Curiosidades

Ano Novo – Origem, significado, tradições e comemoração pelo mundo

O Ano Novo, ou Réveillon, é comemorado na virada do dia 31 de Dezembro para 1º de Janeiro, mas é celebrado de formas diferentes em cada lugar.

O Ano Novo, ou também chamado de Réveillon, cujo significado é despertar, acontece entre o dia 31 de dezembro e 1º de janeiro. Logo, se trata de uma data marcante nas civilizações que adotam o calendário anual. Ademais, a data de 1º de janeiro, é um feriado nacional, e a partir dela se inicia um novo calendário anual.

Iniciar um novo ano representam diversos sentimentos e emoções. Em suma, é uma nova fase que se inicia, com novas amizades, novas conquistas e a esperança renovada. Além disso, muitas pessoas aproveitam a comemoração para fazer promessas que deverão cumprir ao longo do ano.

Entretanto, em algumas outras culturas o Ano Novo não acontece da mesma forma ou na mesma data. Por outro lado, a origem do Réveillon vem do Império Romano e possui diversas curiosidades. Como também ainda existem as superstições de ano novo.

Origem do Ano Novo

Imagem: UOL

Inicialmente, algumas civilizações antigas comemoraram o Ano Novo em Março. Com o intuito de comemorar o fim do inverno e a chegada da primavera. Por outro lado, o Império Romano celebrava em homenagem ao deus Jano, que representa mudanças.

Mas somente em 46 d.C. que foi decretado o dia que seria comemorado o ano novo, pelo imperador Júlio César. Entretanto, não foi facilmente aceita, pois com a cristianização da Europa, criou-se uma resistência, e eles se recusavam a comemorar a passagem em janeiro. Isso porque o nome do mês era uma homenagem a um deus pagão, o Jano.

E somente no final do século XVI que a data foi oficialmente adotada pelo calendário gregoriano, com a aprovação do papa Gregório XIII. Portanto, temos o dia 1º de Janeiro como o marco de um novo ano.

Significado do Ano Novo

Imagem: Canção Nova

Certamente, iniciar um Ano Novo representa uma nova fase, novos ares, e novas esperanças. As pessoas fazem o uso desse momento para o abandono de velhos maus hábitos, e focam em objetivos futuros. Logo, muitas pessoas fazem listas de metas para o Ano Novo, e ao longo dele vão cumprindo com seus desejos. Ademais, o Réveillon é sinônimo de futuras realizações.

31 de Dezembro

Imagem: Gazeta do Povo

Essa data trata-se da véspera do Ano Novo, pois é o último dia do ano. As famílias se reúnem em comemorações que acontecem em diversas partes do mundo. Além disso, é uma festividade marcada pela presença de muitos fogos de artifício e grandes jantares. Entretanto, esse dia não é considerado feriado, apenas o dia 1º de Janeiro, que se comemora o dia da Confraternização Universal.

1º de janeiro

Imagem: Dicas Profissionais

Ao soar meia noite, todos entram em um novo ano, um mix de sentimentos, e a esperança de um ano melhor que o anterior. As famílias se abraçam e festejam essa virada de ano que dura até de madrugada.

Festa da virada

Imagem: Marabraz

No Brasil se trata de uma data bastante celebrada. Logo, são realizadas grandes festas, shows e apresentações. Por exemplo, as praias e praças que se enchem de pessoas, todas animadas. Então, todos se abraçam e desejam coisas boas uns aos outros, além dos fogos de artifício que dominam os céus.

Tradições de Ano Novo

1 – Culto a lemanjá

Imagem: Pinterest

Trata-se de realizar oferendas ao mar, e estão relacionadas ao candomblé e a umbanda. Entretanto, muitas pessoas que não são dessa religião também praticam esse culto, por exemplo, os católicos.

2 – Pular as sete ondas

Imagem: Hypescience

A tradição de pular as sete ondas no Réveillon, advém da cultura africana. Consiste em pular sete ondas, e a cada onda que pular você deve fazer algum agradecimento ou pedido para o ano seguinte.

3 – Comer lentilha

Imagem: Terra

A tradição de comer lentilha na virada do ano representa boa sorte e boas energias.  Entretanto, a regra é que a pessoa suba em algum lugar alto, e coma sete garfadas de lentilha.

4 – Comer romã

Imagem: Vix

O ritual de comer romã no Réveillon, consiste em comer apenas a polpa da romã, sem mastigar ou engolir as sementes. Em seguida, deve guardar as sementes em um papel até dia 6 de janeiro, o Dia de Reis, e colocá-las na carteira pra atrair dinheiro. Logo, essa tradição simboliza fartura e prosperidade.

5 – Brindar com champanhe

Imagem: Exame

Já a tradição de beber champanhe nos primeiros minutos que se inicia o ano simboliza a atração de prosperidade financeira. Isso porque em jantares nobres o champanhe está sempre presente, representando riqueza.

Superstições das cores

Imagem: Blog da Veri
  • Branco – Simboliza paz, calma, e esperança no bem.
  • Verde – Esperança, vigor, fertilidade, e saúde.
  • Azul – Segurança, tranquilidade, e a realização de sonhos.
  • Lilás – Espiritualidade, e cura dos níveis físico, emocional e mental.
  • Roxo – Transformação, respeito, e dignidade.
  • Rosa – Amor-próprio, romance, e sensualidade.
  • Vermelho – Amor, foco, força de vontade e coragem.
  • Laranja – Vitalidade, confiança, otimismo, prosperidade e generosidade.
  • Amarelo – Otimismo, criatividade, alegria, riquezas e inteligência.
  • Prateado – Sucesso, inovação e distinção.
  • Dourado – Luxo, sucesso, boas vibrações e prosperidade.

O Ano Novo em outras culturas

1 – Ano Novo Chinês

Imagem: China Cupons

Ele acontece baseado no calendário chinês. Portanto, é realizada entre os meses de Janeiro e Fevereiro segundo o calendário gregoriano. Ademais, os chineses realizam grandes celebrações, com objetos decorativos nas cores vermelho e dourado. Além dos dragões e outros símbolos ligados à comemoração.

2 – Ano Novo Judaico

Imagem: Metro

Ele é conhecido como Rosh Hashaná, cuja comemoração é feita entre o final de Setembro e início de Outubro. Entretanto, suas comemorações são diferentes das que estamos acostumados. Pois, sua comemoração é calma e silenciosa, com muita meditação, uma reunião familiar mais privada. Ademais, é uma data muito importante para os judeus, pois celebram o aniversário do universo.

3 – Ano Novo Muçulmano

Imagem: Veja

Para os muçulmanos o ano novo é celebrado em Maio. Porque representa a Hégira, o momento do êxodo de Maomé, a ida de Meca para Medina. Logo, as comemorações costumam ser em torno do santuário, aonde vão para rezar e meditar.

Em suma, seja onde ou quando, o Ano Novo ou Réveillon é uma data bastante celebrada por diversas culturas pelo mundo. É um momento para refletir sobre o ano que passou e fazer novos projetos para o ano que se inicia.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Calendário – 8 tipos diferentes usados pelo mundo.

Fontes: Toda Matéria, Brasil Escola, Info Escola, Jornal de Paulinia

Imagens: Blog Pajaris, UOL, Canção Nova, Gazeta do povo, Dicas Profissionais, Marabraz, Pinterest, Hypescience, Terra, Vix, Exame, Blog da Veri, China Cupons, Metro, Veja

Próxima página »

Escolhidas para você