Curiosidades

O que é uma tempestade solar [e como ela afeta a Terra]?

A Nasa já chegou a registrar, no século passado, uma tempestade solar que seria capaz de matar qualquer ser humano em órbita.

Constantemente, vemos nos jornais matérias sobre tempestades solares, porém, sempre fica aquela sensação de que não sabemos muito bem sobre o que estão falando. Você sabe, realmente, o que é uma tempestade solar?

O Sol, além de ser uma estrela que influência diretamente na vida dos planetas em sua órbita, também é um astro que está em constante transformação. Ela passa por constantes explosões e forma energia a todo momento.

A esfera, com 330 mil vezes mais massas que a Terra, é composta  por Hidrogênio e Hélio. Menos de 2% de sua composição consiste em elementos pesados, como oxigênio e carbono. Sua fonte de calor é formada por plasma, gasoso na superfície e mais denso conforme se aproxima do núcleo.

É no meio de toda essa construção solar, que nascem as grandes explosões, reações a grandes reações químicas nucleares. São até 600 milhões de toneladas de hidrogênio convertidos em hélio por segundo.

Continua após a publicidade

Essas reações no Sol, demoram certo tempo para sair do centro e chegar a superfície. Consequentemente, a camada mais externa do Sol está sempre se expandindo, criando os ventos solares. Quando explosões de grandes proporções acontecem nessa área, partículas solares são liberadas. Essas são as tempestades solares.

Como uma tempestade solar pode atingir a terra?

O que é uma tempestade solar [e como ela afeta a Terra]?

Continua após a publicidade

A Terra é atingida pelas tempestades solares de alguma forma. Alguns aparelhos tecnológicos são diretamente influenciados pelo que acontece no espaço. GPS e comunicadores que dependem de frequência de rádio, como aviões, podem ser impactados pelas tempestades solares.

Em 1859, uma das maiores ejeções já lançadas pelo Sol atingiu o campo magnético da Terra. Hoje, isso causaria uma consequência bem grande, devido a nossa dependência da energia elétrica. Em 1972, a NASA registrou rajadas solares que poderiam matar um ser humano desprotegido do campo magnético da Terra durante as missões Apollo 16 e 17.

Continua após a publicidade

Apesar disso, estamos tranquilos. A Nasa está monitorando as tempestades solares o tempo inteiro, conseguindo antever qualquer grande explosão que possa nos atingir.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Porque o Sol é tão importante para a vida na Terra?

Fonte: Galileu

Imagem: Muito Geek Rádio Regional

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você