Curiosidades

Soltar pum, quando não é normal? Causas e tratamentos

Soltar pum - emitir gases ou flatulência - é normal no processo digestivo. Porém, quando existe desconforto, é sinal que algo não vai bem.

Arrotar e soltar pum é algo que todos fazem, sem exceção. Alguns até podem soltar gases ou flatulências com mais frequência do que outros. Aliás, mesmo que seja barulhento e até constrangedor isso faz parte do processo digestivo e é considerado algo muito importante.

No entanto, por mais natural que seja soltar pum, estar com gases excessivos pode indicar algum problema, dessa forma é preciso investigar as possíveis causas. O excesso de gás pode causar desconforto, inchaço e dor abdominal, além de poder ser um sintoma de uma condição mais grave.

Portanto, se você sentir que não está soltando pum suficiente, ou se está fazendo com mais frequência do que deveria, confira ao longo do artigo, algumas causas que você deve conhecer (e evitar, se possível).

Quando não é normal soltar pum?

excesso de gases
Fonte: Freepik

Desconforto e inchaço podem indicar um acúmulo normal de gases, mas quando esses sintomas vêm juntamente com dor abdominal, náusea ou perda de peso, eles podem sinalizar um problema de saúde mais sério, como por exemplo:

Síndrome do intestino irritável: é um distúrbio gastrointestinal que causa sintomas como gases em excesso, inchaço, dor abdominal, muco nas fezes, mudanças nos hábitos intestinais e sensação de não ter evacuado. Além disso, a flatulência pode ser provocada por uma combinação de causas como sensibilidade intestinal e alto consumo de alimentos ricos em carboidratos aqui chamados de FODMAPs.

Para esclarecer, fermentáveis, oligo-, di-, monossacáridos e polióis formam a sigla FODMAPs. Eles são carboidratos mal absorvidos no intestino delgado. Especialistas recomendam uma dieta com baixo teor de FODMAPs para reduzir a flatulência e outros distúrbios gastrointestinais.

Continua após a publicidade

Na mesma linha, quem possui alguma intolerância alimentar também pode sofrer com gases, dor de barriga, inchaço e diarreia. Se você tem intolerância a um determinado alimento ou ingrediente, quanto mais você come, mais se sentirá afetado por esses sintomas. Por outro lado, se você tem alergia alimentar (o que não deve ser confundido com intolerância), ao consumir uma pequena quantidade do alimento alérgico, isso já pode causar uma séria reação.

Soltar pum: quando é normal e o quando não é?
Fonte: Freepik

Como melhorar o excesso de flatulência?

É comum acumular alguns gases depois de comer e liberá-los ao soltar pum ou arrotar. Em média, é normal soltar pum entre 10 e 20 vezes. Se isso não acontece com você, certamente você pode começar a bancar o detetive, investigar as causas e resolver o problema. Como resultado, essas dicas podem ajudar:

1. Evite os FODMAPs

leite e processo digestivo
Fonte: Pexels

Em primeiro lugar, alimentos como leite, maçã, grão de bico e peras podem deixar fazer você exagerar ao soltar pum. Adote uma dieta com baixo teor de FODMAPs ou um plano alimentar que limite os alimentos que causam o desconforto.

2. Coma e beba devagar

processo digestivo e gases
Fonte: Pexels

Em segundo lugar, evite a pressa na hora da refeição. Quando você come ou bebe rápido, pode engolir muito ar, o que pode causar gases e consequentemente algum desconforto intestinal.

3. Beba antes de comer

suco antes do almoço melhora o processo digestivo
Fonte: Pexels

Ingerir líquidos com as refeições provoca a perda de ácidos estomacais e prejudica a digestão dos alimentos. Então, o ideal é beber 30 minutos antes das refeições para ajudar o estômago a digerir melhor a comida.

4. Beba chás

evitar gases e flatulência
Fonte: Pexels

Certas ervas podem ajudar a aliviar o excesso de gases. Acredita-se que a camomila, a hortelã, a menta e a erva-doce, por exemplo, ajudam numa série de problemas digestivos, incluindo dores de estômago, inchaço e gases intestinais. Ou seja, chás feitos com essas ervas podem relaxar os músculos, melhorando o processo digestivo.

Continua após a publicidade

5. Pratique atividade física

correr evita flatulência
Fonte: Pexels

Por fim, mantenha uma atividade física regular. Ao sentir algum incômodo provocado por gases, tente fazer um caminhada rápida ou até mesmo alguns alongamentos. Como resultado, você poderá sentir um grande alívio e isso ainda facilita o processo digestivo. Além disso, não deixe de consultar um médico se os sintomas não melhorarem.

Então, se você gostou do conteúdo e quer saber mais sobre o assunto, clique nesta matéria: Flatulências, o que são? Causas, sintomas e principais tratamentos

Fontes: Uol, Huffpost, Metrópoles

Fotos: Pexels, Freepik

Próxima página »

Escolhidas para você