Curiosidades

Sementes da China, o que são? Composição e o que fazer caso receba

Pessoas em vários locais do Brasil, e em outros países do mundo, vem recebendo pacotes misteriosos contendo sementes da China.

Nos últimos meses, misteriosos pacotes com sementes da China vem sendo recebidos por pessoas em vários estados do Brasil. Os pacotes chegaram pelos Correios, sem ser solicitado, por isso, vem causando suspeitas sobre qual sua finalidade e o que realmente contém nessas sementes.

Muito se especula sobre o conteúdo desses pacotes. Alguns acreditam serem sementes contaminadas, cujo objetivo é espalhar algum vírus. No entanto, autoridades trabalham com a possibilidade de se tratar de um esquema fraudulento, conhecido como brushing.

No entanto, essas amostras de sementes recebidas foram recolhidas pelo Ministério da Agricultura, para serem analisadas pelo laboratório Federal de Defesa Agropecuária em Goiás (LFDA-GO).

Segundo dados preliminares da análise, foi constatada a presença de microrganismos nos pacotes com as sementes da China. Entre os microrganismos estão, fungos, bactérias e possíveis pragas quarentenárias, inexistentes no Brasil.

Por isso, o Ministério de Agricultura recomenda que, ao receber um pacote com sementes da China, não plante e nem descarte em lixo comum. Pois, o pacote deve ser encaminhado imediatamente ao Ministério da Agricultura ou entidade estadual de agricultura.

O que há nas sementes da China

Imagem: Uol

Alguns pacotes contendo sementes misteriosas foram recebidos por pessoas, no Brasil, Canadá, Reino Unido, Portugal e nos Estados Unidos, provenientes da China e de outros locais da Ásia.

Continua após a publicidade

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), no Brasil, há em torno de 258 casos de recebimentos não solicitados das sementes da China, em 24 estados brasileiros.

Em Outubro, o Ministério da Agricultura realizou análises preliminares em 39 amostras de sementes. De acordo com os resultados, uma das amostras possuía a presença de ácaro vivo. Outras duas amostras tinham a presença de bactéria e três com tipos diferentes de fungos.

No entanto, em 17 amostras foram detectados possíveis pragas quarentenárias, como ervas daninhas. No restante das amostras foram encontrados sementes de rosas, orquídeas, limoeiros, etc.

Entretanto, as análises nos Estados Unidos estão mais avançadas do que as do Brasil. De acordo com o Departamento de Agricultura Americano, com as análises realizadas foi possível detectar 300 tipos diferentes de sementes. Apesar das pragas detectadas, eles garantem que não há nada de preocupante nas sementes da China.

Contudo, o órgão americano, acredita se tratar apenas de uma prática de brushing, realizada pelos vendedores chineses.

Do que se tratam as sementes da China

Imagem: UOL

Segundo autoridades locais, os pacotes de sementes entregues, se tratam de uma prática chamada brushing. Que consiste no envio de mercadorias não solicitadas com o objetivo de registrar compras falsas.

Continua após a publicidade

O brushing é feito por sites de marketplaces, onde em um único site, vários produtos de lojas diferentes são ofertados. Basicamente, funciona assim, o vendedor, na maioria das vezes de forma ilegal, consegue os dados pessoais de uma pessoa.

Assim, realizam compras falsas no nome da pessoa e mandam objetos de pouco valor, como nesse caso, foi enviado às sementes. Então, quando a pessoa recebe o pacote, que possui código de rastreio, o vendedor faz uma avaliação positiva, com isso, ganha mais visibilidade com novos clientes.

Em suma, o objetivo do brushing é aumentar a reputação desse vendedor, principalmente para empresas consagradas no comércio eletrônico, como Amazon, Alibaba, Ebay e Aliexpress, por exemplo.

Porém, essa prática é ilegal, já que a pessoa não solicitou a entrega de nenhum produto, isso quer dizer que seus dados pessoais foram vazados de alguma forma.

Porque foram escolhidos sementes

Imagem: Terra

A escolha das sementes se deve ao fato de ser barato e leve o que reduz os custos de frete.

De acordo com o Ministério da Agricultura, nos últimos meses, aproximadamente 34 mil pacotes com sementes da China e outros itens foram recolhidos.

Continua após a publicidade

Sendo que 26.111 foram destruídos, 2.383 foram devolvidos ao remetente e 5.240 não se tratavam de sementes, portanto foram liberados.

No entanto, a Embaixada chinesa no Brasil, nega que a China seja responsável pelo envio dos pacotes contendo sementes. De acordo autoridades chinesas, uma investigação foi realizada, e o que foi constatado é que havia indício de fraude nas etiquetas das postagens. Por isso, estão dispostos a ajudar nas investigações.

O que fazer caso você receba as sementes da China

Imagem: Concursos no Brasil

Foi emitido um alerta fitossanitário, pelo Ministério da Agricultura, solicitando que todos aqueles que receberem pacotes misteriosos, contendo sementes, que não foram solicitadas, tenham cuidado.

Independente do país de origem, os pacotes misteriosos de sementes devem ser entregues nas unidades do Ministério da Agricultura mais próximo.

É importante que pacote não seja aberto, plantado ou jogado em lixo comum. Para que seja evitado o contato das sementes com solo e possíveis prejuízos para as áreas agrícolas e o meio ambiente.

E para evitar que os seus dados pessoais sejam usados na indevidamente na internet, procure utilizar sites confiáveis. Da mesma forma, não forneça os seus dados para qualquer site, aplicativo, ou formulário eletrônico.

Continua após a publicidade

Em casos que seja possível identificar a origem da compra realizada pelo praticante de brushing, é possível notificar a plataforma responsável e solicitar que seus dados pessoais sejam excluídos.

Então, se você gostou dessa matéria, veja também: Como plantar maracujá.

Fontes: Agro link, Catraca livre, G1, Tecnoblog

Imagens: Notícias UOL, Pais e Filhos UOL, Terra, UOL, Concursos no Brasil

Próxima página »

Escolhidas para você