Curiosidades

Quem foi Caim? História do primeiro assassino do mundo

Para entender quem foi Caim precisa-se revisitar os textos bíblicos sobre os primeiros filhos a nascerem na história da humanidade no mundo.

Em primeiro lugar, para conhecer quem foi Caim precisa-se voltar o olhar para as histórias da Bíblia Sagrada. Nesse sentido, este foi o filho dos primeiros habitantes da Terra, Eva e Adão. Além disso, estima-se ser a primeira pessoa que nasceu na história da humanidade, o primeiro irmão e o primeiro assassino.

A princípio, ele foi o filho mais velho do casal Adão e Eva. Porém, também foi irmão de Abel, Sete e de outros filhos que não tem nomes citados na Bíblia. Apesar disso, são personagens secundários na história de Caim e Abel sobre a falha do homem. Curiosamente, seu nome ainda significa adquirir, obter ou possuir no hebraico.

Entretanto, o sentido original qayin significa lança ou ferreiro, o que refere-se à profissão dele, que atuou como lavrador da terra. Sobretudo, é um verdadeiro símbolo de quão perverso o homem pode ser após a descoberta do pecado no mundo. No geral, sua história faz parte do livro de Gênesis, mais especificamente no capítulo quatro.

Antes de mais nada, seu nome surge para explicar a origem da família na Bíblia Sagrada, pois é o primeiro filho do casal original. Além disso, ainda atua no sentido de explicar sobre o sexo para a reprodução e perpetuação do trabalho divino. Contudo, os eventos relacionados à sua família o transformaram em um símbolo sobre ganância e traição.

Continua após a publicidade

Quem foi Caim? História do primeiro assassino do mundo

Origem e história bíblica

Primeiramente, a Bíblia narra que os primeiros irmãos da história do mundo viveram em uma época onde Deus conversava com os homens. Além disso, trabalhavam para sustentar a família após seus pais serem expulsos do paraíso. Nesse sentido, utilizavam do solo e da água somente para sobreviver. Desse modo, Caim era agricultor enquanto Abel era pastor de ovelhas.

Continua após a publicidade

Sobretudo, esse período bíblico do Antigo Testamento narra que os primeiros homens ofertavam a Deus as primícias do trabalho de cada um. Em outras palavras, ofereciam o que havia de melhor para agradecer a Deus pela vida. Portanto, Abel sempre dava a melhor ovelha disponível, mas seu irmão Caim somente entregava aquilo que sobrava da colheita.

Sendo assim, narra-se que Deus adorava os presentes de Abel, mas não de seu irmão. Basicamente, suas ações demonstravam que Caim colocava Deus em segundo plano, e não tinha seu coração voltado a ele. Como consequência, suas ofertas não eram aceitas, e ele não era tão amado.

Continua após a publicidade

Em contrapartida, Abel mostrava seu compromisso com Deus, de forma a receber o amor do Senhor. Apesar disso, Caim desde sempre lidou com sentimentos de inveja em relação ao seu irmão, mas passou a odiá-lo quando viu sua relação com Deus. Eventualmente, ambos entraram em uma discussão cruel, e Caim matou seu irmão com uma pedrada na cabeça.

Por fim, teve-se então o primeiro homicídio da história do mundo. Ademais, Deus amaldiçoou Caim o proibindo a colher na terra e obrigando-o a andar pelo mundo. Mais ainda, plantou nele a marca de Caim para que ninguém o matasse e ele vivesse para sempre pagando seu pegado. Entretanto, a história narra que ele foi morar em Node, onde teve uma mulher e um filho chamado Enoque.

Quem foi Caim? História do primeiro assassino do mundo

A Marca de Caim

A princípio, Deus marcou Caim para a eternidade, primeiramente para fazê-lo lembrar sempre do seu pecado. Contudo, também o fez em um gesto de misericórdia, a fim de protegê-lo contra vingadores em nome de Abel. Em resumo, Deus afirmou que se alguém o matasse, receberia uma vingança sete vezes pior.

Continua após a publicidade

Apesar disso, compreende-se que a marca não o impediu de viver, constituindo uma família e até tendo filhos. Desse modo, narra-se que ele fugiu para Node, localizado ao leste do Jardim do Éden e estabeleceu-se por lá. Como consequência, conheceu sua esposa e teve Enoque, outra figura bíblica importante.

No geral, não se sabe se a marca de Caim é uma marca física ou espiritual, porque não há aprofundamento sobre isso na B[iblia. No entanto, o senso comum diz que a marca era percebida por qualquer pessoa e em qualquer situação. Ademais, não há relatos sobre a marca ser herança de seus filhos e sucessores.

Por fim, entende-se que a descendência de Caim desapareceu com o Dilúvio, encerrando essa história. Porém, há quem diga que ele ainda foi amaldiçoado a viver eternamente, porque seu crime foi gravíssimo. No entanto, também não existem comprovações dessa versão nos documentos bíblicos.

E aí, aprendeu quem foi Caim? Então leia sobre Sangue doce, o que é? Qual a explicação da Ciência.

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você