8 curiosidades nada agradáveis sobre os dentes humanos

Se você ainda não teve uma cárie ou outro problema dentários que levasse você direto para a mira do motorzinho do dentistas, provavelmente você ainda não entendeu a fragilidade dos dentes humanos. Apesar de serem potentes e rígidos os suficientes para morder, cortar e mastigar, na verdade eles não resiste às bactérias e cáries.

Mas, essa não é a única coisa que você precisa saber sobre os dentes humanos. Além de tomar consciência de que você tem escovado seus dentes de forma errada a vida inteira, você precisa tomar consciência de alguma verdades sobre essas coisinhas brancas (ou amarelas) que estão aí, na sua boca.

E, como você vai ver hoje, a maioria das curiosidades sobre os dentes humanos que você tem para conhecer não são nada agradáveis. De forma resumida, tudo pode colocar seus dentes em risco, desde uma pequena rachadura até as placas, que aparecem naturalmente em seus dentes.

Mas essas não são as coisas mais desconfortáveis que você está prestes a descobrir sobre os dentes humanos. Na lista que disponibilizamos abaixo, você vai ler e ver muitos mais coisas a respeito desse assunto.

Descubra 5 curiosidades nada agradáveis sobre os dentes humanos:

8. Bebidas ácidas enfraquecem os dentes humanos

2

Apesar de ser feito de minerais e de ser a substância mais dura do seu corpo, não se engane: o esmalta do dente humano é bastante suscetível às cáries. Aliás, o esmalte do seu dente também não resiste muito bem à bebidas ácidas, como refrigerantes e até mesmo alguns sucos naturais.

Aliás, sobre a Coca-Cola (cujos efeitos no seu corpo você já viu aqui, nessa outra matéria) e outros refrigerantes sabor Cola tem capacidade de corroer de 55 a 65 vezes mais do que a água encanada, o café preto e até mesmo cervejas à base de raízes. Mesmo no caso dos refrigerantes diets.

A foto, por exemplo, mostra como ficaram os dentes humanos utilizados em um estudo de resistência. Como você pode ver, quanto mais expostos à Coca-Cola, vai preto, desgastado e cariado ficam os dentes.

7. Dentes humanos lascados ou fraturados = maior chance de cáries

1

Quando seu dente quebra ou é perfurado por algum motivo, essa rachadura no esmalte pode ser um parque de diversões para as bactérias. Aliás, elas são a porta de entrada para o parque de diversões. Daí, então, é um pulo para uma cárie aparecer.

6. Ranger os dentes também não é boa ideia

3

Como você já viu no tópico aí, de cima, dentes fraturados são muito mais propícios às cáries. Isso acontece também quando você range os dentes enquanto dorme. Aliás, se você faz isso não é só com as cáries que você precisa se preocupar, já que pode estar sob forte estresse ou preocupação.

No caso dos dentes humanos, o que acontece é que eles podem acabar caindo, literalmente, quando a mandíbula está sempre fazendo pressão sobre eles. Além de deixar os dentes moles, eles têm maior chance de quebrar ou, no mínimo, de rachar.

5. Bactérias = abscesso dentário

4

Mas, a vida seria boa demais se a entrada de bactérias nas camadas mais frágeis dos dentes humanos e da gengiva causasse somente cáries. Na vida real, elas podem causar também séries infecções, podendo resultar até nos horrorosos e dolorosos abcessos dentários. Aliás, se você não sabe, abscesso é o nome dado ao acúmulo de pus na gengiva, devido à infecção.

O que causa isso? Normalmente falta de higiene e cuidados com os dentes, especialmente se estiverem com algum ponto de entrada para as bactérias, como no caso das rachaduras e fraturas que já mencionamos.

E se você quer saber como essas bolsas de pus são tratadas, acredite, não é nada bonito! O profissional, no caso, precisa drenar esse líquido amarelo. Algumas vezes não dá nem para salvar o dente, devido ao nível da infecção. Detalhe: anestesia dificilmente pega em áreas de infecção.

4. Você não pode fugir das placas

7

Sabe aquela camadinha amarelada que fica sobre os dentes? Não é só excesso de café, sabia? Na verdade, aquilo tudo são bactérias que adoram se grudar aos dentes humanos. E o que bactérias fazem? Isso mesmo, trazem vários problemas, incluindo as cáries… e doenças na gengiva, nesse caso.

A má notícia é que as placas se formam naturalmente, então não existem muitas formas de manter os dentes humanos longe delas por muito tempo. Mas, se você escovar os dentes como manda o figurino e usar o fio dental, dá para manter tudo sob controle, pelo menos por um tempo.

3. Dentes muito brancos não são os mais saudáveis

5

Embora dentes bonitos sejam uma das características mais desejáveis pela maioria das pessoas, na hora de procurar um par romântico, dentes 100% brancos não são os mais saudáveis. Isso porque, à medida que envelhecemos, os dentes humanos acabam ficando mais escurecidos e perdendo o tom branco naturalmente. Ao forçar a volta da tonalidade branca, você não deixa de estar agredindo os dentes.

Agora, se quiser dentes mais brancos de forma natural, basta evitar alguns alimentos que desgastam e escurecem o esmalte dos dentes humanos.  Bons exemplos do que deve ser consumido com moderação são os refrigerantes, especialmente os sabor Cola; vinho tinto, romãs, molhos vermelhos, chás escuros, beterraba e assim por diante.

2. Dentes brancos = dentes muito sensíveis

6

Além de tudo que já dissemos aí, em cima, forçar os dentes a ficarem brancos acaba os deixando muito mais sensíveis. Até porque um dos métodos mais usadas de branqueamento consiste em cobrir o dente com um gel à base de peróxido de carbamida, que corrói o esmalte dos dentes humanos. Daí, quando a luz bate, o efeito é um branco muito mais aparente e luminoso.

O problema é que, em mais de 54% dos casos, as pessoas submetidas ao clareamento acaba com sensibilidade nos dentes em algum nível. Quando mais forte for a sensibilidade, maior a dor, especialmente no caso de alimentos gelados ou muito quentes.

1. Agora, um fato assustador: seus dentes são assim, na infância

8

Com certeza, se você tem algum tipo de agonia, essa imagem não vai sair da sua cabeça tão cedo. Mas, antes que você pense que se trata apenas de tortura, é assim que se parece o crânio de uma criança que ainda não trocou os dentes de leite, ou dentes primários.

Como você pode perceber, todos os dentes humanos permanentes já estão guardados no crânio, só esperando a hora certa de entrarem em cena. Aí eles empurram os dentes de leite, por meio da esfoliação, um processo que, basicamente, dissolve e absorve suas raízes.

BÔNUS:

9

Agora, todas as vezes que você for dar aquele beijo romântico em alguém, vai lembrar das coisas que leu aqui e, principalmente, dessa imagem maravilhosa. Nem precisa nos agradecer, viu? Ah, e por falar em beijo, talvez você devesse ler também essa matéria aqui.

Fonte: BuzzFeed