Ciência & Tecnologia

Entenda a diferença entre dark web e deep web

A deep web não é a internet que você ou eu usamos todos os dias, muito menos a dark web; entenda as principais diferenças entre elas.

Se você é um usuário assíduo da internet, certamente já viu por aí alguma coisa sobre Dark Web, Deep Web e Surface Web.

Em suma, os termos “deep web” e “dark web” (às vezes chamados de darknet) são frequentemente usados ​​como sinônimos, no entanto, eles são muito diferentes.

A dark web forma uma pequena parte da deep web, como é costumeiramente visto na metáfora do iceberg (veja a imagem abaixo). Como a deep web, ela contém páginas da web não pesquisáveis, mas foi feito intencionalmente para criar o anonimato do usuário e requer ferramentas especiais para acesso.

Desse modo, o anonimato do usuário permite que atividades ilegais floresçam, e é assim que a dark web obtém sua má reputação. Continue lendo e saiba mais a seguir.

Quais as camadas da internet?

A internet é basicamente composta por 3 camadas com base na acessibilidade das informações, são elas:

Continua após a publicidade

Clear Web ou Surface Web

É a região da internet que a maioria de nós utiliza diariamente, trata-se de páginas da Web acessíveis ao público que são amplamente indexadas em mecanismos de pesquisa. Todavia, tudo o que podemos encontrar nos motores de busca representa apenas 4 a 10% da web.

Deep Web

A Deep Web é a região da internet onde a maioria das informações estão ocultas do público, mas não se destinam a atividades maliciosas. Seu e-mail, por exemplo, é Deep Web (não é indexado por mecanismos de busca, mas totalmente acessível).

Aliás, alguns softwares de Marketing por exemplo, são feitos na deep web pois eles requerem autenticação para acessar os dados dentro da web. Portanto, 96% da internet é a Deep Web.

Dark Web

Por último temos a Dark Web. Dentro da Deep Web, existem regiões da Internet que são intencionalmente anônimas ou secretas. Desse modo, essa camada da internet é uma área onde o anonimato é fundamental, por isso a atividade criminosa é mais prevalente.

Nela encontram-se facilmente dados violados, atividades criminosas ilícitas e mídia ilegal, entre outros conteúdos censurados.

Quem criou a dark web?

Entenda a diferença entre dark web e deep web

Continua após a publicidade

A infraestrutura da dark web se desenvolveu junto com a internet que todos conhecemos. Na década de 1990, os serviços de segurança dos Estados Unidos perceberam a necessidade de algum tipo de sistema que ocultasse e, portanto, protegesse as comunicações de seu pessoal online.

Dessa pesquisa surgiu o Tor e algumas das outras redes que permitem que os usuários acessem a internet anonimamente. Tor é a abreviação de The Onion Router.

Ademais, aqueles que desenvolveram o Tor o fizeram por acreditarem que os usuários deveriam ter acesso privado a uma versão sem censura da internet. Mas, dessa visão inicialmente promissora e desbravadora da internet surgiram sites obscuros.

Como acessar a dark web?

Conforme você viu acima, a dark web é uma região de sites que não podemos encontrar nos motores de busca ou acessá-los por meio de navegadores tradicionais. Isso se dá porque sua localização e identidade se tornam ocultas com o uso de ferramentas de criptografia como o Tor.

Como existem várias ferramentas de criptografia, os visitantes do site precisam usar a mesma ferramenta de criptografia do site e, o mais importante, saber onde encontrar o site, para digitar a URL e acessá-la. Portanto, o Tor é um dos principais pontos de acesso para a dark web.

Continua após a publicidade

Como funciona o Tor?

Quando um usuário tenta acessar um site usando o Tor, o Tor rejeita a solicitação de acesso ao site para vários computadores em todo o mundo que são mantidos por voluntários.

Conforme a solicitação passa pelos computadores, a solicitação de acesso ao site é criptografada e descriptografada, o que significa que, no momento em que a solicitação é processada e um usuário acessa o site, ninguém pode dizer de onde veio a solicitação.

Esse método de salto garante que o endereço IP do usuário, que mostra sua localização geográfica, permaneça anônimo. Mas, nem sempre o acesso a dark web é por motivos ilegais, ou seja, o Tor tem usos benevolentes.

Pessoas que vivem sob regimes opressores que controlam o acesso à internet podem usar o Tor para acessar sites bloqueados básicos ou pedir ajuda. Isso pode ser especialmente útil para jornalistas que tentam divulgar histórias importantes para o mundo externo.

Entretanto, o inverso também ocorre. Embora o Tor tenha sido feito com boas intenções, não demorou muito para que as pessoas encontrassem uma maneira de usá-lo para propósitos ilícitos.

Continua após a publicidade

Como o Tor oculta a localização do usuário, ele dificulta o rastreamento do usuário, especialmente se ele estiver, por exemplo, realizando atividades ilegais como o tráfico de drogas. Assim, pessoas que criam sites ilegais na dark web usam o Tor para ocultar a localização de suas operações e de seus clientes.

O que tem no lado escuro da internet?

Entenda a diferença entre dark web e deep web

Embora a dark web possa ser útil para pessoas sem más intenções, segundo algumas estimativas, mais de 50% dos sites da dark web são lares de atividades criminosas.

Um dos usos mais comuns dela é comprar e vender produtos ilegais, como drogas recreativas, armas, identidades falsas e até órgãos humanos.

Além disso, a proliferação de criptomoedas, que são formas anônimas de moeda digital, facilitou essas vendas. Uma criptomoeda em particular chamada Bitcoin é especialmente prevalente na dark web.

Para a pessoa comum que não usa a dark web, seu uso mais perigoso é a venda de suas informações pessoais. Os hackers roubam informações de empresas ou de seus dispositivos pessoais, que variam de senhas de contas a números de cartões de crédito.

Continua após a publicidade

As informações de um indivíduo geralmente podem ser vendidas na dark web por um preço relativamente baixo. Quanto mais informações podem ser roubadas, porém, maior o preço que os criminosos podem pedir.

Como os hackers atuam na dark web?

Os hackers ganham dinheiro em grandes quantidades, razão pela qual as grandes empresas são frequentemente alvos de suas operações. No entanto, as empresas enfrentam 4.000 violações cibernéticas todos os dias e a maioria é contra empresas menores.

Uma vez que os hackers tenham suas credenciais, eles podem usá-las para vários fins. Se os hackers obtiverem as senhas de sua conta, eles podem acessar suas informações financeiras e roubar sua identidade. Além disso, eles podem comprometer outras contas que usam as mesmas senhas, aumentando assim o dano.

Embora o valor do resgate dependa do valor das informações e do que eles acreditam que você poderá pagar, você não quer ficar em uma situação em que ficará tentando descobrir como pagar uma grande quantia por meio da criptomoeda para um estranho na dark web.

Finalmente, se um hacker acessa informações embaraçosas, como prova de um caso extraconjugal ou uma foto íntima, ele pode expor essas informações simplesmente para serem cruéis.

Continua após a publicidade

Como acessar a internet de forma segura?

Entenda a diferença entre dark web e deep web

A dark web, como a internet normal, é um sistema extremamente complexo interconectado com inúmeros servidores em todo o mundo. Então, o máximo que os órgãos de segurança podem fazer é mirar em sites e nomes individuais envolvidos em atividades criminosas.

Contudo, este é um esforço caro e demorado, por causa da dificuldade em rastrear aqueles que estão por trás dos crimes e, na maioria das vezes, assim que um site é descoberto, outro geralmente surge em seu lugar.

Mas, apesar disso, você pode acessar a internet de forma segura por meio das seguintes dicas:

  • Mantenha todo o seu software atualizado, não apenas o seu antivírus.
  • Use muitas senhas fortes, ou seja, não tenha uma única senha para tudo
  • Use uma VPN – redes sem fio públicas e domésticas podem não ser tão seguras quanto você pensa. Então, use o software VPN para estabelecer comunicações de rede seguras.
  • Verifique todas as suas configurações de privacidade em suas contas de mídia social e garanta que estejam seguras.
  • Habilite o login de dois ou vários fatores em todos os lugares que puder.

Então, gostou de saber desse lado sombrio da internet? Pois, leia também: Como entrar na Deep Web e o que é possível encontrar nela

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você