Curiosidades

Menor Bíblia do mundo é do tamanho da cabeça de alfinete

A menor Bíblia do mundo recebe o nome nano-Bíblia porque contém 1,2 milhão de caracteres em um chip envolto de ouro, o que chama mais atenção.

A menor Bíblia do mundo teve sua exposição no Museu de Israel em Jerusalém no ano de 2015. Nesse sentido, consiste numa cópia da Bíblia hebraica do tamanho de uma cabeça de alfinete. Também com o nome nano-Bíblia, ela recebeu esse título porque contém 1,2 milhão de caracteres em um chip envolto de ouro.

Desse modo, teve escrita por meio de raios de íon, e surgiu como ação dos engenheiros do Technion. Em resumo, o Instituto Israelense de Tecnologia em Haifa expôs a menor Bíblia do mundo durante o aniversário de 50 anos do Museu de Israel em Jerusalém. Ademais, estima-se que é possível ler o que está escrito quando se amplia as letras em pelo menos dez mil vezes.

Na ocasião, o livro teve exposição na seção do museu Templo do Livro. Curiosamente, essa parte do museu também abriga os Manuscritos do Mar Morto, que são as mais antigas escrituras da Bíblia que existem no mundo. Mais ainda, o museu também abriga outros manuscritos históricos acumulados ao longo das décadas.

Portanto, a ideia do projeto foi chamar atenção para o aniversário do Museu, mas também para o trabalho realizado na instituição. Dessa forma, ao ser assunto na imprensa global, o foco das pessoas voltou-se a um dos museus mais antigos do mundo atualmente. Por fim, confira curiosidades sobre o livro a seguir:

Continua após a publicidade

Curiosidades sobre a menor Bíblia do mundo

No caso da menor Bíblia do mundo, cabe ressaltar que ela é uma cópia da Bíblia hebraica em tamanho reduzido. No geral, a versão hebraica tornou-se um importante símbolo do Cristianismo no mundo. A princípio, esse nome aglutina todos os livros escritos originalmente em hebraico antigo e aramaico.

Desse modo, inclui os livros sagrados que fazem parte do Tanaque judaico. Ou seja, o equivalente do Velho Testamento protestante. No entanto, não há inclusão dos livros deuterocanônicos, porque eles fazem parte da corrente catolicista e ortodoxa. Sendo assim, quando se pensa na menor Bíblia do mundo como cópia da Bíblia hebraica, não há necessariamente uma padronizaçao.

Portanto, os números, nomes e ordem dos livros tendem a varia de acordo com cada religião e cada região onde se trata o documento. Ademais, há uma diferenciação entre essas versões, porque existem edições diferentes. Em primeiro lugar, a Bíblia Hebraica de Kittel com publicação na Alemanha a partir de 1906 inclui uma primeira, segunda e terceira edição.

Continua após a publicidade

Logo em seguida, tem-se a Bíblia Hebraica Stutgartensia, com publicação pela Sociedade Bíblica Alemã e bases no Códice de Leningrado. Sendo assim, equivale à quarta edição. Por fim, tem-se a Bíblia Hebraica Quinta, que ainda está em andamento. Basicamente, estão sendo publicado fascículos do projeto, livro por livro, desde 2004.

Mais ainda, existem outras versões desse livro, como o Vetus Testamentum Hebraicum cum variis lectionibus e o Variae Lectiones Veteris Testamenti. Respectivamente, o primeiro tem edição de Benjamin Keniccott em 2 volumes, enquanto o segundo consiste em 4 volumes com edição de Gioavanni B. de Rossi.

E aí, aprendeu sobre a menor Bíblia do mundo? Então leia sobre Santa brasileira, Irmã Dulce, pode receber feriado nacional

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você