Quanto tempo as pessoas sobrevivem sem beber água?

Língua áspera, lábios trincandos e, na garganta, aquele aperto que só a sede sabe causar. Sentiu vontade de beber água aí? Pois é, esse alerta que o organismo nos envia e que nos dá aquela vontade irresistível de ingerir líquidos jamais deve ser ignorado, uma vez que se trata de um mecanismo importantíssimo para o bom funcionamento metabólico, e claro, para nos manter vivos.

Mas, então quer dizer que o corpo não sobreviveria sem água? Quem chegou a essa pergunta já “pegou o espírito da coisa”. É mais ou menos por aí.

1

Segundo especialistas, os seres humanos só conseguem viver, em média, 4 dias sem a ingestão de água. Isso, claro, em lugares quentes, com altas taxas de umidade, onde o verão dura o ano inteiro… como aqui no Brasil, por exemplo. Já, em locais mais frios, esse tempo de resistência aumenta um pouco e passa, no máximo, para 7 dias.

Quem entende do assunto explica que isso acontece porque o corpo humano perde de 2 litros a 2,5 litros de água por dia, por meio do suor, das fezes e da urina. Em dias quentes, então, a perda de líquidos pode chegar ao dobro disso.

2

Logo, quando sentimos sede é sinal de que nosso organismo já está em pane, com 1% a 2% de nosso peso perdido em água. Acha pouco esses números? Então fique sabendo que quando essa perda chega a 5% (isso mesmo, apenas 5%) já é motivo para que o corpo comece a apresentar sérios comprometimentos clínicos.

No caso de um deserto, por exemplo, se uma pessoa chegar a completar 4 dias sem a mínima ingestão de água é possível que ela perca até 20% de seu peso corporal. Claro, nesse caso há risco de morte imediata!

3

Então, de forma geral, a dica é: nada de ficar com preguiça de levantar até o bebedouro ou até o filtro! E só para completar, como os médicos alertam, sucos, refrigerantes e outras bebidas ajudam, mas não substituem a água no dia-a-dia, ok? Além disso, nada de beber cerveja e outros líquidos alcoólicos quando se está desidratado porque o álcool acelera a perda de água pelo corpo.

4

Anotou aí?