15 fenômenos do espaço que vão te deixar de queixo caído

Os fenômenos do espaço podem até estar a anos luz da nossa visão, porém, às vezes, conseguimos presenciar ou captar toda sua beleza

15 fenômenos do espaço que vão te deixar de queixo caído

A Terra é bela, mas há fenômenos no espaço que são espetaculares.

O espaço sempre fascinou a humanidade com sua vastidão, complexidade e beleza. Desde a antiguidade, o céu noturno tem sido objeto de admiração e contemplação, e ao longo dos séculos, as descobertas da ciência e da tecnologia possibilitaram explorar e compreender melhor os fenômenos do espaço.

A beleza desses fenômenos é realmente impressionante e pode inspirar um senso de maravilha e admiração em qualquer pessoa que os observe. Então, veja dez exemplos de fenômenos do espaço que podem ser vistos da Terra, a olho nu, com telescópios ou através de satélites no espaço:

15 fenômenos do espaço impressionantes

1. Aurora Boreal

Aurora Boreal

Continua após a publicidade

Um fenômeno luminoso que ocorre quando partículas carregadas do sol colidem com átomos e moléculas na atmosfera da Terra, criando, assim, uma exibição espetacular de luzes coloridas. O fenômeno pode ser visto em todo seu esplendor mais próximo das regiões polares da Terra, sobretudo no hemisfério norte, quando se formam cortinas cambiantes de luzes que ofuscam os céus.

2. Eclipse lunar

Fenômenos do espaço: Eclipse Lunar

Continua após a publicidade

Quando a Terra se alinha entre o Sol e a Lua, criando uma sombra que faz com que a Lua pareça desaparecer gradualmente, criando um dos fenômenos do espaço mais incríveis. Desse modo, é fácil encontrar um calendário com as datas dos eclipses, conforme a região do planeta que você habita.

3. Eclipse solar

Eclipse Solar

Continua após a publicidade

Quando a Lua passa entre a Terra e o Sol, criando uma sombra que cobre parcialmente ou totalmente a superfície da Terra, criando um efeito visual impressionante. Muitas vezes, quando ele acontece, é preciso usar proteção para os olhos, no entanto o fenômeno é raro.

4. Estrelas cadentes

15 fenômenos do espaço que vão te deixar de queixo caído

Quando pequenos fragmentos de detritos espaciais entram na atmosfera da Terra, criando uma faixa brilhante de luz que atravessa o céu. Normalmente, as estrelas cadentes se consomem pelo atrito com a atmosfera, não chegando a cair na superfície. Mesmo assim, é um dos fenômenos do espaço que mais surpreendem.

5. Nebulosas espaciais

Fenômenos do espaço: Nebulosas

Continua após a publicidade

Grandes nuvens de poeira e gás no espaço que brilham com luz própria ou refletem a luz de estrelas próximas, criando belas formas e cores. Melhor vistas com o uso de bons binóculos, lunetas ou telescópios astronômicos, são um dos mais belos fenômenos do espaço devido aos seus formatos inusitados e luminosidade.

6. Via Láctea

Via Lactea

A nossa galáxia, vista como uma faixa brilhante e espiral no céu noturno, repleta de estrelas e outros objetos celestes. Nosso sistema solar se localiza num dos dois grandes braços galácticos que compõem a estrutura com bilhões de estrelas da Via Láctea.

7. Cometas

Fenômenos do espaço: Cometas

Continua após a publicidade

Corpos celestes compostos de gelo, poeira e rochas que viajam pelo espaço, criando caudas luminosas quando se aproximam do Sol. Formam, assim, um dos mais belos e raros espetáculos que podem ser vistos à olho nu da Terra. Suas aparições foram cercadas de mitos e superstições no passado, mas hoje são um grande evento científico.

8. Buracos negros

Buracos Negros

Regiões do espaço onde a gravidade é tão intensa que nada, nem mesmo a luz, pode escapar, criando um efeito visual impressionante. Na verdade, como os buracos negros não emitem luz, só podem ser “vistos” por meios indiretos. Sua existência foi prevista pela Teoria da Relatividade de Einstein, e mais tarde comprovada por experimentos.

9. Planetas visíveis a olho nu

Fenômenos do espaço: Planetas visíveis a olho nu

Continua após a publicidade

Vênus, Marte, Júpiter e Saturno são os planetas mais brilhantes vistos da Terra e podem ser observados a olho nu, apresentando diferentes cores e tamanhos. São os corpos celestes (que não são estrelas) conhecidos por todos os povos e que receberam o nome de deuses romanos. Refletem a luz de nosso sol.

10. Meteoros

Meteoros

Partículas de poeira e detritos espaciais que entram na atmosfera da Terra e se queimam em altas temperaturas, criando um rastro de luz no céu. Quando grandes o suficiente, podem cair na Terra e, dependendo de sua massa, causar crateras, sendo chamados meteoritos. Um meteoro de proporções quilométricas , que se chocou com a superfície da Terra há cerca de 65 milhões de anos, causou a extinção dos dinossauros. Há programas espaciais da Nasa que buscam prevenir a aproximação do planeta de tais rochas perigosas; estas, no entanto, são raras.

11. Galáxias distantes

Fenômenos do espaço: Galáxias distantes

Continua após a publicidade

O Hubble é capaz de capturar imagens incríveis de galáxias distantes, algumas das quais estão a bilhões de anos-luz de distância da Terra. Essas imagens nos permitem ver a diversidade e a complexidade do universo em grande escala.

12. Aglomerados de estrelas

Aglomerados de estrelas

O telescópio espacial também pode capturar imagens impressionantes de aglomerados de estrelas, como o grupo da Borboleta, que contém estrelas muito jovens e em processo de formação. Em milhões de anos, portanto, poderão formar sistemas planetários como o nosso.

13. Supernovas

Fenômenos do espaço: Supernovas

Continua após a publicidade

Uma supernova é uma explosão estelar extremamente poderosa que pode brilhar mais do que uma galáxia inteira por um curto período de tempo. O Hubble pode capturar imagens de supernovas e ajudar os cientistas a entender melhor esses eventos raros. Sem dúvida, um dos fenômenos do espaço mais intrigantes.

14. Buracos negros supermassivos

Buracos negros supermassivos

Do mesmo modo, o Hubble pode ajudar os astrônomos a detectar e estudar buracos negros supermassivos no centro de galáxias. A nossa própria galáxia, a Via Láctea, possui um desses gigantes, capazes de engolir mundos e estrelas e em contínuo crescimento.

15. Nebulosas planetárias

15 fenômenos do espaço que vão te deixar de queixo caído

Continua após a publicidade

Essas são nuvens de gás e sobretudo poeira criadas quando estrelas semelhantes ao Sol esgotam todo o seu combustível e entram em colapso. O Hubble pode capturar imagens detalhadas dessas nuvens, permitindo, assim, que os cientistas estudem a evolução estelar e a química do universo.

Visões do Universo

Esses são apenas alguns exemplos da diversidade de fenômenos espaciais que podemos ver da supeficie da Terra a olho nu ou com telescópios. Outros, entretanto, só podem ser vistos com a ajuda de telescópios espaciais, como o veterano Hubble. Desse modo, com o lançamento do James Webb, espera-se que novas descobertas e imagens incríveis do universo sejam feitas nos próximos anos.

Fontes: Mega, Hype Science, Notícias ao Minuto, Agora Viagem

Continua após a publicidade

Outras postagens

2 comentários em “15 fenômenos do espaço que vão te deixar de queixo caído