5 partes do seu corpo que o narguilé detona muito mais que o cigarro

Ele está na moda aqui no Brasil e é comum grupos de amigos se juntarem para fumar em casas especializadas, por exemplo. A verdade, no entanto, é que o narguilé não é nada inocente e, segundo o Ministério da Saúde, pode trazer muito mais prejuízos à saúde que o cigarro tradicional.

Mas, antes de apontarmos tudo o que o narguilé tem de ruim, vamos primeiro apresentá-lo a quem nunca ouviu falar sobre o assunto: esse fumo de nome engraçado se trata de uma espécie de cachimbo de origem oriental, à base de água e de tabaco aromatizado.

Por se tratar de uma fumaça hidratada e por possibilitar a escolha de aromas, normalmente com sabores adocicados ou mentolados, e também devido à leveza do fumo; o narguilé tem caído cada vez mais nas graças dos brasileiros. O problema é que ele entrega ao pulmão uma fumaça muito mais concentrada, que faz muito, mas muito mal mesmo à saúde.

Números assustadores

Só para que você tenha ideia da potência desse cachimbo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que 20 a 80 minutos de narguilé equivale ao mesmo que fumar de 100 a 200 cigarros em termos de exposição a substâncias tóxicas.

O Ministério da Saúde também alerta para os perigos desse hábito. Conforme o órgão, enquanto a quantidade de fumaça inalada quando se fuma 1 cigarro varia entre 0,5 e 0,6 litros, o volume no caso do narguilé é de 0,15 a 1 litro em uma só tragada!

Uso intenso e prolongado

Mesmo que a nicotina seja diluída pela água do narguilé, isso não o torna menos tóxico. O usuário acaba dando tragadas muito mais profundas para atingir os níveis satisfatórios da toxina, fazendo com que quantidades muito maiores de outras substâncias tóxicas presentes na fumaça sejam inaladas.

Isso porque, ao contrário de um palheiro, por exemplo, o narguilé não conta apenas com o tabaco. Com a fumaça do narguilé vem junto substâncias tóxicas como o benzeno e o alcatrão, provenientes do carvão utilizado no preparo do fumo.

Se levarmos em consideração que as pessoas que fumam narguilé utilizam o fumo por horas a fio, o tempo de exposição às coisas ruins que ele proporciona ao organismo é muito mais prolongado que no caso do cigarro. É por isso que você deve evitá-lo e saber quais as partes do seu corpo sofrem mais (e como elas sofrem) quando a fumaça do narguilé entra.

Confira as partes do seu corpo mais afetadas pelo narguilé:

1. Sistema reprodutor

O uso frequente do narguilé causa a perda do libido, impotência, infertilidade masculina. No caso de gestantes, um dos resultados pode ser a má-formação fetal durante a gestação.

2. Sistema digestivo

Gastrite, úlceras, náuseas e constipação intestinal são apenas alguns resultados da toxina do narguilé no corpo.

3. Boca

A fumaça pode também causar sérios problemas bucais, como retração da gengiva, mau hálito, manchas escuras nos dentes e inflação crônica, especialmente porque a mangueira do narguilé costuma ser compartilhada.

4. Sistema respiratório

O ato de fumar narguilé não deixa de intoxicar o organismo. Nos caso do sistema respiratório, por exemplo, os efeitos mais comuns são a diminuição da capacidade respiratória, lesões nas vias aéreas, inflamação nos brônquios e lesões nos alvéolos.

5. Cérebro

No cérebro, as toxinas concentradas causam sonolência e, dependendo da quantidade fumada, insônia. Ansiedade, inquietação, dependência química e psicológica são alguns outros efeitos desse hábito.

E então, você tinha consciência de que isso pudesse fazer tão mal?

Mas, claro, como tudo na vida pode fazer mal em excesso, você precisa conferir ainda esse outro post: 6 hábitos tão ou mais prejudiciais à saúde quanto fumar.

Fonte: Vix