A cura da ressaca, finalmente, foi descoberta!

Sair com os amigos para uma noite de bebedeira (ou mesmo uma tarde, vai saber!) é sempre divertido. Nessas ocasiões, no entanto, a gente se esquece dos limites, enche a cara de cerveja, Jack Daniel’s, Vodca e o que vier. E, no dia seguinte, como todo mundo sabe, todo mundo ora por uma cura da ressaca ou algum tipo de milagre para se livrar da sensação de quase morte que vem como consequência do “pé na jaca”.

Bom, se você também já tentou negociar com o Todo Poderoso a sua recuperação pós-bebedeira, fique sabendo que a própria Ciência tomou essa briga para si e resolveu o problema. Isso mesmo: a cura da ressaca já existe e quem a descobriu foram cientistas de um dos centros de pesquisas mais respeitados da Austrália, o CSIRO.

3

Conforme os pesquisadores, ao contrário dos famosos compostos que a gente costuma comprar na farmácia e que prometem o alívio dos sintomas da ressaca, como dor de cabeça e enjoo; a verdadeira cura da ressaca vem da natureza. Segundo eles, o “milagre” que todo mundo esperava vem de, nada menos, da pera.

5

Pera x cura da ressaca

Os cientistas australianos já estudam os benefícios dessa fruta para nosso organismos há algum tempo e descobriram que a pera tem funções anti-inflamatórias, ajuda na redução do colesterol e ajuda, até mesmo, a aliviar a constipação. A cura da ressaca por meio da pera foi apenas uma das descobertas, mas uma das mais louváveis, não acha?

2

De acordo com responsável pelos estudos, a pesquisadora Manny Noakes, para que a pera salve você dos efeitos negativos do álcool no dia seguinte, é preciso ingerir 220 mililitros de suco de pera, de preferência pera coreana. Há indícios de que o consumo da fruta in natura também cumpra bem a função.

1

No entanto, a fruta só tem propriedades curativas da ressaca se consumida antes da bebida alcoólica, hein!? Conforme a cientista, além do combate à ressaca, a pera reduz os níveis de álcool no sangue instantaneamente, já que ela atua diretamente nas enzimas que metabolizam o álcool, como a aldeído hidrogenase e a álcool hidrogenase.

Milagres não existem

Mas, claro, uma simples pera não vai ser capaz de anular, completamente, os efeitos de litros e mais litros de álcool consumidos de uma só vez. Conforme Noakes, somente a abstenção completa da bebida alcoólica, ou seja, o ato de não beber, garante que você não vai sofrer com qualquer resquício de ressaca no dia seguinte.

4

Por outro lado, em todos os testes realizados até agora, a fruta consumida antes da bebedeira amenizou bastante a intensidade da ressaca no dia seguinte.

6

Você, já sabia dessa? E, por falar em bebidas alcoólicas, fique sabendo que a ressaca pode ser o menor de seus problemas com relação ao consumo exagerado de álcool. Quer saber por quê? Confira: Bebidas alcoólicas podem causar até 7 tipos de câncer.

Fonte: Revista Galileu, Business Insider