Curiosidades

Quais as principais características da geração x, y e z + diferenças entre elas

A geração x, y e z são determinadas de acordo com o período que cada pessoa nasceu. Cada uma possui suas características e diferenças.

Provavelmente você já ouviu alguém falar sobre geração x, y e z. Ademais, essas gerações correspondem a pessoas que nasceram e viveram em épocas diferentes. Por isso, elas apresentam características, hábitos e costumes distintos. Que são influenciadas pelos acontecimentos e transformações mundiais de cada período.

A princípio, com o início da Revolução Industrial, surgiram diversas mudanças no mercado de trabalho. Logo, essas mudanças passaram a ser vistas e analisadas por profissionais. Então, nos últimos anos, nunca se falou tanto em geração x, y e z, como se tem falado agora.

Por outro lado, classificar os indivíduos por geração representa uma prática que está sendo muito utilizada por empresas. Visto que, essas empresas buscam refinar o seu discurso e suas soluções conforme as características comportamentais de cada geração a quem se destinam. Desse modo, eles se destacam no mercado competitivo. Além disso, com base nessa classificação, é possível compreender como cada pessoa se comporta no mercado de trabalho.

Geração x, y e z: O que é?

Mundialmente existe um consenso que classifica os indivíduos em 4 gerações distintas, sendo elas: Geração X, Y e Z. Além da geração Baby Boomers. Ademais, essa nomenclatura corresponde ao período em que cada pessoa nasceu e viveu. A princípio, os baby boomers nasceram entre 1945 e 1964. Em seguida, a geração X são aqueles que nasceram entre 1965 e 1984. Posteriormente, a geração Y que são aqueles que nasceram entre 1985 e 1999. Por fim, a geração Z com os nascidos a partir de 2000.

Entretanto, essas classificações vão além do período em que as pessoas nasceram. Isto é, elas também são validadas com base em um conjunto de comportamentos semelhantes de cada época. Em síntese, existem estudos que comprovam que existe uma tendência. Ou seja, que as pessoas de uma mesma geração compartilham das mesmas experiências, gostos e formas de lidar com a vida.

Geração X, Y e Z: Características

1 – Geração X

SigiWeb

Dentre a geração X, Y e Z, a geração X foi aquela que nasceu entre 1965 e 1984. Ademais, essa geração cresceu e passou pela fase Hippie, fazendo carreira no mercado. Surgindo então o empreendedorismo. Além disso, a sua formação foi marcada pela influencia da programação da televisão. Dessa forma, viram surgir diversas inovações, como a internet, o computador pessoal, o celular, a impressora, o e-mail e etc.

Continua após a publicidade

Em suma, pessoas dessa geração são conhecidas por serem autossuficientes. E por priorizar o trabalho com flexibilidade e criatividade, do que apenas por dinheiro ou status. Ou seja, buscavam equilibrar a vida pessoal com a vida profissional. Além disso, tentavam realizar os seus desejos materiais e pessoais através do trabalho duro. Por outro lado, esses indivíduos buscavam produtos de qualidade, ter estabilidade mental e profissional, e valorizavam individualidade e a liberdade.

Por fim, na geração X também houve a inserção das mulheres no mercado de trabalho, tendo uma quebra de paradigmas referentes a essa competitividade. Logo, com base em tais convicções, as pessoas desse período:

  • Acreditam na meritocracia
  • Respeitam a hierarquia
  • São corajosos nos desafios impostos pelo ambiente corporativo
  • Almejam a estabilidade financeira
  • Possuem dificuldades para lidar com mudanças.

2 – Geração Y

4Daddy

A geração Y, também denominada de Millennials, corresponde aos nascidos entre 1985 e 1999. Ademais, esses nasceram em meio ao avanço econômico dos anos 1990, marcada por um interesse maior e pela autonomia no trabalho. Além disso, essa geração foi marcada por um elevado avanço tecnológico. Onde a internet já era uma realidade. Com isso, a conectividade e as facilidades dessa evolução fizeram parte da Geração Y.

Em resumo, esses indivíduos tiveram que se adaptar às transformações, tais como: novas profissões, profissões modificadas pela automação dos processos, e outras descartadas. Logo, o conceito de soft skills e hard skills começou a ser analisado, mas de forma distante pelos empregadores. Portanto, essa exposição extrema a informação fez com que as pessoas recorressem a formas de aprender, se tornando profissionais multitarefas. No entanto, também se tornaram pessoas impacientes e com falta de foco.

Por outro lado, estudos apontam que essa geração cresceu rodeada de facilidades fornecidas pelos pais. Pois, esses pais buscavam fornecer uma vida melhor ao filho do que a que tiveram. Consequentemente, essas crianças cresceram acostumados a conseguir tudo que querem, sem se sujeitar às tarefas subalternas de início de carreira. Por isso, lutam por salários ambiciosos desde cedo.

Ademais, é comum que os jovens dessa geração troquem de emprego frequentemente em busca de melhores oportunidades para o seu crescimento profissional. Logo, essa geração é marcada pelos seguintes aspectos:

Continua após a publicidade
  • Capacidade de exercer várias funções ao mesmo tempo
  • Busca pelo rápido crescimento profissional e financeiro
  • Necessidade de receber feedbacks
  • Facilidade de assimilar novas tarefas
  • Dificuldade para receber ordens
  • Superficialidade nos relacionamentos
  • Alta competitividade
  • Interesse mínimo nos acontecimentos
  • Excesso de individualismo.

3 – Geração Z

Projedata

A Geração Z corresponde aos nascidos a partir dos anos 2000. Ademais, essa geração cresceu usando a internet. Também podendo ser chamados de iGeneration. Logo, possuem uma maior facilidade de acesso à informação. Por isso, são pessoas extremamente conectadas e realistas. Além disso, apresentam um forte senso de responsabilidade social e ambiental. Pois, desenvolvem habilidades de tolerância, respeito à diversidade e inclusão. Onde sentem a necessidade de mudar o mundo.

Por outro lado, há uma pressão para um autodesenvolvimento constante. Visto que, a velocidade tecnológica impõe exigências para todas as gerações que desejam se manter ativas e competitivas no mundo corporativo. Dessa forma, a Geração Z compartilha um ponto em comum com a Geração Y, onde ambas buscam o empreendedorismo. Logo, alguns aspectos dessa Geração X, são:

  • Crença na flexibilização das relações profissionais e no poder do networking
  • Atuam em várias funções ou em várias profissões distintas
  • Compreendem que a internet é uma parte fundamental de sua carreira.

Como as empresas usam a classificação de geração x, y e z?

Escola Educação

As mudanças presentes entre a geração X, Y e Z influenciam diretamente na forma como as empresas e o mercado de trabalho se comportam. Assim sendo, cada geração é capaz de se complementar no ambiente corporativo. Ademais, integrar colaboradores das diferentes gerações pode contribuir para que as empresas tenham muitos benefícios. Por exemplo:

  • Aumentar a motivação
  • Contribuição de novas ideias e otimização de processos
  • Elevação da produtividade com eficiência
  • Maximização positiva do clima organizacional
  • Priorização do respeito com as diferenças
  • Aumento da retenção de talentos
  • Fortalecimento da marca empregadora.

Portanto, as empresas podem refinar o seu discurso e suas soluções conforme as características comportamentais de cada geração a quem se destinam. Dessa maneira, as empresas se destacam no mercado competitivo. Ao falarem a mesma língua do seu público-alvo.

Geração X, Y e Z: Os problemas entre elas

Unicep

A princípio, é notório que cada geração se comporta de uma forma diferente. Visto que, são de épocas diferentes. E desfrutam de características, comportamentos, hábitos e costumes distintos. Logo, essas diferenças entre si acabam provocando alguns conflitos no cotidiano. Por exemplo, no ambiente de trabalho. Onde se encontram muitas pessoas com visões de mundo diferente. Além disso, a empresa pode ter um funcionário X. Que está na empresa a anos desde que se formou. E está acostumado pela forma tradicional. Mas, chega o funcionário Y, que acabou de se formar, e trouxe novidades.

Por outro lado, há o estagiário Z. Ainda cursando a faculdade, sendo introvertido e se manifestando apenas quando é chamado. Portanto, é preciso que eles recorram a soluções, compartilhando percepções, buscando pontos em comum e aprendendo com os demais. Pois, cada geração há algo positivo para oferecer aos demais.

Continua após a publicidade

Por outro lado, a geração X, Y e Z também possuem desavenças em outros ambientes. Por exemplo, dentro de casa, onde se encontram os avós, os pais, e os filhos. Que nasceram em diferentes épocas. Logo, cada um possui uma visão diferente do mundo. Por isso, devem aprender a lidar com os hábitos e costumes variados. Ou seja, com as características distintas de cada um. Buscando compartilhar suas vivências, percepções e aprendendo uns com os outros.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Geração Alpha: quem são e principais características.

Fontes: Iberdrola; Consumidor Moderno; Site Ware; Oficina da Net; Globo; Sim Carreira;

Imagens: Projedata; SigiWeb; Escola Educação; Unicep; 4Daddy;

Próxima página »

Escolhidas para você