Nasa detecta asteroide potencialmente perigoso vindo em direção à Terra

Como se não bastassem todos os eventos astronômicos previstas para esse ano (como você já conferiu nessa outra matéria), cientistas da Nasa detectaram no espaço um asteroide considerado potencialmente perigoso se aproximando da Terra.

O 2002 AJ129, como foi batizado o asteroide, está chegando a uma velocidade de cerca de 107 quilômetros por hora. Conforme os especialistas, o momento em que o corpo celeste passará mais próximo de nosso planeta será no dia 4 de fevereiro.

Proporções gigantescas

Conforme o site BGR, a essa velocidade, o asteroide está se aproximando até 15 vezes mais rápido de nós do que o avião hipersônico X-15, considerado o mais rápido do mundo e que conta com a velocidade máxima de 7,2 quilômetros por hora.

Já com relação ao tamanho, esse asteroide potencialmente perigoso conta com 1,12 quilômetros de largura. Só para que você tenha ideia da dimensão, ele teria 350 metros a mais que o arranha-céu Burj Khalifa, em Dubai, considerado o maior do mundo.

O que é um asteroide “potencialmente perigoso”?

Mas, mesmo com velocidade e tamanho impressionantes, os pesquisadores da Nasa dizem que é bem pouco provável que o asteroide cause algum dano em nosso planeta.

Conforme explica o site IFLScience, quando a Nasa categoriza um asteroide como “potencialmente perigoso” quer dizer que ele passará a menos de 7,5 milhões (isso mesmo, milhões!) de quilômetros da órbita da Terra e que conta com dimensões superiores a 140 metros.

No caso do 2002 AJ129, além do tamanho relevante, ele passará a 4,2 milhões de quilômetros de nosso planeta. Quem entende do assunto diz que isso equivale a 11 vezes a distância entre a Terra e a Lua.

E não é só isso. Conforme os especialistas da Nasa, ele ainda vai passar perto de nós mais alguma vezes. A aproximação máxima dele, aliás, será em 2172, quando ele vai chegar a incríveis 680 mil quilômetros de distância, o equivalente a “apenas” duas vezes a distância do planeta Terra até a Lua.

O que acontece se um asteroide atingir a Terra?

Agora, se você está se perguntando o que aconteceria se um asteroide como esse realmente se chocasse contra o planeta, a resposta pode ser bem dramática. Além da destruição, as temperaturas médias do planeta poderiam cair até 8ºC, o que poderia levar a uma nova era do gelo.

Mas, claro, as consequências seriam completamente devastadoras, como você pode conferir nessa outra matéria aqui (clique).

Fontes: Olhar Digital, IFL Science, BGR