História

15 templos mais antigos e fascinantes do mundo

As diferentes ruínas de templos antigos abrem as portas para culturas antigas e diversas; saiba mais sobre esses lugares neste artigo.

Pontes suspensas e arranha-céus são maravilhas da engenharia moderna, mas algumas das construções mais impressionantes do mundo estão há milhares de anos atrás. A maioria são templos com traços da arquitetura antiga, marcando um ponto de transição crucial entre duas idades de construção muito diferentes.

Desse modo, alguns dos templos antigos mais impressionantes (pelo menos aqueles que ainda estão parcialmente de pé), serviam para povos de diferentes culturas rezar e realizar outras atividades religiosas. Veja alguns desses locais sagrados a seguir.

15 templos mais antigos e fascinantes do mundo

1. Templo de Hera, Grécia

O templo é envolto por 40 colunas de pedra (originalmente de madeira), o exterior de estilo dórico do Templo de Hera foi construído nas encostas sul da colina de Cronos, completo com três câmaras internas distintas.

Continua após a publicidade

Além disso, suas paredes internas dividiam as áreas de adoração de diferentes deuses gregos, salas que mais tarde se tornaram o lar de algumas das antigas relíquias de Roma.

O templo tem uma base de calcário que se estende de leste a oeste, mais longa do que larga. Os tijolos de barro, por sua vez, formam a parte superior com madeira e terracota adornando o interior do templo. Infelizmente, a maior parte dela cedeu após um terremoto no século 4 d.C.

2. Gobleki Tepe, Turquia

16 templos mais antigos e fascinantes do mundo

Considerado o primeiro templo do mundo, o Gobekli Tepe contém pelo menos 20 instalações circulares que contêm vários pilares cercados por paredes, cerca de 200 pilares em todo o templo.

Continua após a publicidade

Ademais, o local também abriga estátuas de pedra com esculturas de animais (raposas, cobras, javalis, guindastes e patos selvagens) que podem remontar a 10.000 a.C.

Todavia, o mais interessante é que algumas das construções apresentam pilares em forma de T e pesam mais de 60 toneladas, deixando os especialistas confusos sobre como esses humanos primitivos realizaram uma tarefa tão difícil e complexa.

3. Stonehenge, Reino Unido

16 templos mais antigos e fascinantes do mundo

O famoso Stonehenge é construído a partir de uma mistura de grandes pedras sarsen (um tipo de arenito encontrado naturalmente no sul da Inglaterra) e pedras azuis menores.

Continua após a publicidade

Aliás, a maior pedra sarsen, que se acredita ser de Marlborough Downs, pesa cerca de 30 toneladas. As pedras azuis derivadas do País de Gales pesam entre duas e cinco toneladas cada e provavelmente foram carregadas por mais de 200 quilômetros para chegar ao seu local de descanso final no local de Stonehenge.

4. Mesquita Nasir al-Mulk, Irã

Também conhecida como “A Mesquita Rosa”, a Mesquita Nasir al-Mulk em Shiraz, Irã, é famosa por sua impressionante variedade de cores, graças a uma combinação única de vitrais e mosaicos.

Além disso, acredita-se que quando Nasir al-Mulk foi construído em 1888, foi especialmente projetado para aproveitar a luz da manhã. Com efeito, a filtragem do sol através das janelas cria um efeito de arco-íris, destacando os azulejos e tapetes em tons de joias no interior.

Continua após a publicidade

5. Templos de Abu Simbel, Egito

16 templos mais antigos e fascinantes do mundo

Os Templos de Abu Simbel foram construídos por Ramsés II da Décima Nona Dinastia do Egito durante seu reinado de 1279-13 a.C. Em suma, o complexo, no sul do Egito, inclui dois templos: o Grande Templo e o vizinho Pequeno Templo.

Feito em um penhasco de arenito, a entrada principal do Grande Templo é rodeada por quatro estátuas do próprio Ramsés, com imagens de membros da família a seus pés. Supostamente, a estrutura é um tributo aos antigos deuses do sol Amon-Re e Re-Horakhte, embora Ramsés também seja descrito como um deus.

Aliás, curiosamente em apenas dois dias do ano – geralmente 21 de fevereiro e 21 de outubro – o sol atinge o Grande Templo com precisão e ilumina o santuário interno.

Continua após a publicidade

6. Templo Uluru, Austrália

Uluru (também conhecido como Ayers Rock ou Big Red Rock) é um marco icônico da Austrália. Acredita-se que o local sagrado dos aborígines Anangu nativos ou guardiões da terra, foi feito por seus ancestrais e que seus espíritos continuam a habitar a terra até hoje.

Portanto, ao visitar o templo, os turistas têm que circular pela base de Uluru, em respeito aos Anangu e à proteção da rocha.

7. La Hougue Bie, França

Continua após a publicidade

O La Hougue Bie na ilha de Jersey fica na costa da Normandia, França e tem duas histórias. Em primeiro lugar, quando foi construído pela primeira vez, por volta de 3500 a.C, servia como uma sepultura de passagem, uma das mais altas da Europa.

Ademais, era também um local religioso, marcado por uma capela medieval situada no topo de um monte pré-histórico – um túmulo marcado por uma pedra vertical.

Então, uma segunda história afirma que o local também foi o lar de um bunker de comando construído durante a ocupação alemã na Segunda Guerra Mundial.

8. Igreja de São Jorge, Etiópia

Continua após a publicidade

No norte da Etiópia, a pequena cidade de Lalibela é famosa por suas onze igrejas medievais feitas na rocha monolítica.

Com data do século XII, as igrejas foram feitas por ordem do Rei Lalibela, que idealizou a criação de uma “Nova Jerusalém” em uma época em que as peregrinações à Terra Santa eram dificultadas pelas conquistas muçulmanas.

Hoje, o local ainda recebe muitas peregrinações, em grande parte de cristãos coptas. As estruturas, completas com catacumbas e passagens cerimoniais são fascinantes.

Ademais, a Igreja de São Jorge, ou Biete Ghiorgis, é particularmente famosa por seu desenho em forma de cruz e rede de trincheiras, que a conecta às outras igrejas.

Continua após a publicidade

9. As pirâmides egípcias

16 templos mais antigos e fascinantes do mundo

Nada exibia melhor o poder e a religião do Império Antigo do Egito do que o poderoso esforço de construção das pirâmides do final da terceira dinastia, especialmente a majestosa Grande Esfinge de Gizé construída por volta de 2530 a.C.

A construção de pirâmides realmente aumentou em 2600, quando as tumbas de tijolos começaram a tomar seu forma icônica graças às camadas de pedra em degraus.

Portanto, elas estavam, na época, cercadas por santuários e pátios, e diversos templos. Onde a pirâmide original alcançava cerca de 60 metros de altura, a Grande Pirâmide de Khufu subia para mais de 150 metros e exigia milhões de blocos de pedra – cerca de duas toneladas e meia cada.

Continua após a publicidade

Aliás, cada um foi feito à mão e todo o processo exigiu milhares de trabalhadores para transportar os materiais até o local.

Templos megalíticos de Malta

Uma coleção de seis templos diferentes foram feitos ao longo de centenas de anos em Malta. Em suma, os Templos Megalíticos são notáveis ​​não apenas por sua originalidade e complexidade, mas devido à habilidade técnica avançada que teria sido necessária para construir algumas das primeiras estruturas de pedra independentes vistas no local.

Ademais, cada monumento tinha uma articulação e construção diferente, e os exteriores eram geralmente calcário coralino duro, enquanto o calcário globigerina mais macio era usado na ornamentação interior. Os templos megalíticos incluem:

10. Ta’ Hagrat

Continua após a publicidade

Localizados nos arredores da vila de Mġarr, os templos estão entre os mais antigos e mais bem preservados de Malta. Assim como muitos outros templos megalíticos, aqueles em Ta’ Hagrat ostentam uma fachada impressionante com pedras de tamanho colossal criando um grande portal.

11. Hagar Qim

As estruturas do templo em Hagar Qim estão entre as mais conhecidas. Com efeito, os templos são o local de algumas descobertas impressionantes, incluindo estátuas e esculturas que representam uma versão maltesa de uma deusa da fertilidade, ou seja, a Vênus de Malta.

12. Mnajdra

16 templos mais antigos e fascinantes do mundo

Continua após a publicidade

O complexo do templo em Mnajdra fica a menos de um quilômetro de Hagar Qim. Como muitos outros templos, seu contorno segue a forma de uma folha de trevo.

Assim, essa forma, junto com sua posição, teria significado astronômico, possivelmente atuando como uma dica para iniciar os preparativos para a colheita ou para realizar sacrifícios (aliás, ossos e ferramentas de sacrifício foram escavados no local).

13. Os Templos de Tarxien

Alguns dos trabalhos em pedra mais interessantes e bonitos podem ser vistos nesses templos. Embora as estruturas sejam tão imponentes e impressionantes quanto outros, são os relevos e as esculturas em pedra que diferenciam este local. Nele, há padrões em espiral esculpidos na pedra, bem como fotos de cabras, carneiros, touros e porcas em relevo.

Continua após a publicidade

14. Templos de Skorba

Localizados nos arredores de Żebbiegħ, o local não é necessariamente o mais bem preservado dos templos de Malta. No entanto, sua construção representa um feito incrível – a fonte mais próxima de calcário globigerina fica a mais de um quilômetro de distância do local.

Considerando que as pedras usadas na construção deste templo pesam mais de uma tonelada, esse templo de 3.000 a.C. só pode ser descrito como uma prova da inteligência do homem primitivo.

15. Templos de Ġgantija

16 templos mais antigos e fascinantes do mundo

Continua após a publicidade

Por fim, literalmente ‘gigantescos’, os templos antigos de Ġgantija ficam na Ilha de Gozo. Essas estruturas neolíticas fascinantes são anteriores às pirâmides egípcias. A área consiste em dois templos cercados por uma parede limite. Seu tamanho é ainda mais impressionante pelo fato de que os templos são anteriores à invenção da roda.

Parece que a maioria das pedras maciças foi movida para o lugar usando pedras esféricas como rolos. Além disso, os arqueólogos encontraram evidências de sacrifícios de animais e altares para adoração.

Então, agora que você sabe quais são os templos mais antigos do mundo, leia também: Monstros famosos – 14 criaturas mais fascinantes de todos os tempos

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você