Curiosidades

40 curiosidades incríveis sobre o Natal

As festas de fim de ano são as mais esperadas por todos, então veja 40 curiosidades sobre o Natal já para entrar no espírito natalino.

O Natal é um dos feriados mais celebrados em todo o mundo. Para os cristãos, o dia 25 de dezembro, é a celebração religiosa do nascimento de Jesus Cristo, mas também foi adotado por muitos não-cristãos como a época mais festiva do ano para festejos, presentes, decoração e tempo para a família.

Como qualquer outra celebração de longa duração, o Natal passou por muitas mudanças; ele evoluiu ao longo dos séculos. Aliás, algumas dessas mudanças realmente vieram de crenças pagãs, algumas vieram da igreja, algumas vieram de interesses comerciais e algumas, sem dúvida, surgiram simplesmente porque as pessoas gostaram da ideia.

Também deve ser reconhecido que o Natal continua a evoluir e mudar. Assim, nas últimas décadas, houve um grande aumento nos aspectos comerciais do Natal, juntamente com uma diminuição na importância da herança cristã da época.

Veja neste artigo as principais curiosidades sobre o natal desde a sua origem até os dias atuais.

Continua após a publicidade

Curiosidades sobre a origem do Natal

40 curiosidades incríveis sobre o Natal

1. Em primeiro lugar, a palavra Natal é derivada da frase em inglês antigo Cristes maesse (missa de Cristo).

2. Em suma, as origens do Natal remontam a antigas celebrações pagãs, como Deus Sol Invicto (25 de dezembro), Calendas (de 1 a 5 de janeiro) e a Saturnália (de 17 a 23 de dezembro). Com efeito, a Igreja Cristã desaprovou esses festivais e agregou os feriados declarando o dia 25 de dezembro como o aniversário de Jesus.

3. O visco era considerado sagrado pelos nórdicos, pelos druidas celtas e pelos índios nativos americanos, porque permanece verde e dá frutos durante o inverno, quando outras plantas parecem morrer. Além disso, os druidas achavam que a planta tinha o poder de curar a infertilidade e doenças nervosas, e de afastar o mal.

Continua após a publicidade

4. Muito antes de haver árvores de Natal tradicionais, os pagãos reverenciavam as sempre-vivas como símbolos de vida eterna e renascimento.

5. Por causa de suas associações pagãs, azevinho, hera e outros ramos perenes convencionalmente usados ​​para decoração de casas de férias foram proibidos pelo Conselho Cristão de Braga do século VI.

Primeiras celebrações da data

6. O Papa Júlio I, o bispo de Roma , originalmente proclamou 25 de dezembro como o dia oficial de celebração do aniversário de Jesus em 350 d.C.

Continua após a publicidade

7. A cidade de Riga, na Letônia, é o lar da primeira árvore de Natal decorada da história, em 1510.

8. O festival de inverno de Yule é celebrado pelos povos germânicos desde pelo menos o século IV. O Yule, também chamado de Solstício de Inverno, é a noite mais longa do ano e a época de maior escuridão.

Desse modo, alguns estudiosos acreditam que a palavra yule significa “revolução” ou “roda”, simbolizando o retorno cíclico do sol. O rei Haakon I da Noruega remarcou a data do Yule para coincidir com as celebrações cristãs realizadas na época.

9. De acordo com os antigos contos populares ingleses, o Diabo morreu quando Jesus nasceu. Portanto, algumas cidades desenvolveram uma tradição de véspera de Natal de tocar os sinos da igreja perto da meia-noite para anunciar a morte do Diabo. Na Inglaterra, esse costume era chamado de badalar ou soar “o sino do Diabo”.

Continua após a publicidade

10. A árvore de Natal chegou à América na década de 1830, mas não era popular até 1846, depois que o príncipe Albert da Alemanha a trouxe para a Inglaterra quando se casou com a rainha Vitória. Os dois foram desenhados em frente a uma árvore de Natal e, instantaneamente, se tornou popular.

Curiosidades sobre as tradições de Natal ao redor do mundo

11. Na Estônia, é tradição que toda a família faça uma sauna na véspera de Natal, antes de ir à igreja.

12. Trazendo um novo significado para a tradição de beijar sob o visco, as pessoas costumavam acreditar que essa planta era um afrodisíaco. Ademais, o visco, agora comumente usado como decoração de festas, era considerado pelos druidas como um símbolo de fertilidade e virilidade.

Continua após a publicidade

13. Era uma crença comum em toda a Europa que os espíritos bons e maus estavam ativos durante os “doze dias do Natal”. Aliás, antes de 1900, havia uma tradição de contar histórias assustadoras de fantasmas na véspera de Natal.

14. Como você pode imaginar, as tradições do Natal no Havaí são decididamente um evento tropical. Assim, o jantar tradicional mais popular é um luau comunitário ou familiar, completo com porco assado e outros pratos típicos natalinos.

Tradições de cada país

40 curiosidades incríveis sobre o Natal

15. Os bolivianos celebram a Misa del Gallo ou “Missa do Galo” na véspera de Natal. Além disso, algumas pessoas trazem galos para a missa da meia-noite, um gesto que simboliza a crença de que um galo foi o primeiro animal a anunciar o nascimento de Jesus.

Continua após a publicidade

16. Na Ucrânia, as aranhas são consideradas símbolos de boa sorte no Natal. Assim, as famílias ucranianas costumam adicionar enfeites de teia de aranha em suas árvores como uma referência a uma lenda sobre as criaturas que certa vez usaram seu cordão de seda para decorar a árvore de uma viúva pobre e seus filhos.

17. Os britânicos usam coroas de papel enquanto comem a ceia de Natal.

18. Na Alemanha, a véspera de Natal é considerada um momento mágico em que os puros de coração podem ouvir os animais falando.

19. Nas Ilhas Marshall, as pessoas se preparam para o Natal com meses de antecedência, estocando presentes e se dividindo em times, que realizam competições de música e dança no dia de Natal.

Continua após a publicidade

20. No Brasil, os costumes natalinos são uma mistura das tradições americanas, europeias e hispânicas. As comemorações do país geralmente incluem as decorações com pinheiros de Natal, trocas de presentes e enfeites nas cores verde, vermelho e dourado. Aliás, segundo a tradição católica, o conjunto remete aos presentes dos Reis Magos: ouro (dourado), incenso (vermelho) e mirra (verde).

Fatos sobre os símbolos natalinos

Árvores de Natal

40 curiosidades incríveis sobre o Natal

21. As primeiras árvores de Natal foram decoradas na época romana, com velas sendo usadas posteriormente para iluminar a árvore. Luzes elétricas na árvore foram introduzidas em 1895.

22. Outra das curiosidades sobre o Natal é que a Alemanha fez as primeiras árvores de Natal artificiais com penas de ganso tingidas.

Continua após a publicidade

23. Existem mais de 630 tipos diferentes de árvores de Natal para você escolher. Ademais, existem cerca de 36 milhões de árvores de Natal produzidas a cada ano, com uma árvore levando de 7 a 10 anos para amadurecer completamente.

Papai Noel

=

24. Papai Noel tem vários nomes diferentes dependendo do país que você visita. Na França, o Papai Noel é Papa Noël, na Grécia ele tem nome de Ayios Vassileios e na Turquia eles chamam de Noel Baba. O número total de nomes do Papai Noel em todo o mundo é superior a 30.

25. Em todo o mundo, as crianças colocam suas meias prontas para a visita do Pai Natal, mas na Holanda eles colocam os sapatos.

Continua após a publicidade

26. Há uma versão de que São Nicolau deu origem ao Papai Noel atual. Ele era um homem rico quando seus pais morreram, então usou o dinheiro para fazer gestos gentis para os outros, ajudando os pobres e dando presentes secretos para aqueles que precisam. Incluindo sacos de ouro descendo pela chaminé, com São Nicolau ajudando outros necessitados.

27. Nem todas as figuras associadas ao Papai Noel ao longo dos anos foram alegres. Krampus é um personagem em que algumas culturas europeias acreditam. Desse modo, segundo a lenda, Krampus é supostamente filho do deus nórdico do submundo; e enquanto o caridoso São Nicolau ou Papai Noel dá presentes para as crianças boazinhas, Krampus está lá para punir os travessos, que segundo os contos populares são espancados, sequestrados ou até comidos.

Cartões, biscoitos e flores

40 curiosidades incríveis sobre o Natal

28. O menor cartão de Natal do mundo foi feito por cientistas da Universidade de Glasgow, e é invisível ao olho humano, é tão pequeno que pode caber em um cartão de Natal de tamanho normal cerca de meio milhão de vezes.

Continua após a publicidade

29. Os biscoitos de Natal existem desde 1846 em Londres, quando Tom Smith se inspirou numa receita francesa, o ‘bon bon’, que são amêndoas envoltas de chocolate. Ele então tentou fazer isso na Inglaterra e incluiu doces e um pequeno lema ou citação. No entanto, essa ideia não decolou, até que ele teve a ideia de desmontar essas bolachas e fazer com que doces e brinquedos saíssem.

30. Poinsétias são um símbolo do Natal há mais de um século. Em suma, estas lindas plantas com flores vermelhas e verdes estão associadas ao Natal há mais de 100 anos. Em 1828, o ministro americano no México, Joel R. Poinsett , trouxe para a América uma poinsétia de seu posto no sul.

Obtendo o nome de Poinsett, as plantas ganharam popularidade nos EUA depois que as lojas em Nova York começaram a vendê-las no Natal de 1870 e no século XX, “elas se tornaram um símbolo universal do feriado.

Curiosidades sobre o Natal como uma data comercial

Continua após a publicidade

31. Ao contrário da crença popular, não foi a Coca-Cola quem primeiro usou o Papai Noel de casaca vermelha para publicidade. Antes da Coca-Cola, a White Rock Beverages vendia sua água mineral usando um Papai Noel vermelho e branco em 1915.

32. Outra das curiosidades sobre o Natal, é que os rituais natalinos em países da África Oriental, como Quênia e Uganda, são muito mais religiosos e menos comerciais do que nosso feriado ocidental.

33. Os marqueteiros de Nova York viram na personificação do Natal uma oportunidade de vender produtos e começaram a associar essa imagem inicial do Papai Noel a seus anúncios na década de 1840.

34. A imagem moderna do Papai Noel, porém, veio das campanhas publicitárias da Coca-Cola da década de 1930.

Continua após a publicidade

35. O viés comercial do Natal surgiu da ideia era criar uma temporada de férias que todas as pessoas cristãos e não cristãos, pudessem experimentar. Ao compartilhar a alegria, eles também gastariam mais dinheiro.

Natal na publicidade

40 curiosidades incríveis sobre o Natal

36. O Papai Noel não foi o único personagem de Natal popular feito pelos profissionais de marketing. Ademais, seu ajudante de renas mais famoso também foi. Aliás, Rudolph, a rena do nariz vermelho, era inicialmente um personagem de uma peça de marketing de conteúdo pela loja de departamentos Montgomery Ward.

37. “All I Want for Christmas Is You”, de Mariah Carey, detém o título do Guinness World Records como a canção de Natal com maior sucesso. No videoclipe, Santa é interpretado pelo então marido de Mariah, Tommy Mottola.

Continua após a publicidade

38. O Grinch é o filme de Natal de maior bilheteria de todos os tempos, com participação de Jim Carrey.

39. No Japão, as festividades modernas geralmente envolvem comer um KFC no dia de Natal, com mais de 3,6 milhões de famílias japonesas comendo o frango de fast-food.

40. Por fim, o Natal é a maior data do varejo brasileiro e movimenta mais de R$ 25 bilhões no comércio varejista atualmente.

Então, agora que você conhece as principais curiosidades sobre o Natal, leia também: Por que 536 foi o pior ano da história?

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você