como resultado, essa reserva vai se acumulando em algumas partes do corpo.

Continua após a publicidade

Onde e como essa gordura irá se acumular dependerá de uma série de fatores. Por exemplo, a genética e o estilo de vida que a pessoa leva. Como alimentação rica em calorias e gorduras, a falta de atividades físicas. Ou influência hormonal. De um modo geral, os homens tendem a acumular o seu excesso de gordura na região abdominal. Já as mulheres tendem a acumular gordura na região do quadril, coxas e glúteos.

Em suma, as reservas de gordura só são utilizadas pelo organismo quando as outras opções já foram usadas. Por exemplo, a retirada da glicose no sangue. E a proveniente da quebra das proteínas dos músculos. Por isso, a gordura localizada armazenada é mais difícil de ser queimada.

Ademais, um dos tipos mais difíceis de perder é a gordura localizada no abdômen. Pois, ela pode se acumular abaixo da pele (subcutânea) ou no interior da cavidade abdominal (visceral). Todavia, essa última pode elevar as taxas do organismo e aumentar o risco de doenças.

Enfim, a gordura localizada não é uma doença. Porém, muitas vezes pode estar relacionada à obesidade. O que pode causar prejuízos para a saúde. Além de afetar a autoestima da pessoa.

É possível perdermos apenas Gordura Localizada?

A resposta para essa questão é bastante curta e grossa: não!

Continua após a publicidade

Infelizmente não existe um método mágico que permitirá que você perca apenas a gordura de uma região em específico.

Isso significa dizer que não é possível perdermos apenas a gordurinha da barriga ou de alguma parte do corpo sem emagrecermos o corpo por completo.

Por isso para perder barriga, você também perderá coxas, bumbum, braços e etc. É necessário se exercitar para substituir essa perda de gordura por massa muscular.

E se já sou magro(a) e tenho apenas um pouco de Gordura Localizada a perder?

Se você já é uma pessoa magra. Mas, que por conta dos excessos acabou ganhando uma gordurinha a mais. Não se preocupe.

O grande medo dos magros que tem uma barriguinha por exemplo, é ficarem ainda mais magros por conta da perda geral de gordura do corpo.

Continua após a publicidade

Na prática ao aumentar o metabolismo do seu corpo com atividades físicas, o seu próprio organismo se encarregará de usar a reserva energética. Ou seja, utilizar os depósitos de gordura para suprir essa demanda de energia.

Até porque, neste caso existem poucas regiões do corpo que possuem excesso de gordura. Por isso, será exatamente dessa gordura localizada que sairá toda a energia demandada.

Como perder Gordura Localizada?

Agora já esclarecemos as principais dúvidas que geralmente se tem a respeito da queima da Gordura Localizada. Então, vamos às dicas práticas! Afinal, o que pode ser feito para efetivamente se livrar dessa gordura?

Reduzir o percentual de gordura corporal

Por mais óbvio que possa parecer, é do óbvio mesmo que temos que partir! Como explicado nesse texto, é impossível escolher apenas uma parte do seu corpo para emagrecer. Pois, o corpo que funciona como uma máquina precisa emagrecer por completo. Ou seja, é preciso eliminar toda a gordura que existe em excesso pelo organismo. Para só depois eliminar o que existe concentrado em apenas uma região.

Continua após a publicidade

Esse é o caso de das pessoas magras, que possuem barriga por exemplo. Dessa forma, para quem está muito acima do peso considerado ideal, o foco principal é emagrecer por completo. Em suma, para queimar a gordura localizada é muito importante manter uma rotina regular de exercícios físicos. Sendo os exercícios aeróbicos, como correr, andar de bicicleta ou caminhada, os mais indicados.

Entretanto, seguir uma dieta saudável e balanceada com calorias reduzidas, também é essencial. Por isso, evite alimentos industrializados. Ou os ricos em gorduras e carboidratos.

No entanto, também existem alguns tratamentos estéticos que podem ajudar a obter melhores resultados. Que vão auxiliar na perda de medidas. É o caso de aparelhos de ultrassom de alta frequência. Além da carboxiterapia e a criolipólise, por exemplo. No entanto, o uso de alguns desses tratamentos deve ser orientado por um fisioterapeuta ou esteticista especializado.

Treinos HIIT

Os chamados “Treinos HIIT” são aqueles de curta duração, porém de esforço físico elevado.

Antigamente acreditava-se que quanto mais tempo alguém passasse fazendo atividade física, mais peso ela iria perder. Porém a realidade é que hoje em dia, já se sabe que existem tipos de exercícios físicos específicos para cada objetivo com o seu corpo.

Continua após a publicidade

Para emagrecer por exemplo, uma pesquisa feita pela University Of Western Ontario, já provou que o treino HIIT é mais eficaz do que horas de exercícios aeróbicos. Além disso, nesse mesmo estudo descobriu-se que 4 a 6 sessões de HIIT, que duram em média 30 segundos cada um. São mais eficientes em queimar gorduras do que 1 hora em uma esteira inclinada, por exemplo.

Por isso os exercícios de curta duração e muita intensidade, realmente se mostraram um grande aliado na perda de peso.

Alimentação

Mesmo muitos não gostando, é impossível falarmos de boa forma sem falarmos de uma boa alimentação. Pois, ter um corpo em forma nada mais é do que o resultado de uma série de ações que precisam acontecer diariamente. Por isso, a reeducação alimentar é a solução.

A não ser que você não se importe em perder toda a gordurinha que deseja apenas de um modo temporário. Porque assim que você voltar a praticar os antigos hábitos, a gordura localizada também voltará do mesmo jeito. Portanto, a alimentação diária de quem quer emagrecer precisa ser livre de açúcares. Além de gordura saturada e carboidratos simples. Como: bolos, pão branco, salgados, massas, sal e açúcar em excesso.

Dessa forma, o ideal é consumir pelo menos 30 gramas de fibras todos os dias. Pois, elas ajudam a regular a digestão alimentar. Melhorando o funcionamento do metabolismo. Também, evitar o consumo de bebidas alcoólicas. Pois, o álcool é uma substancia super calórica. E, ainda atrapalha o funcionamento do nosso metabolismo. Influenciando diretamente na nossa queima de gordura.

Continua após a publicidade

Por fim, a última dica alimentar é: Priorize as proteínas boas! Afinal, as proteínas de alto valor energético são as melhores amigas de quem quer perder gordura.

Exemplos de proteínas boas: peito de frango, peixes, aves em geral, grão de bico, queijos magros, carnes magras, leite, iogurte, cogumelos, feijão branco, lentilha, aveia, castanhas, linhaça, quinoa, etc.

Para perder peso de maneira saudável você não deve ficar sem comer ou reduzir de maneira drástica a quantidade de comida que você ingere diariamente. Pois, caso isso ocorresse, você certamente até perderia peso. Mas também estaria perdendo massa muscular. Isso pode prejudicar a sua saúde e não ajudar em nada o seu corpo quando o assunto é a boa forma.

Chá Verde

Uma dica pra lá de especial ou um bônus, vamos dizer assim, é essa aqui!

O chá verde é uma bebida de origem asiática, muito rica em cafeína e compostos fenólicos.

Continua após a publicidade

Isso significa que ela tem a capacidade de acelerar o nosso metabolismo de maneira saudável.

Por isso uma boa dica, é adicionar ao seu dia a dia o consumo de 2-3 xícaras do chá verde. É importante o uso do chá aliado com a prática de atividades físicas. Enfim, o treino HIIT e a musculação são bons exemplos. Isso irá auxiliar na perda de peso e ao mesmo tempo no fortalecimento dos seus músculos. Também resultará no emagrecimento conciliado ao aumento da massa muscular. O resultado obviamente, só pode ser o corpo que você sempre almejou!

Tratamentos que auxiliam na perda de gordura localizada

Atualmente, você encontra inúmeros tratamentos estéticos que auxiliam na perda de gordura localizada. Tais como:

Lipocavitação: procedimento estético que promove a queima da gordura acumulada na barriga, costas, coxas e culotes. Em suma, consiste na aplicação de um gel na área a ser tratada. Com o auxílio de um aparelho específico. Ademais, o aparelho emite ondas de ultrassom. Que penetram nas células de gordura eliminando-as pelo organismo. Por fim, o número de sessões varia de acordo com a região. Podendo chegar até 10 sessões.

Endermoterapia: também conhecida como endermologia, ajuda no combate a gordura localizada na barriga, pernas e braços. Além disso, o tratamento pode ser usado no combate a celulite, tonificando a pele. Enfim, o tratamento consiste em ‘sugar’ a pele, promovendo o deslocamento da pele e da camada de gordura. Dessa forma, melhora a circulação sanguínea, queima a gordura e elimina a retenção de líquidos.

Continua após a publicidade

Criolipólise: consiste no congelamento da gordura corporal, promovendo a destruição das células de gordura. Em suma, é utilizado um equipamento que resfria a região até – 10°C por cerca de 1 hora. O que causa o rompimento das células de gordura.

Carboxiterapia: usado para eliminar gordura na região da barriga, culote, coxas, braços e costas. Em suma, consiste na aplicação de gás carbônico medicinal na região. Que estimula a saída da gordura acumulada nas células.

Cirurgia plástica

Já a cirurgia plástica se trata de um método mais invasivo para combater a gordura localizada. Em suma, o procedimento pode ser feito em várias parte do corpo. Desde que seja recomendado por um cirurgião plástico. Geralmente, a cirurgia é realizada para eliminar a gordura localizada na região da barriga. Onde pode ser realizada uma lipoaspiração ou abdominoplastia. O que vai depender da quantidade de gordura a ser removida. E do estado de saúde do paciente.

Contudo, é claro que, independente do procedimento utilizado. Para manter os resultados positivos e, evitar o reaparecimento da gordura. É importante seguir as dicas de saúde citadas na matéria.

Mas e então querido leitor! Qual dessas dicas é a mais importante na perda de peso na sua opinião? Conta isso e muito mais aqui embaixo pelos comentários!

Continua após a publicidade

Se você se interessou por esse assunto, descubra também: “Para onde vai a gordura quando a gente emagrece?”. 

Fontes: Adcos; Mundoboaforma;

Bibliografia:

FELLER, Aline Gabriele, et al. Utilização do ultrassom estético na gordura localizada. Revista Saúde Integrada. Vol.11. 21.ed; 69-81, 2018.

CORRADI, Ana Laura; PANTOJA, Alessandra F. S.; FONSECA, Juvania Maria R.; MORAES, Yuri Augusto A. Endermoterapia: Uma Revisão Bibliográfica. Id on Line Rev. Mult. Psic. Vol 13. 45 ed; 655-663, 2019.

COSTA, PRISCILA S.; MEJILA, DAYANA PRISCILA M. Efeitos fisiológicos da endermoterapia combinados a massagem modeladora no tratamento de gordura localizada na região do abdômen. Disponível em: <https://portalbiocursos.com.br/ohs/data/docs/18/92_-_Efeitos_fisiol._da_endermot._combinados_a_massagem_modeladora_no_tto_de_gordura_localizada_na_regiYo_do_abdYme.pdf>. Acesso em 11 Jan 2021.

Continua após a publicidade

LEE, Georgia S. K. Quality survey on efficacy of carboxytherapy for localized lipolysis. J Cosmet Dermatol. Vol.15(4). 484-492, 2016.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOMEDICINA ESTÉTICA. Carboxiterapia. 2019. Disponível em: <https://sbbme.org.br/carboxiterapia/>. Acesso em 11 Jan 2021.

Próxima página »

Escolhidas para você