Curiosidades

Desmaio, como acontece? Causas e o que fazer para ajudar

A síncope, comumente conhecida como desmaio, acontece por causa de uma redução do fluxo sanguíneo para o cérebro e as causas são diversas.

Você já viu alguém desmaiar? O desmaio nada mais é do que uma síncope, ou seja, a perda súbita do tônus postural e da consciência, contudo a recuperação é  espontânea.

A propósito, o desmaio nada mais é que um reflexo do nosso organismo. Aliás, em alguns casos ele também pode ser um sintoma de alguma doença.

Em geral uma pessoa desmaia por causa da redução do fluxo de sanguíneo que vai para o cérebro. Normalmente, antes de desmaiar é possível sentir enjôo, mal estar, sensação de calor e alterações na visão.

Entretanto, o desmaio também pode acontecer de repente, sem nenhum aviso prévio. Profissionalmente, o termo usado para esse acontecimento é síncope.

O que causa o desmaio

Desmaio, como acontece? Causas e o que que fazer para ajudar
Fonte: Cardiologistaemjuizdefora

A síncope pode vir a acontecer por causas malígnas ou benignas. Nesse segundo caso a síncope pode acontecer devido a reflexos do organismo humano. Como por exemplo, uma hipotensão postural. Ou seja, quando a pressão arterial cai bruscamente porque a pessoa passou muito tempo em pé em locais abafados e quentes.

As malignas podem ser, por exemplo, uma arritmia fatal. Enfim, entre os diversos fatores que fazem uma pessoa desmaiar estão:

Continua após a publicidade
  • Problemas cardíacos. Como por exemplo: infarto, arritmias e outros problemas congênitos;
  • Graves crises de ansiedade, pânico ou depressão;
  • Medicamentos;
  • Baixa de açúcar no sangue e outros distúrbios do metabolismo;
  • Dores de cabeça;
  • Fortes emoções;
  • Exposição intensa ao sol;
  • Muito tempo sem comer;
  • Hipersensibilidade do seio cartídeo. Ou seja, uma condição rara que estimula uma resposta dentro do organismo fazendo com que os batimentos cardíacos e a pressão caíam do nada, causando o desmaio. Por exemplo: usar colarinhos apartados.

Síncope vasovagal

Síncope
Fonte: Vix

A síncope vasovagal está entre os motivos mais comuns que causam os desmaios. Assim como a hipotensão postural, ela ocorre quando uma pessoa fica muito tempo em pé. Entretanto, isso acaba causando uma falta de irrigação do sangue para o cérebro e o restante do corpo, porque ele acaba acumulando seu fluxo nas pernas.

Dessa forma, o cérebro envia para o coração sinais pedindo mais sangue para o cérebro. Em seguida, o coração aumenta o seu fluxo de trabalho tentando compensar o sangue que acabou se acumulando nas pernas. Enfim, para contornar o problema, o cérebro dilata vasos sanguíneos, fazendo com que a pressão caia. Resultado: desmaio.

Como ajudar alguém desmaiado

Síncope
Fonte: Hospitalsantalucia

Primeiramente é necessário verificar os batimentos cardíacos e a respiração da pessoa para ver se está tudo bem. Coloque-a vira de barriga para cima, as costas no chão e o rosto virado de lado auxiliando na respiração. Em seguida, coloque as pernas do indivíduo para cima. Isso ajuda a fazer a pressão voltar ao normal.

Por fim, quando a pessoa recobrar a consciência, que deve voltar em torno de 1 minuto, é necessário levá-lo ao médico. Aliás, abrir colares, cintos e outros itens que possam estar apertando também ajuda. Também verifique se a pessoa se machucou ao cair.

Ao investigar a causa do desmaio, o indivíduo receberá tratamento adequado. Além disso, é importante a visita ao médico para que, se o que causou a síncope for um motivo malígno, todo o cuidado comece o mais rápido possível. Aliás, em alguns casos pode ser necessário até a internação.

Evite fazer

  • Não tente levantar a pessoa desmaiada
  • Jogar água fria no rsto não vai ajudar
  • Não tente sacudir a vítima para que ela acorde
  • Técnicas com álcool ou outros itens que o cheiro ajuda a despertar só funcionam em filmes

Como se prevenir de um desmaio

Fonte: Boaforma

Caso você comece a sentir alguma fraqueza, tente se sentar e, se possível, deitar em algum lugar. Aliás, quando estiver sentado, coloque a cabeça entre os joelhos. Da mesma forma, se você se deitar, coloque as pernas para cima. Por fim, tente não se levantar rápido demais.

Continua após a publicidade

Algumas outras dicas que ajudam a evitar a síncope são:

  • Evitar ficar muito tempo sem comer
  • Não se expor ao calor por muito tempo
  • Evitar locais abafados e cheios
  • Manter-se sempre bem hidratado
  • Levantar devagar
  • Evitar situações que acabaram se tornando um gatilho para o desmaio, como por exemplo: praticar exercícios físicos ou tirar sangue.

Então, gostou da matéria? Em seguida leia: Manobra de Heimlich – Como fazer em situações de asfixia

Imagens: Doutornamedida, Cardiologistaemjuizdefora, Vix, Hospitalsantalucia e Boaforma

Fontes: Medtronic, Medicar, Sbmfc e Minhavida

Próxima página »

Escolhidas para você