Conheça as comidas que criam os puns mais mortais, segundo a Ciência

Você sente a necessidade chegando, não dá tempo de correr e, sem querer, solta um pum em público. Situação chata, especialmente se sair alto, mas nada se compara ao constrangimento se, no caso, o pum, ou os puns saírem mortais, daqueles que apertam a garganta, fazem os olhos lagrimejarem e despertam o instinto assassina nas pessoas que estão em volta.

Se a situação descrita acima é comum a você, fique sabendo, caro leitor, que o problema está nas coisas que estão em seu prato. Segundo a Ciência, o excesso de proteína na alimentação é a “chave” que desencadeia o potencial “bombástico” dos intestinos.

4

Fezes x puns

Agora, se você está se perguntando como os cientistas descobriram isso, fique sabendo que não foi cheiram puns de voluntários. Pesquisadores da Universidade de Monash, na Austrália, analisaram a composição das fezes de sete participantes em perfeito estado de saúde.

Alguns deles tinha uma dieta rica em proteínas, como ovos, carnes e leite; outros comiam mais carboidratos, como pães e cereais; e outros ainda comiam muita fibra, presente em vegetais, frutas e legumes.

5

A intenção dos cientistas com essas análises era identificar a quantidade de sulfeto de hidrogênio presente nas fezes dessas pessoas. Ao que tudo indica, é este composto é grande vilão dos puns e torna os gases que você coloca para fora armas letais.

Puns de proteína

De acordo com o estudo, de longe, a dieta que mais estimula a produção dessa substância no intestino é a rica em proteínas. Cardápios ricos em frutas, legumes e vegetais fazem com que o organismo produza 75% menos de sulfeto de hidrogênio. Dá para acreditar? No caso dos carboidratos, o fedor dos puns também é bem menor.

1

Mas, calma, não é que carboidratos e fibras façam com que você peide menos. Eles estimulam a produção de puns porque contribuem para a fermentação das bactérias do intestino, especialmente no caso de algumas leguminosas, como o feijão. Mas, neste caso, a capacidade matadora do odor é bem menos potente.

3

Interessante, não? Agora você sabe que os malhadões da academia, que se entopem de proteínas para estimular o crescimento e a definição de músculos, na verdade, têm o pior dos puns do mundo.

E, falando em assuntos que, lliteralmente, fedem, você deveria conferir esta outra matéria: 6 usos bizarros de urina e fezes no Império Romano.

Fonte: Superinteressante