O que é Cientologia? Conheça a religião das estrelas de Hollywood

Não é muito comum falar em Cientologia no Brasil. O tema se tornou a ser pauta nos últimos dias, depois que o filho adotivo de Tom Cruise com Nikole Kidmann, Connor Cruise, de 23 anos; se mudou para o retiro religioso e assumiu estar se preparando para dar um passo maior dentro da doutrina da Cientologia.

Agora, se você não entendeu nada, a Cientologia se trata de uma religião (ou seita, como é considerada em alguns países, inclusive no Brasil) fundada na Califórnia, em 1954. Seu criador foi L.Ron Hubbard, um escritor norte-americano de ficção científica.

Dentre os principais fundamentos religiosos da entidade está a premissa de criar uma civilização sem insanidade, criminosos e guerra, na qual o homem teria a possibilidade de prosperar e seria livre para se elevar em verdadeira natureza espiritual.

Como é a igreja da Cientologia?

Acontece, no entanto, que a Cientologia não segue o conceito de igreja com o qual estamos acostumados. Ao invés dos prédios pomposos e dos cultos religiosos, o que se encontra com locais destinados ao exercícios da religião são salas amplas de estudo, com displays interativos, que explicam os fundamentos da instituição.

Nesse local, os ministros tiram as dúvidas de seus fiéis, que são também estudiosos, e os encaminham a cursos. No Brasil (sim, aqui também existem três grupos de cientologistas em São Paulo), por exemplo, um dos cursos mais procurados pelos membros da seita é sobre as formas de superar os altos e baixos da vida.

Cientologia pelo mundo

E se você ficou chocado em saber que existe Cientologia em solo brasileiro, fique sabendo que a religião/seita está presente, praticamente, em todo o mundo: ao todo, são mais de 10 mil igrejas, missões e grupos em 165 países.

Agora, vamos a algumas revelações polêmicas sobre as crenças nas quais se baseia a Cientologia e os boatos que as circulam.

8 curiosidades para entender melhor os segredos e a doutrina da Cientologia:

1. Há quem diga que Hubbard, o pai dessa crença, afirmava que criar uma religião seria uma forma de enriquecimento fácil. Verdade ou não, o fato é que os cursos da Cientologia e suas audições, etapas necessárias para que seus membros evoluam na fé; são todos pagos.

2. A Cientologia se baseia, principalmente, em dois livros da autoria de Hubbard: “A Ciência da Sobrevivência” e “Dianética”. Os livros dizem, basicamente, que o cérebro armazena todas as experiências de vida e que os episódios ruins seriam os grandes responsáveis por problemas emocionais e físicos no futuro.

3. Para a Cientologia, o homem é formado por corpo, mente e thetan, nome dado ao espírito, sem o qual o corpo e a mente não existiriam. A necessidade de sobrevivência orientaria as oito dinâmicas da vida, constituídas pelo indivíduo, a criatividade, a sobrevivência em grupo, a espécie, as formas de vida, o Universo, o espiritual e o infinito, também chamado de Ser Supremo.

Logo, a religião viria para libertar os seres humanos da influência dos thetans, já que eles criam algumas necessidades em nós.

4. Para restaurar o equilíbrio de seus membros e fazê-los esquecer o que a seita considera “memórias nocivas”, as pessoas precisam passar por audições. Elas funcionam como uma espécie de terapia, em que o auditor faz perguntas aos fiéis e utiliza uma aparelho chamado e-metro, que poderia medir o estado espiritual dos participantes.

Esse aparelho, supostamente, é capaz também de apontar aspectos da vida da pessoa analisada que precisam ser melhorados.

5. Existem também algumas crenças consideradas esdrúxulas pelos leigos. Ex-cientologistas, por exemplo, já relataram que a origem da humanidade, descoberta apenas quando se atinge uma posição avançada na religião, se deu há 75 milhões de anos, quando o ditador intergaláctico lorde Xenu expulsou bilhões de seres que superpovoavam os planetas que ele controlava.

Essas pessoas expulsas, consideradas prisioneiras do ditador, então, foram enviadas à Terra, a bordo de aviões, e jogadas, juntamente com bombas de hidrogênio, dentro de vulcões para serem exterminadas.

As almas dessas vítimas, que teriam se tornado os thetans (que já explicamos do que se trata), teriam ficado vagando pelo planeta e acabaram possuindo os primeiros Homo sapiens, causando sofrimento espiritual aos homens desde então.

6. Os fiéis recém-chegados à ordem são chamados de preclear. Eles ganham habilidades e são considerados clear ou esclarecidos depois de uma série de cursos, que os fazem evoluir na organização. Eles podem se tornar, inclusive, auditores com o passar do tempo.

Cada igreja tem seu capelão, seus oficiais e diretores. No caso das missões, o que existem são apenas ministros, que celebram os ritos e organizam os curso.

7. A Cientologia realiza realizam todos os tipos de cerimônias comuns às religiões mais populares, como casamentos, batizados, serviços funerais, cerimônias de nomeação para novos membros e entrega de diplomas aos que concluem os cursos. Ela também conta com serviços dominicais, nos quais o capelão ou um ministro lê o credo da da igreja e faz uma espécie de sermão, baseado nas palavras de L. Ron Hubbard.

8. Exitem os chamados Centros de Celebridades na seita. Bons exemplos são os localizados em Hollywood, Nova York, Paris e em Londros, que são voltados aos atores, músicos, esportistas, políticos e outras pessoas públicas. Eles podem também ser visitados por quem não é famosos, mas esses locais são dedicados a ajudar quem, segundo o criador da crença, tem papel essencial na melhoria do mundo.

Tom Cruise, Juliette Lewis, Priscilla Presley, John Travolta e Kirstie Alley são algumas das celebridades adeptas à seita e que frequentam esse centros.

OBS: Dizem ainda que a Cientologia foi a responsável pelo divórcio de Tom Cruise e Nikole Kidman (por que ela era considerada uma fonte problemas futuros) e pelo ator não manter contato com sua filha Suri Cruise, fruto de seu segundo casamento, com a também atriz Katie Holmes.

E então, você já havia ouvido falar sobre essa crença? Sabe de outras pessoas – celebridades ou não – que fazem parte da igreja? Não deixe de comentar e de nos contar sua opinião sobre o assunto.

E se você gosta de polêmica, sugerimos essas outras duas matérias para sua “diversão”: Illuminati: Dan Reynolds, Beyoncé e outros famosos membros da ordem e Maçonaria: o que é e o que os maçons realmente fazem?

Fontes: Superinteressante, BBC