Curiosidades

Árvore de Natal – Origem, história e evolução até os dias atuais

A origem da árvore de natal possui diferentes versões. Entretanto, o que ninguém pode negar é que ela veio das antigas religiões pagas.

A árvore de Natal, juntamente com o papai noel e outros itens, são símbolos que representam a época de Natal no Brasil e no mundo.

Entretanto, o que muitos não sabem é que enfeitar árvores é uma herança das antigas religiões pagas. Como por exemplo, dos romanos que enfeitavam os templos com árvores durante a Saturnália.

Por outro lado, os egípcios tinham o costume de usar palmeiras para fazer os rituais de adoração ao deus do Sol, Rá. Além disso, árvores verdes durante todo o ano eram vistas como representação de prosperidade.

Portanto, para quem vivia em locais onde o inverno era muito forte, a tradição da árvore sempre verde era muito forte, já que conseguiam resistir até ao frio.

Origem da árvore de natal

Enfim, por esse motivo e pela crença na prosperidade trazida pelas árvores, se tornou comum para os pagãos colocar dentro de casa árvores que ficavam verdes durante todo o ano. Contudo, com o cristianismo em crescente na Europa, essa tradição passou a se tornar um costume cristão.

A história do povo germânico

Árvore de Natal - Origem, história e toda sua evolução até os dias atuais
Carvalho – Megatimes

Uma história que explica essa transição é a do povo germânico. Antigamente, eles acreditavam e cultuavam os deuses da mitologia nórdica. Principalmente Thor, o deus do trovão e representante do carvalho. A história conta que certo dia São Bonifácio, bispo saxão que foi responsável por cristianizar alguns germânicos no século VIII d.C, encontrou pessoas fazendo sacrifícios em um carvalho.

Então, com a intenção de convertê-los, o bispo decidiu derrubar a árvore, mostrando para os germânicos que nada aconteceria com ele e comprovando que o deus Thor não existia. Para a sua surpresa, um pinheiro surgiu das raízes que estavam no chão.

Além disso, ele aproveitou da situação para convertê-los ao cristianismo. Ele associou a nova árvore com a Santíssima Trinidade, tornando assim, a árvore um símbolo cristão.

O ritual do Jól

Árvore de Natal - Origem, história e toda sua evolução até os dias atuais
Yggdrasil – Aminoapps

Por outro lado, vários historiadores afirmam que a árvore de Natal surgiu das tradições nórdicas e germânicas. Enfim, conta-se que ela veio do Jól – Yule, um festival que acontecia na Escandinávia durante o solstício de inverno. Nesse evento, o Julgran, conhecido como pinheiro do jul, era feito de decoração.

A árvore era vista como um símbolo que fazia menção a Yggdrasil, uma árvore cósmica gigante que sustanta os noves mundos e o Universo. Além disso, para os nórdicos ela é um elemento da visão de mundo. Enfim, a Yggdrasil representava a fertilidade e a vida para esses povos.

Outra versão da história

Árvore de Natal - Origem, história e toda sua evolução até os dias atuais
Pinheiros – Vejasp

Alguns povos antigos acreditavam que colocar ramos verdes e vistosos em suas portas e janelas poderia ajudar a afastar doenças e espíritos ruins das suas casas. Toda essa decoração ocorria durante o solstício de inverno, entre os dias 21 e 22 de dezembro.

Isso porque as pessoas achavam que, na verdade, o Sol era um deus. Portanto, a chegada do inverno representava que o deus estava fraco e doente. Então os ramos pendurados os ajudavam a lembrar que quando o deus Sol voltava, as plantas cresciam fortes e a primavera logo estaria de volta.

Enfim, para esse pessoal, os ramos eram vistos como amuletos que traziam de volta os dias melhores, mais agradáveis e amenos quando se estava frio. Este foi o primeiro passo para a criação da árvore de Natal.

Árvore de Natal na atualidade

A hitória da árvore de Natal nos dias atuais também possui algumas divergências. Alguns dizem que ela surgiu em Talinn, local conhecido atualmente como Estônia, no ano de 1441. Outras pessoas já dizem que foi em Riga, a atual Letônia, em 1510.

Árvore de Natal - Origem, história e toda sua evolução até os dias atuais
Fonte: Terra

Por outro lado, há também quem ache que a árvore de Natal veio de Bremen, a Alemanha de atualmente, durante o século XVI. Enfim, mesmo com essas diferenças, todos concordam que a origem da árvore de Natal e a sua tradição veio das culturas pagãs.

Foi durante o século XVI em que as árvores que conhecemos hoje fossem colocadas e decoradas dentro das casas. Aliás, a princípio elas eram decoradas com nozes e maçãs. Contudo, foi apenas no século XIX que se tornaram populares. Isso por causa do príncipe Albert e da rainha Vitória, do Reino Unido.

A mãe da rainha era alemã. Portanto, ela acabou levando para o Reino Unido a tradição de colocar a árvore dentro de casa e decorá-la para o Natal. A tradição se popularizou no país e acabou se espalhando por todo o mundo.

A primeira pessoa

Fonte: Daninoce

Mesmo com a rainha Vitória popularizando a árvore de Natal, segundo a história, a primeira pessoa a ter uma dentro de casa foi Martinho Lutero, o monge protestante do século 16. O que se conta é que Lutero estava andando na floresta alguns dias antes do Natal, quando decidiu olhar para o céu.

Ao olhar para cima, ele viu várias estrelas brilhando entre os galhos das árvores. Em seguida ele foi para casa contando para os filhos o quanto a vista era bonita e como lembrava Jesus quando deixou que as estrelas viessem para a Terra durante o Natal.

Com o intuito de representar a imagem vista, Martinho levou uma árvore para casa e a enfeitou com velas, tentando imitar a linda visão que tinha tido anteriormente. E assim, surgiu a primeira árvore de Natal dentro de casa.

A histórias das bolas para as árvores de Natal

Fonte: Zoom

Como dito anteriormente, as árvores de Natal antigamente eram enfeitadas com nozes e maçãs. Foi apenas no século XIX que as bolas que conhecemos hoje começaram a serem produzidas. A ideia veio de um vidraceiro alemão de Lauscha, em 1847.

Após a sua criação, os efeites acabaram ganhando novos formatos e tamanhos. Posteriormente, outros enfeites e modelos começaram a entrar para a decoração da árvore. Como por exemplo, a estrela. Hoje ela ocupa o topo da árvore de Natal, representando a estrela de Belém, uma referência ao nascimento de Jesus.

Então, gostou da matéria? Em seguida leia: Tradições de Natal – Principais tradições no Brasil e no mundo

Imagens: Live.apto, Megatimes, Aminoapps, Vejasp, Terra, Daninoce e Zoom

Fontes: Mundoeducacao, Brasilescola, Elpais e Megacurioso

Próxima página »

Escolhidas para você