Curiosidades

Medo de falar em público – Causas, consequências e como tratar

O medo de falar em público se chama glossofobia. Quem sofre desse problema tem crises de ansiedade, à ponto de se sentir paralisado.

Muitas pessoas possuem o dom da oratória, conseguem falar em púbico com clareza e de forma bem objetiva. Mas, infelizmente, nem todos são assim, tem aqueles que quando precisam falar diante de uma platéia, o nervosismo e a ansiedade tomam conta. Esse medo de falar em público, muitas vezes incapacitante, se chama glossofobia.

Para quem tem glossofobia ou fobia de falar em público, se sente como se estivesse em um verdadeiro pesadelo quando precisa fazer alguma apresentação.

Em alguns casos, o nervosismo e a ansiedade são tanta, que a pessoa começa a ter sintomas físicos como, pernas bambas, mãos suadas e aceleração dos batimentos cardíacos.

No entanto, esse medo ou timidez em excesso se trata de um transtorno psicológico, muito comum na população brasileira. Por isso, quando a pessoa se vê diante uma situação que tenha que falar em público, surge o medo de fracassar, ser julgada ou passar vergonha. O que só faz com que os sintomas piorem.

Continua após a publicidade

Entretanto, nem todo medo de falar em público é glossofobia, pois, sentir um pouco de ansiedade e nervosismo é normal. Afinal, ficar em evidência, sujeito às críticas e julgamentos, gera certa ansiedade sobre como os outros irão reagir.

Agora, quando o medo se torna paralisante, impedindo a pessoa de concluir sua palestra ou apresentação, por exemplo, é necessário procurar ajuda de um especialista. Pois é muito importante identificar a causa e entender, e assim aprender a controlar essas emoções e não deixar que elas tomem conta da pessoa.

Continua após a publicidade

O que é glossofobia

Imagem: Lucivaldo Santos

Um dos tipos mais comuns de fobia, a glossofobia é uma fobia social, onde a pessoa tem medo de falar em público. De acordo com especialistas, 77% da população sofre com algum nível de medo e ansiedade quando precisa falar diante várias pessoas. Sendo que, do total desse percentual, os casos mais frequentes são de mulheres.

Geralmente, pessoas com glossofobia, tendem a ver as reações e avaliações do público de forma distorcida. Pois o medo irracional que sente, faz com que a pessoa pense de forma negativa.

Continua após a publicidade

Ou seja, para ela, seu desempenho será ruim e todos vão acha-la incapaz de executar sua tarefa. Como consequência, o medo faz com que a pessoa fique paralisada, incapaz de continuar sua apresentação.

Isso acontece porque, diante da plateia, o medo faz com que haja uma descarga de adrenalina no corpo, causando um tipo de rigidez muscular e grande desconforto.

A glossofobia pode ser dividida em dois tipos de ansiedades. A ansiedade social generalizada, onde a pessoa sente medo de se envolver em qualquer tipo de comunicação ou relação social, e a ansiedade social específica, onde a pessoa sente medo apenas quando precisa falar em público.

Nos dois casos de ansiedades os sintomas mais comuns são suor, boca seca, aumento dos batimentos cardíacos, dificuldade de respirar, náusea, tensão muscular, dor de cabeça, tremedeira ou pernas bambas, tontura e uma necessidade incontrolável de urinar.

Continua após a publicidade

Consequências negativas do medo de falar em público

Imagem: UOL

Para pessoas que trabalham em cargos onde é necessário participar de reuniões, dar palestras ou apresentar projetos, a glossofobia pode ser uma grande barreira.

Pois, o medo de falar em público, pode afetar sua carreira ou até mesmo atrapalhar uma oportunidade de trabalho.

Como consequência, o medo de falar em público pode causar transtorno de ansiedade, depressão, ataque de pânico, fazendo com que a pessoa se isole socialmente. Por isso, é tão importante procurar superar o medo.

No entanto, antes de tentar superar o medo de falar em público, é preciso descobrir o que o causou, entender o motivo, por fim, tentar controla-lo.

Continua após a publicidade

Possíveis causas do medo de falar em público

1- Trauma na infância

Imagem: Portal o dia

O medo de falar em público pode ter sua origem ainda quando criança. Ou seja, situações onde a criança foi hostilizada, pela família ou pelos amigos, por exemplo. Ou até mesmo casos de bullying ou experiências de rejeição em relacionamentos interpessoal, servem como gatilhos para o desenvolvimento da glossofobia.

Se uma criança é criada com exigência de altos padrões de perfeição, isoladas socialmente, superprotegidas, isso faz com que ela seja mais ansiosa do que o normal. Portanto, há mais possibilidade de que a criança desenvolva a glossofobia quando for mais velha.

2- Perfeccionismo em exagero

Imagem: Awebic

A exigência pelo perfeccionismo é cada vez maior nos dias de hoje.  Por isso, o medo de passar vergonha ou de que a mente de um branco na hora de falar em público é maior.

Consequentemente, as pessoas começam a se cobrar mais, o que resulta em altos níveis de ansiedade e estresse.

Continua após a publicidade

No entanto, ser o centro das atenções só faz com que a ansiedade e o medo de falar em público aumentem o que pode ajudar a desenvolver a glossofobia.

3- Timidez ou problema na fala

Imagem: Clube Auge

É comum que pessoas introvertidas sejam tímidas, e procurem se distanciar socialmente de outras pessoas, se mantendo mais isoladas. No entanto, quanto mais elas se afastam das pessoas, mais a fobia social aumenta.

O que pode dificultar na hora de apresentar trabalhos, responder alguma pergunta ou até mesmo fazer amigos. Portanto, quando tem que fazer alguma apresentação, já sofre com crises de ansiedade e medo muitos dias antes.

Em alguns casos a timidez está ligada a algum problema na fala, portanto, nesses casos, é importante que procure um fonoaudiólogo para tratar do problema.

Continua após a publicidade

Dicas para controlar o medo de falar em público

1- Medo ao falar em público: Pense positivo

Imagem: Psicologo e terapia

Procure manter seus pensamentos positivos, pense em como tudo se sairá bem. Pode parecer bobeira, mas ao deixar de lado pensamentos negativos, seu cérebro irá disparar pensamentos positivos. Como resultado, o corpo se sente mais seguro e autoconfiante, o que fará muita diferença quando estiver diante uma plateia.

2- Prepare um roteiro

Imagem: Xerpa

Para ajudar a não se esquecer de nada, ter mais confiança ao falar, preparar um roteiro previamente pode ajudar bastante. Outra dica é, domine o conteúdo, estude com alguém e mantenha o raciocínio lógico na mente.

Isso ajudará a falar de forma mais tranquila e equilibrada durante a apresentação, diminuindo a sensação de medo ao falar em público.

3- Medo de falar em público: Preste atenção aos sinais do corpo

Imagem:Psicologo Rigoni

Antes de começar a apresentação, preste atenção às reações do seu corpo, mãos suadas, tremor, agitação, por exemplo. Ao perceber esses sintomas procure relaxar, respire e inspire bem devagar e tente manter seus pensamentos em ordem.

Continua após a publicidade

4- Treine as palavras e fale devagar

Imagem: Clube da fala

Ter dificuldade na pronuncia de certas palavras podem aumentar o desconforto daqueles que sofrem de glossofobia. Por isso, procure treinar a pronuncia correta das palavras, um exercício de trava-língua pode ser bastante útil, pois deixará a fala mais limpa e clara.

Evite falar rápido, pois indica que está ansioso, portanto, procure falar devagar e com confiança, use um tom de voz que transmita confiabilidade e segurança.

Grave seu ensaio, assim você pode analisar os pontos principais de sua apresentação, veja quais ajustes são necessários para que fique satisfeito com o resultado.

5- Observe sua postura corporal

Imagem: Perfil WE

A postura corporal durante a apresentação é muito importante, pois ela pode ajudar a conquistar o público. Afinal, uma postura ereta indica que a pessoa é segura de si, consequentemente, você se sentirá mais confiante, o que pode ajudar a controlar o medo de falar em público.

Continua após a publicidade

Portanto, mantenha a coluna reta, seja em pé ou sentado. Evite cruzar os braços ou se apoiar em alguma superfície e sorria. Não feche as mãos em punho, não faça movimentos bruscos e não altere o tom de voz repentinamente.

6- Medo de falar em público: Procure Relaxar

Imagem: Notícia ao minuto

Durante uma crise de ansiedade a respiração fica mais rápida e curta, por isso, quando o medo de falar em público desencadear os sintomas de ansiedade, procure controlar a respiração. Ou seja, respire e inspire profunda e lentamente, repetidas vezes, até se acalmar.

Ao controlar a respiração, faz com que os batimentos cardíacos e a pressão arterial diminuam, aumentando a sensação de relaxamento dos músculos. Com isso, melhora a oxigenação do cérebro, a ansiedade diminui e as ideias na mente ficam mais claras.

7- Converse com você mesmo

Imagem: Uber Fashion

De acordo com pesquisadores, falar alto consigo mesmo, pode ajudar a melhorar seu desempenho. Entre os benefícios estão aprimorar memórias, melhorar a concentração, além de dar mais autoconfiança.

Continua após a publicidade

Por isso, faça seu discurso para você mesmo em voz alta. No entanto, lembre-se que não existe discurso perfeito e ficar se cobrando só irá aumentar o nível de ansiedade. Portanto, tenha como objetivo dar o seu melhor e não em ser perfeito.

8- Curso de oratória

Imagem: Talentos Brasil

Um curso de oratória não fará com que você perca o medo de falar em público, no entanto, ajudará a ganhar mais confiança e habilidade ao ter que fazer.

Pois ao se colocar diante daquilo que causa o medo, você vai estar se desafiando, portanto, quanto mais se colocar em situações desafiadoras, mais seguro de si ficará.

Então, mesmo que o medo de falar em público não acabe completamente, ele ficará cada vez menor, até que a fobia social, ou seja, a glossofobia seja controlada.

Continua após a publicidade

Se você gostou dessa matéria, veja também: 5 formas de controlar a ansiedade sem tomar remédios. 

Fontes: Blog Senac, Soap, Escola Conquer

Imagens: Avada Law, Blog Lucivaldo Santos, UOL, Portal do dia, Clube Auge, Awebic, Psicologo e terapia, Xerpa, Psicologo Rigoni, Clube da fala, Perfil WE, Notícia ao minuto, Uber Fashion, Talentos Brasil

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você