Curiosidades

Dor de barriga de nervoso – Causa e como evitar o problema

A dor de barriga de nervoso acontece quando uma pessoa se vê diante de uma situação estressante. Isso provoca um desarranjo intestinal.

Provavelmente, em algum momento de forte ansiedade ou estresse, você já deve ter tido alguns sintomas desagradáveis como, diarreia ou prisão de ventre. Isso acontece porque o intestino possui seu próprio sistema nervoso, que está ligado ao cérebro. Consequentemente, o momento de nervosismo pode causar um desarranjo intestinal, também conhecido como dor de barriga de nervoso.

Se você já passou por isso, não se preocupe: é normal. Pois a dor de barriga de nervoso acontece quando os receptores nervosos, presentes no intestino, que estão conectados ao cérebro, reagem a uma forte emoção ou situação estressante.

No entanto, há alguns alimentos que podem ajudar na piora do quadro de desarranjo intestinal como, cafeína, açúcar ou comida gordurosa. Inclusive, em algumas pessoas, praticar atividade física também pode causar a dor de barriga, podendo acontecer durante ou depois do treino.

O que é dor de barriga de nervoso

Imagem: Olímpia

Quando uma pessoa fica nervosa, o cérebro passa por vários processos que são passados para o estômago, que acaba afetando o processo digestivo. Acontece que, o estômago é um órgão bastante sensível, por isso sofre muito com os efeitos do estresse e da ansiedade.

Continua após a publicidade

Por isso, é normal quando uma pessoa que sofre com problemas de ansiedade, acontecer de ter episódios de dor de barriga de nervoso.

Basicamente, a dor de barriga de nervoso é um sintoma resultante de uma situação de grande estresse. E que acontece devido à diminuição do fluxo sanguíneo nos órgãos vitais do corpo, por exemplo, o intestino.

Continua após a publicidade

Pois, durante o estresse, os movimentos do estômago e do intestino delgado diminuem, consequentemente, o processo de digestão também diminui.

No entanto, os movimentos do intestino grosso ou cólon, aumentam o que faz com que o desarranjo intestinal aconteça.

Continua após a publicidade

Entretanto, a reação varia de pessoa para pessoa, ou seja, depende do grau de sensibilidade de cada um, podendo resultar em intestino preso ou solto. Causando desconforto e dor no abdome superior.

O termo médico para dor de barriga de nervoso é dispepsia, e de acordo com estudos realizados, descobriram que cerca de um quarto das pessoas têm dispepsia.

Causa

Imagem: Hipolabor

O cérebro, mais precisamente, o sistema nervoso central está conectado ao sistema digestivo, onde há uma troca de informações, que influência o funcionamento um do outro.

Com isso, ambos estão suscetíveis a estímulos externos, por exemplo, pensamentos, sensações, ansiedade ou estresse, que podem afetar o funcionamento gastrointestinal. Além de alterar a produção hormonal, a produção de secreções, o sistema imunológico e o estado inflamatório dos órgãos do corpo.

Continua após a publicidade

O sistema digestório é composto por 100 milhões de neurônios, que formam o sistema nervoso entérico, que através do nervo vago, se comunica com o cérebro. Sendo que, sua função é controlar o funcionamento do sistema digestivo.

Por isso, quando uma pessoa se sente estressada, o hipotálamo (parte do cérebro responsável por regular as emoções) produz a corticotrofina ou CRH. Que é um hormônio liberador que ativa o sistema simpático.

Quando o CRH é produzido, estimula a liberação do hormônio adrenocorticotrófico ou ACTH e do cortisol, que juntos, retardam os movimentos da digestão (estômago e intestino delgado).

Porém, no intestino grosso, acontece justamente o contrário, os movimentos aumentam, os receptores das paredes do cólon são estimulados a produzir fluídos.

Continua após a publicidade

Como resultado, há um aumento nos movimentos do cólon, que em situações estressantes, estimula os neurônios da parede do reto. Isso faz com que o aumento da atividade retal seja desencadeado, ou seja, a defecação, causando a dor de barriga de nervoso.

Como evitar a dor de barriga de nervoso

Imagem: A mente é maravilhosa

Se os sintomas da dor de barriga de nervoso, se tornarem mais graves e crônicos, é importante consultar um gastroenterologista. Pois, é ele que irá considerar quais tratamentos serão necessários para ajudar a aliviar os sintomas.

No entanto, é primordial tratar a causa do desarranjo intestinal, ou seja, a ansiedade. Afinal, são as emoções e pensamentos negativos que fazem com que desencadeie o desarranjo intestinal.

Nesse caso, a pessoa que sofre desse problema deve procurar a ajuda de um psicólogo, para fazer terapia, ou um psiquiatra caso haja a necessidade de medicamentos.

Continua após a publicidade

Porém, há outras formas de tratar a ansiedade como, praticar ioga, fazer exercícios físicos, tratamentos com acumpunturistas, etc.

Para ajudar evitar a dor de barriga de nervoso, o acompanhamento de um nutricionista pode ser indicado, para que os hábitos alimentares possam ser corrigidos.

Afinal, um hábito alimentar mais saudável pode ajudar a aliviar os sintomas e até evitar novos episódios de dor de barriga de nervoso.

Se gostou dessa matéria, veja também: Remédios naturais para ansiedade que você pode usar sem prescrição.

Continua após a publicidade

Fontes: UOL, Minha Vida, Inner Self

Imagens: Viva a longevidade, Olímpia, Hipolabor, A mente é maravilhosa

Próxima página »

Escolhidas para você