Ciência & Tecnologia

A história do Twitter: da origem até a compra por Elon Musk, por 44 bi

A história do Twitter enquanto rede social começou em março de 2006 como um aplicativo de troca de mensagens SMS como no aparelho celular.

O Twitter agora é oficialmente propriedade de Elon Musk após um acordo avaliado em cerca de US$ 44 bilhões (cerca de R$ 217 bilhões).

O acordo encerra um turbilhão de notícias em que o CEO da Tesla e da SpaceX se tornou um dos maiores acionistas do Twitter, recebeu e recusou um assento em seu conselho e se ofereceu para comprar a empresa – tudo em menos de um mês.

Agora, esta negociação coloca o o homem mais rico do planeta no comando de uma das plataformas de mídia social mais influentes do mundo; e que promete revolucionar a história do Twitter.

Então, como o Twitter agora está “sob nova direção”, vale a pena conferir como a empresa começou.

Continua após a publicidade

O que é o Twitter?

O Twitter é uma rede social global onde as pessoas compartilham informações, opiniões e notícias em mensagens de texto com até 140 caracteres. Aliás, o Twitter é muito semelhante ao Facebook, mas se concentra em atualizações de status curtas transmitidas publicamente.

Atualmente, possui mais de 330 milhões de usuários ativos todos os meses. Sua principal fonte de receita é a publicidade por meio de seus três principais produtos, a saber, tweets promovidos, contas e tendências.

Origem da rede social

A história do Twitter começa com uma start-up Podcasting Company chamada Odeo. A empresa foi co-fundada por Noah Glass e Evan William.

Evan é um ex-funcionário do Google que se tornou empresário de tecnologia e cofundador da empresa conhecida como Blogger, que mais tarde foi adquirida pelo Google.

Continua após a publicidade

Glass e Evan se juntaram à esposa de Evan e ex-colega de Evan no Google, Biz Stone. A empresa tinha um total de 14 funcionários, incluindo o CEO Evan, o web designer Jack Dorsey e o Eng. Blaine Cook.

Contudo, o futuro da Odeo foi arruinado pela chegada do podcasting iTunes em 2006, que tornou a plataforma de podcasting desta empresa start-up irrelevante e improvável de ter sucesso.

Consequentemente, a Odeo precisava de um novo produto para se reinventar, sair das cinzas e se manter viva no mundo da tecnologia.

O Twitter surgiu das cinzas da Odeo

A empresa teve que apresentar um novo produto e Jack Dorsey teve uma ideia. A ideia de Dorsey era completamente única e diferente do que a empresa estava buscando na época. A ideia era sobre “status”, compartilhar o que você está fazendo a qualquer hora do dia.

Continua após a publicidade

Dorsey discutiu a ideia com Glass, que a achou muito atraente. Glass foi atraído pela coisa do “status” e sugeriu que era o caminho a seguir. Assim, em fevereiro de 2006, Glass juntamente com Dorsey e Florian Weber (um desenvolvedor contratado alemão) apresentaram a ideia à Odeo.

Glass o chamou de “Twttr”, comparando as mensagens de texto com o canto dos pássaros. Seis meses depois, esse nome foi alterado para Twitter!

O Twitter deveria ser implementado de tal forma que você enviasse um texto para um determinado número de telefone e o texto fosse transmitido para seus amigos.

Desse modo, após a apresentação, Evan encarregou Glass de liderar o projeto com a ajuda de Biz Stone. E foi assim que a ideia de Dorsey começou sua jornada para se tornar o poderoso Twitter que conhecemos hoje.

Continua após a publicidade

Compra e investimentos na plataforma

A essa altura, a Odeo estava em seu leito de morte e nem mesmo o Twttr ofereceu a seus investidores qualquer esperança de recuperar seu dinheiro. De fato, quando Glass apresentou o projeto ao conselho de administração, nenhum dos membros parecia interessado.

Então, quando Evan se ofereceu para comprar as ações dos investidores da Odeo para evitar que eles sofressem perdas, nenhum deles se opôs. Para eles, ele estava comprando as cinzas da Odeo. Embora o valor exato que Evan pagou pela compra não seja conhecido, é estimado em cerca de US $ 5 milhões.

Após a compra da Odeo, Evan mudou seu nome para Obvious Corporation e surpreendentemente demitiu seu amigo e cofundador Noah Glass.

Embora as circunstâncias por trás da demissão de Glass não sejam conhecidas, muitas pessoas que trabalharam com eles dizem que Evan e Glass são exatamente o oposto um do outro.

Continua após a publicidade

Evolução da rede social

Curiosamente, a história do Twitter mudou quando a explosão da rede social aconteceu num festival de música e filmes para novos talentos, o South by Southewest em março de 2007.

Em suma, a edição em questão trouxe a tecnologia como foco por meio de eventos interativos. Portanto, o festival atraiu criadores e empresários do ramo para apresentar suas ideias.

Além disso, o evento ainda contou com duas telas de 60 polegadas no principal local do evento, com imagens de mensagens trocadas principalmente pelo Twitter.

Aliás, a intenção era que os usuários entendessem os acontecimentos em tempo real do evento via mensagens. Contudo, a propaganda deu tão certo que as mensagens diárias saíram d e 20 mil para 60 mil em média.

Continua após a publicidade

Posts patrocinados no Twitter

Até 13 de abril de 2010 desde a sua criação, o Twitter era apenas uma rede social e não tinha fonte de renda listada. A introdução de tweets patrocinados, tanto nas linhas do tempo quanto nos resultados de pesquisa do usuário, deu a oportunidade de ganhar dinheiro com publicidade e explorar seus enormes seguidores.

Esse recurso foi aprimorado para incluir fotos e vídeos. Anteriormente, os usuários só podiam clicar em links que abrissem outros sites para exibir imagens ou vídeos.

Desse modo, o Twitter encerrou o 4º trimestre de 2021 com receita de US$ 1,57 bilhão – aumento de 22% ante o ano anterior; graças ao seu número de usuários cada vez maior.

Compra por Elon Musk

No início de abril de 2022, Elon Musk deu uma cartada no Twitter, ficando com 9,2% da empresa e planeja exercer sua influência sobre a empresa por meio de seu conselho.

Continua após a publicidade

Depois que ele desistiu de seu assento planejado no conselho, Musk apresentou um plano ainda mais ousado: ele compraria a empresa imediatamente e a tornaria privada.

Absolutamente todo mundo surtou com isso e algumas dessas opiniões lançam dúvidas sobre a seriedade dos grandes planos do famoso magnata da tecnologia.

A oferta de US$ 44 bilhões de Musk foi finalmente aceita. Apesar disso, a negociação que irá mudar os rumos da história do Twitter, ainda poderá levar meses para ser completamente finalizada.

Quem é Elon Musk?

Em suma, Elon Musk é o homem mais rico do mundo, bem como é um empresário famoso como dono da Tesla e nos círculos espaciais por lançar a SpaceX, uma empresa privada de design e fabricação aeroespacial.

Continua após a publicidade

Aliás, a SpaceX se tornou a primeira privada a enviar carga para a Estação Espacial Internacional (ISS) em 2012. Defensor de longa data da exploração de Marte, Musk falou publicamente sobre empreendimentos como construir uma estufa no Planeta Vermelho e, mais ambiciosamente, estabelecer uma colônia em Marte.

Ele também está repensando os conceitos de transporte por meio de ideias como o Hyperloop, um sistema de alta velocidade proposto que funcionaria entre as grandes cidades.

Por fim, o empresário nascido na África do Sul se descreve como “um engenheiro e empresário que constrói e opera empresas para resolver desafios ambientais, sociais e econômicos”.

E aí, aprendeu sobre a história do Twitter? Então, leia também: TUDO sobre a Microsoft: a história que revolucionou a computação

Continua após a publicidade

Fontes: Canal Tech | TecMundo | Oficina da Net | O Povo | TechTudo

Imagens: Pexels | TechTudo

Próxima página »

Escolhidas para você