Mundo Animal

Quantos anos vive um cachorro? Expectativa de vida das raças famosas

Veja quais raças de cachorro possuem expectativa de vida mais longa e como cuidar corretamente do pet para que ele viva bem e por muito tempo.

Podemos não querer pensar nisso, mas todos os tutores de animais de estimação terão que dizer adeus aos seus queridos cachorros um dia. E embora tenham a certeza de que serão profundamente amados, não importa quanto tempo passem em sua vida, alguns ficarão mais tempo do que outros. Mas, afinal quantos anos vive um cachorro? Essa resposta é relativa.

Todo dono responsável quer o melhor para seu cão, então deve fazer tudo ao seu alcance para garantir que seu cão permaneça saudável e feliz na velhice. Em suma, os cães precisam de uma dieta nutritiva, muito exercício e acesso a cuidados veterinários para ter uma vida longa.

Todavia, embora cada cão seja diferente e sua saúde possa ser afetada por condições ou estilos de vida subjacentes, algumas raças são mais saudáveis ​​do que outras e menos propensas a problemas de saúde que podem encurtar a expectativa de vida média.

Confira a seguir quantos anos vive um cachorro e quais fatores influenciam para aumentar o seu tempo de vida.

Fatores relacionados a expectativa de vida

Fonte: Pexels

A média de vida de um cão é de 11-12 anos e é determinada por:

Tamanho: cães pequenos podem viver vários anos a mais do que cães maiores;
Raça: algumas raças de cães viverão consideravelmente mais por uma série de razões;
Genética: estes são determinados antes do nascimento e podem predispor os cães a certas doenças hereditárias;
Saúde geral: os cuidados veterinários regulares garantirão que seu cão permaneça o mais saudável possível;
Estilo de vida e cuidados: dieta adequada e exercícios aumentam a expectativa de vida do seu pet.

Continua após a publicidade

Saúde e bem estar do cachorro

Para manter seu cão em ótimas condições, você precisa consultar regularmente o veterinário. Juntos, vocês serão capazes de escolher a nutrição adequada, implementar quaisquer cuidados e tratamentos preventivos e discutir a quantidade de exercícios necessários para uma saúde perfeita.

Ademais, é importante manter uma rotina adequada de atendimento odontológico para evitar problemas de saúde bucal.

Por outro lado, garantir que as vacinas sejam mantidas em dia também é essencial. Assim como os tratamentos contra vermes e pulgas. Se você está ciente de qualquer doença relacionada à raça, conheça os sintomas para que possa tratá-los o quanto antes. Infelizmente, as anomalias congênitas e hereditárias nem sempre são previsíveis.

Cães com excesso de peso podem ter sua vida útil reduzida em até duas semanas, pois a obesidade aumenta o estresse sobre os ossos. Além disso, também aumenta o risco de diabetes e pancreatite, bem como é responsável por problemas cardíacos e respiratórios.

Portanto, um peso saudável irá garantir que todos esses riscos sejam reduzidos e seu cão viverá toda a sua expectativa de vida.

O estilo de vida do pet

Fonte: Pexels

É fato que os cães que recebem cuidados adequados ficam mais saudáveis ​​e vivem mais. Aliás, as mortes prematuras em cães com menos de dois anos geralmente são causadas por traumas, doenças infecciosas ou câncer. O câncer é a principal causa de morte, principalmente em raças grandes, e os sintomas incluem caroços, inchaços e perda de peso.

Continua após a publicidade

Já as mortes por trauma inclui brigas e acidentes de trânsito que são evitáveis com a correta supervisão do pet. Além disso, você pode limitar o risco de seu cão contrair uma doença fatal com as vacinas obrigatórias.

Os cães cruzados têm uma vida útil mais longa do que os cães consanguíneos, que podem carregar genes para doenças. A esterilização e castração também podem afetar positivamente a longevidade de um cão, pois a incidência de cânceres que afetam os órgãos reprodutivos pode diminuir, e não ter filhotes, no caso das fêmeas, reduz o estresse.

Por fim, a alimentação adequada também é vital para aumentar a expectativa de vida do seu cão, também para aumentar a imunidade, promover um coração saudável e combater doenças.

Calculando a idade do cachorro

Fonte: Pexels

Dependendo da raça, você pode considerar cães grandes como idosos quando têm cinco anos. Os cães médios não chegam à velhice antes dos sete anos. E as raças pequenas atingem a velhice por volta dos 10.

Entretanto, converter a idade de um cachorro em anos humanos não é mais tão simples quanto parece. Assim, para fazer este cálculo é preciso usar a seguinte fórmula: idade humana = 16 x Ln + 31.

Aqui, “Ln” significa logaritmo natural”, que pode ser obtido neste link inserindo a idade do cão. Por exemplo, o cálculo da idade humana de um cão de 5 anos seria:

Continua após a publicidade

16 x 1,60 (Ln) + 31;
25,5 + 31;
Idade humana: 36,5.

Quantos anos vive um cachorro de acordo com a raça?

Quantos anos vive um cachorro? Raças de cães e expectativa de vida
Fonte: Pexels

Se o seu cachorro for saudável e bem cuidado, a expectativa de vida será de pelo menos 10 anos. Normalmente, um cão de tamanho médio pode viver até 13 anos e cães menores até 17 anos. Sempre há exceções, mas de modo geral as raças de vida longa são:

Pastor alemão: 9 a 13 anos;
Golden Retrivier: Até 12 anos
Afegão Hound: 10 a 13 anos;
Affenpinscher: 10 a 12 anos;
Beagle: 13 a 16 anos;
Bearded Collie: 12 a 14 anos;
Border Collie: 12 a 15 anos;
Boxer: 8 a 12 anos;
Buldogue Francês: 9 a 12 anos;
Chow Chow: 12 a 15 anos;
Chihuahua: 12 a 20 anos;
Dálmata: 10 a 13 anos;
Dachshund: 12 a 15 anos;
Fila Brasileiro: 10 a 12 anos;
Golden Retriever: 10 a 12 anos;
Husky Siberiano: 12 a 15 anos;
Jack Russell Terrier: 10 a 15 anos;
Labrador Retriever: 10 a 13 anos;
Lulu da Pomerânia: 15 a 16 anos;
Maltês: 15 a 18 anos;
Pinscher Miniatura: 12 a 15 anos;
Poodle: 14 a 18 anos;
Pug: 12 a 14 anos;
Rottweiler: 8 a 10 anos;
ShihTzu: 10 a 18 anos;
Yorkshire Terrier: 12 a 16 anos;

Cachorro mais velho do mundo

Quantos anos vive um cachorro? Raças de cães e expectativa de vida
Fonte: Pet Love

Você sabe quantos anos viveu o cachorro mais velho do planeta? O cão mais velho do mundo era a cadela Maggie – uma australiana Kelpie que viveu por 30 anos e morreu em 2016.

Todavia, ninguém pode registrá-la oficialmente como tal, porque seu dono não tinha nenhuma papelada para comprovar sua idade.

Então, o cão mais velho registrado no Guinness Book é Bluey, o Boiadeiro Australiano, que viveu entre 1910 e 1939, ou seja, ele morreu com 29 anos e cinco meses. Ambos os cães viviam felizes e saudáveis ​​em grandes fazendas.

Continua após a publicidade

Sinais de envelhecimento

Quantos anos vive um cachorro? Raças de cães e expectativa de vida
Fonte: Pexels

Identificar os sinais de envelhecimento em seu cão pode ser muito útil, para que você possa discutir com seu veterinário se a dieta e os exercícios precisam ser alterados. Existem sinais comuns a serem observados que incluem:

  • Dormir com mais frequência;
  • Uma mudança de comportamento que inclui confusão e demência;
  • Problemas de saúde como artrite, o que torna difícil de levantar;
  • Perda de peso ou ganho de peso causado por uma mudança na taxa metabólica do seu cão;
  • Urinar com mais frequência, o que pode ser um sinal de problemas de saúde relacionados aos rins;
  • Nódulos gordurosos e geralmente benignos;
  • Relutância em brincar e correr com uma atitude letárgica geral.

Agora que você sabe quantos anos vive um cachorro, leia também: Maiores raças de cachorros do mundo – Quais são e tudo sobre elas

Próxima página »

Escolhidas para você