História

Por que 536 foi o pior ano da história?

Um coquetel mortal de escuridão, fome e doença lançou uma grande parte do mundo ao desespero durante o pior ano da história; saiba mais aqui!

Desde a antiguidade os fenômenos naturais assolam a terra um após o outro. Uma série de desastres como raios, furacões, inundações e erupções vulcânicas sinalizaram a insignificância dos seres humanos. Mas, qual foi o pior ano da história da humanidade?

Em suma, países diferentes podem ter respostas diferentes. Guerras, pragas e grandes desastres naturais costumam fazer com que todo o país ou mesmo vários países se envolvam em grandes problemas e causem um grande número de mortes.

Por exemplo, a peste negra na Europa no século XIV exterminaram metade da população europeia, e a gripe espanhola em 1918 causou de 50 a 100 milhões de mortes na Europa.

Posteriormente, na Segunda Guerra Mundial, dezenas de milhões de pessoas perderam suas vidas. Até mesmo, 2020 mais recentemente, foi considerado um ano ruim por causa da pandemia de Covid-19.

Mas em toda a história da humanidade, qual foi o pior ano já registrado? A resposta é: o ano 536. d.C. e neste artigo, você irá descobrir porquê!

Por que 536 foi o pior ano da história?

Continua após a publicidade

Os pesquisadores afirmam que o ano 536 d.C. foi terrível provavelmente por causa de uma erupção vulcânica cataclísmica na Islândia que deu início a um século de miséria econômica, doenças, morte e sofrimento.

Por causa da forte neblina, muitas partes do mundo ficaram envoltas na escuridão por aproximadamente dezoito meses. Aliás, dizem que o sol exibia uma cor azulada durante este tempo. Os cientistas agora acreditam que essa névoa pode ter sido cinza vulcânica da erupção mencionada acima.

Essa erupção, além de deixar o céu escuro de dia e de noite, fez com que as temperaturas caíssem para os níveis mais baixos em dois milênios. As quedas da temperatura global foram tão significativas que muitas vezes são mencionadas na Pequena Idade do Gelo Antiga.

Além disso, as erupções subsequentes em 540 e 547 d.C. exacerbaram os efeitos, fazendo com que a onda de frio perdurasse várias décadas.

Como a erupção ocasionou um largo período de fome e miséria?

Por que 536 foi o pior ano da história?

As temperaturas mais baixas e a ausência de sol fizeram com que as colheitas perdessem o controle, levando à fome em toda a Europa, Oriente Médio e partes da Ásia.

Continua após a publicidade

Isso foi agravado por outro problema que causou mortalidade descomunal: a primeira peste bubônica, que eclodiu em 541 d.C. Entre um terço e metade do Império Romano do Oriente foi extinto pela doença, desestabilizando o reinado de Justiniano e causando sofrimento incalculável.

Assim, a escassez de safras estendeu-se da Irlanda, através da Europa Continental, através da Ásia até a China, logo após a erupção vulcânica em 536.

Um historiador bizantino, Procópio de Cesareia, observou que “o sol emitiu sua luz sem brilho, como a lua, durante todo o ano”, ademais, historiadores irlandeses notaram a “falta do pão entre os anos 536-539”.

Como a peste contribuiu para 536 ser o pior ano da história?

Por que 536 foi o pior ano da história?

Começando em 536, a chamada Peste de Justiniano varreu grande parte do Império Romano oriental, matando 35 a 55% da população e mergulhando a Europa na estagnação econômica.

Ao examinar os depósitos de chumbo usados ​​para fazer moedas de prata, o estudo deduziu que as consequências econômicas se estenderiam por cem anos. O século seguinte também viu a ascensão do Islã e o declínio do Império Bizantino.

Continua após a publicidade

Segundo o relato de Procópio ninguém estava imune, pois “primeiro atacou a classe pobre da população, depois os mercadores e a nobreza, incluindo o Palácio Imperial”. Os sintomas “começaram com uma ferida que se formou na palma da mão e progrediu até que o doente não conseguia dar um passo.”

A presença da praga em Constantinopla significava que a cidade começou a ficar inabitável e os doentes foram lançados ao mar, mas os corpos continuaram a ressurgir.

Com efeito, o imperador Justiniano ordenou que eles fossem retirados da cidade, mas muitas vezes os próprios carregadores eram mortos pela peste.

O que estava acontecendo em outras partes do mundo?

Na China e na Mesopotâmia, a neve caiu no verão de 536 d.C. Além disso, o clima chinês também experimentou algumas mudanças estranhas quando uma substância semelhante a uma cinza amarela caiu do céu.

Eles chamaram esse fenômeno climático estranho e raro de cinza ou poeira e disseram que era amarelo. No entanto, este era apenas o começo da mudança climática na China. Os Registros das Dinastias do Sul registram que Xia Shuang e a neve de agosto destruíram plantações em Qingzhou e outras províncias.

Continua após a publicidade

Como resultado, a fome durou dois anos, causando a morte de cerca de 70% a 80% da população. No verão de 536 d.C, houve registros adicionais de geada e neve na Mesopotâmia, que foi um inverno rigoroso. Os pássaros também morreram por causa da neve forte.

Como os cientistas confirmam que um vulcão foi responsável pelo pior ano da história?

Por que 536 foi o pior ano da história?

Inicialmente, essas observações não ganharam muito crédito pelos historiadores modernos. Todavia, quando os pesquisadores começaram a estudar os anéis das árvores na Irlanda, eles descobriram que os verões por volta do ano 540 d.C. eram de fato excepcionalmente frios.

Em suma, quando um vulcão entra em erupção, ele lança na atmosfera substâncias como enxofre, bismuto e outros produtos químicos. Uma vez lá, essas substâncias formam um véu de aerossol, que reflete a luz do sol de volta ao espaço, resfriando o planeta.

Ao examinar amostras que datam da primavera de 536, os pesquisadores descobriram dois fragmentos microscópicos de vidro vulcânico que mais tarde foram encontrados na Islândia.

Portanto, eles acreditam que esses fragmentos são evidências de que uma erupção vulcânica maciça realmente ocorreu em 536, causando uma gigantesca tempestade de cinzas no hemisfério norte e engolfando os céus por mais de um ano.

Continua após a publicidade

Da mesma forma, parece que o “pior ano da história” não afetou severamente a África, as Américas ou a Austrália. No entanto, mesmo com essas advertências em mente, 536 d.C. certamente marca um ano divisor de águas que levou ao sofrimento em cascata por várias décadas.

Agora que você sabe qual o pior ano da história, leia também: Doenças antigas – Quais as mais contagiosas e mortais da história

Próxima página »

Escolhidas para você