Mundo Animal

Cigarra – Tipos, características e curiosidades sobre este inseto

Existem mais de 2 mil espécies de cigarras no mundo. Os insetos machos da espécie produzem um som inconfundível em certas estações do ano.

As cigarras são os insetos mais barulhentos do mundo. Desse modo, acredita-se que o som produzido por algumas espécies pode atuar como uma defesa contra pássaros predadores. Além disso, alguns desses sons são até altos o suficiente (120 decibéis) para causar dor ao ouvido humano . As cigarras também costumam cantar em coro, o que torna mais difícil para um predador saber sua localização.

Para esclarecer, as cigarras passam a maior parte de sua vida no subsolo. Foi sugerido que algumas das grandes e comuns espécies de cigarras podem viver no subsolo por até 7 anos. Isso explicaria por que as cigarras adultas são muito mais abundantes durante algumas estações do que outras. Inclusive, as cigarras periódicas da América do Norte passam 13 ou 17 anos no subsolo.

Ciclo de Vida

Fonte: Pixabay

Ao contrário das cigarras jovens, a vida das cigarras adultas é muito curta, durando apenas algumas semanas. Após o acasalamento, a cigarra fêmea adulta põe seus ovos. Os ovos eclodem em pequenas cigarras sem asas, conhecidas como ninfas. Posteriormente, elas caem no chão e se enterram abaixo da superfície. Dessa forma, elas sobrevivem da seiva das raízes das plantas por um período que pode durar vários anos, e trocam de pele sazonalmente, à medida que crescem.

Quando a ninfa atinge o tamanho normal, ela cava seu caminho para a superfície com as patas dianteiras, que são especialmente adaptadas para cavar. Portanto, elas são mais ouvidas geralmente, ao anoitecer no início da primavera ou final do verão. A ninfa então sobe em um tronco de árvore ou outro objeto e muda sua pele pela última vez.

Continua após a publicidade

Características físicas

Cigarra: tipos, características e curiosidades sobre este inseto
Fonte: Pixabay

O corpo de uma cigarra é composto de cabeça, tórax e abdômen. A cabeça possui duas antenas, dois olhos compostos, três olhos simples, um clípeo que conecta o bico à cabeça. O tórax apresenta dois conjuntos de asas (asas anteriores e posteriores), seis conjuntos de pernas, espiráculos para respirar, opérculos cobrindo o tímpano e, nos machos das espécies que os possuem, tímbalos e tampas de tímbalo.

O abdômen apresenta tergitos (dorsais) e esternitos (ventrais), mais espiráculos para a respiração e órgãos reprodutivos. Ademais, as cigarras adultas têm três pares de patas quase do mesmo comprimento. O fêmur (articulação da coxa) da perna anterior é mais espesso que o das outras pernas.

Continua após a publicidade

O que as cigarras comem?

Fonte: Pixabay

As cigarras se alimentam da seiva, quando jovens, e de pequenos insetos quando adultos. Os adultos de tipos maiores de cigarras podem ser encontrados nos troncos ou galhos das árvores no verão. Além disso, eles costumam ser cautelosos e fogem quando são abordados.

Os tipos menores geralmente vivem em arbustos baixos ou até mesmo na grama alta. As cigarras são consumidas em grandes quantidades pelos pássaros, ou ainda carregadas por vespas como alimento para seus filhotes e, sem dúvida, servem como alimento para muitos outros animais. Mesmo as ninfas que vivem embaixo do solo são parasitadas por larvas de besouros e outros predadores.

Continua após a publicidade

Como o som da cigarra é produzido?

Fonte: Pixabay

O som emitido por uma cigarra é inconfundível. Para esclarecer, o barulho é um chamado de acasalamento produzido apenas pelos machos. Cada espécie tem seu próprio chamado distinto e atrai apenas fêmeas de sua própria espécie. Nesse sentido, as cigarras são os únicos insetos que desenvolveram um meio tão eficaz e especializado de produção de som.

Diversos pesquisadores ainda estudam o aparelho utilizado pelas cigarras para emitir som. Portanto, os órgãos que produzem som são os timbais, um par de membranas nervuradas na base do abdômen. A contração dos músculos tirânicos internos faz com que os timbais se dobrem para dentro e produza uma pulsação sonora. Por outro lado, ao relaxar esses músculos, os timbais voltam à posição original. Todavia, em algumas espécies de cigarras, o som é produzido à medida que cada costela se dobra.

Tanto cigarras masculinas e femininas possuem órgãos auditivos, ou seja, um par de grandes membranas semelhantes a espelhos, o tímpano, recebe o som. Os tímpanos estão conectados a um órgão auditivo por um tendão curto. Quando um macho da espécie canta, ele dobra o tímpano para que não seja ensurdecido pelo próprio barulho.

Muitas espécies de cigarras cantam durante o dia. Contudo, o barulho alto produzido por estes insetos muitas vezes repele os pássaros. Provavelmente porque o barulho é doloroso para os ouvidos de algumas aves e interfere em sua comunicação normal. No entanto, outras espécies de cigarras cantam apenas ao anoitecer.

Continua após a publicidade

10 fatos e curiosidades sobre as cigarras

Fonte: Pixabay

1. Em alguns países como China, Japão e Estados Unidos, por exemplo, as pessoas comem cigarras.

2. Embora sejam frequentemente chamados de gafanhotos, eles não são verdadeiros gafanhotos.

3. Somente os machos fazem o som pelo qual estes insetos são famosos. Em contrapartida, as fêmeas respondem batendo as asas.

4. Se você usar um ferramenta elétrica ou cortador de grama no jardim, uma cigarra pode pousar em você. Eles confundem o barulho com outros insetos da espécie.

Continua após a publicidade

5. Estes insetos podem danificar árvores jovens ou fracas e por isso são consideradas como pragas, na agricultura.

6. Elas não comem alimentos sólidos, mas bebem a seiva das árvores.

7. As cigarras têm cinco olhos.

8. As cigarras podem urinar.

Continua após a publicidade

9. Elas são insetos de sangue frio, e usam sua pele escura para absorver o calor do sol.

10. As cigarras de 13 e 17 anos surgem ao mesmo tempo a cada 221 anos.

Se gostou desse artigo, clique e leia também: Espécies de aranha, quais são? Hábitos e principais características

Fontes: G1, A cidade on, Bernadete Alves, Escola Kids, Britannica, O eco

Continua após a publicidade

Fotos: Pixabay

Próxima página »

Escolhidas para você