Curiosidades

Qual o significado da expressão “de mãos abanando”?

A expressão “de mãos abanando” surgiu no contexto do crescimento da cafeicultura no Brasil e, desde então, ganhou novos significados.

Por P.H Mota

A expressão de mãos abanando é comum em vários contextos de comunicação no Brasil. Com origem centenária, ela surgiu no contexto de desenvolvimento do Ciclo do Café no país, a partir do início do século XIX.

Desde então, passou por algumas mudanças de significando, acumulando sentidos que podem ser aplicados em diferentes situações. Apesar disso, na maioria deles o resultado final está diretamente ligado às mãos vazias.

Dessa maneira, é possível dizer que, mesmo tendo sentidos figurados, a expressão carrega quase um significado literal em sua construção.

De mãos abanando

De mãos abanando: origem e significado da expressão

Atualmente, a expressão popular significa não conseguir algo que se pretendia ou se frustrar diante de algum objetivo. Quando alguém participa de uma competição, por exemplo, sair sem vitórias é estar “de mãos abanando”, representando a falta de medalha ou troféu nas mãos.

Por outro lado, a frase também pode indicar outros contextos literais de mãos vazias. Quando alguém chega numa festa sem levar presentes, ou sem trazer contribuições num evento em que isso era de responsabilidade de todos, pode-se dizer que o fulano chegou de mãos abananando.

Continua após a publicidade

Em ambos os casos, o sentido de mãos abanando está diretamente ligado à origem da expressão, no início do século XIX.

Origem da expressão

De mãos abanando: origem e significado da expressão

O nascimento da expressão coincide com o início do Ciclo do Café no Brasil, a partir de 1800. Na época, a cafeicultura passou a ser a principal atividade econômica do Brasil, o que provou uma forte onda de imigração.

Os imigrantes recém-chegados, no entanto, tinham que trazer suas próprias ferramentas para cultivo de terra nas viagens. Sendo assim, alguém que não vinha com nada em mãos, ou de mãos abanando, podia passar a mensagem de falta de interesse em trabalho ou preguiça. Por outro lado, um imigrante que vinha com ferramentas em mãos já conseguia dar indícios de seu interesse e até mesmo suas habilidades e profissões prévias.

Somente com o passar do tempo a expressão sofreu transformações e passou a indicar o sentido que tem hoje, de não conquistar objetivos. Apesar disso, o novo significado também está ligado ao contexto social, já que quem chegava de mãos abanando, não conquistava o objetivo de um novo emprego por aqui.

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você