Saúde

Melancia engorda? Verdades e mitos sobre o consumo da fruta

As melancias são compostas principalmente de água, cerca de 92%. Mas, essa fruta que parece tão saudável, engorda? Leia e descubra!

Por P.H Mota

A melancia é uma das frutas mais complexas que existe, principalmente por conta do alto índice de benefícios que oferece. No entanto, muita gente ainda desconfia do potencial do alimento, por acreditar que melancia engorda.

Porém, a melancia auxilia no emagrecido, graças a seu baixo teor de gordura, colesterol e calorias. Dessa maneira, a fruta não vira gordura no organismo após a digestão, além de contribuir para a saciedade e o funcionamento do intestino, por meio das fibras.

Além disso, há uma série de outros benefícios que favorecem a saúde conseguem promover e contribuir para o emagrecimento.

Mitos sobre o consumo de melancia

Melancia engorda? Verdades e mitos sobre o consumo da fruta

Continua após a publicidade

Além do mito que melancia engorda, outras lendas estão associadas aos efeitos da fruta na saúde.

Muita gente, por exemplo, acredita que pessoas com diabetes não podem comer melancia. A fruta, no entanto, não é proibida na dieta desses pacientes. O consumo isolado não é indicado, por conta dos picos de açúcar no sangue, mas ela pode entrar na dieta com equilíbrio.

Além disso, apesar de rica em fibras e minerais, a melancia também não ajuda na recuperação muscular. Isso porque os nutrientes presentes não trazem uma quantidade suficiente de proteínas, que é fundamental no processo de recuperação muscular.

Outros mitos sobre melancia dizem respeito a seu consumo à noite ou com leite, por exemplo. No entanto, não existe nenhum estudo que relacione malefícios da melancia com o consumo noturno ou misturado com leite ou outros derivados.

Continua após a publicidade

Características e valores nutricionais

Além do consumo em sua forma natural, a melancia também pode ser aproveitada de outras formas. A casca da fruta serve para aplicações na pele, enquanto a parte branca é útil na produção de doces e geleias. Além disso, as sementes também podem produzir farinha para pães.

De acordo com dados da Embrapa e da Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO), cada 100 g de polpa de melancia contém, em média: 33 kcal, 91% de umidade, de 6,4 a 8,1g de carboidrato, 0,9 g de proteína, 0,1 g de fibra, entre 104 e 116 mg de potássio, 12 mg de fósforo, 10 mg de magnésio e 8 mg de cálcio.

Benefícios da melancia

Melancia engorda? Verdades e mitos sobre o consumo da fruta

Continua após a publicidade

Aumenta a imunidade: Uma vez que é rica em vitaminas e sais minerais, a melancia no combate e prevenção a uma série de doenças. Dessa maneira, ajuda a aumentar a imunidade, especialmente ao reduzir algumas importantes deficiências nutricionais do organismo.

Auxilia na hidratação: Mais de 90% da composição da melancia é água, ou seja, o consumo da fruta é ideal para hidratação do corpo.

Oferece energia: A riqueza de fibras e nutrientes da melancia é uma ótima fonte de energia na dieta. Por causa disso, ela é muito indicada para momentos de pós-treino, já que ajuda a repor minerais e hidrata. Numa comparação com bebidas esportivas, a fruta é mais natural e tem mais água, mas também menos carboidrato.

Tem efeito diurético: Graças à alta concentração de água, a melancia ajuda na produção de urina, o que provoca o efeito diurético.

Continua após a publicidade

Melancia engorda? Verdades e mitos sobre o consumo da fruta

Previne doenças cardiovasculares e câncer: a combinação de vitamina C com licopeno gera poderosos antioxidantes que reduzem o risco de câncer. A fruta também equilibra funções do corpo por meio de ações anti-inflamatória e analgésica, combatendo condições como infarto e hipertensão, por exemplo.

Impede o entupimento de artérias: Os carotenóides presentes na melancia ajudam na prevenção de aterogênese, reduzindo a formação de placas que entopem artérias.

Tem poucas calorias: Em média, cada 100 g de melancia leva apenas 33 calorias, ou seja, a melancia não engorda.

Continua após a publicidade

Então, gostou de saber mais sobre a melancia? Pois, veja a seguir: O que acontece se derramar alumínio líquido na melancia?

Referências:

Nutrólogo Bruno Takatsu, da Clínica Horaios Estética

Nutricionista Cindy Cifuente

Nutricionista Marisa Resende Coutinho, da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo

Continua após a publicidade

TACO – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos; Melancia

Texas A&M University. “Watermelon May Have Viagra-effect.” ScienceDaily. ScienceDaily, 1 jul. 2008.

The American Institute of Nutrition. “Dietary l-Arginine Supplementation Reduces White Fat Gain and Enhances Skeletal Muscle and Brown Fat Masses in Diet-Induced Obese Rats”. The Journal of Nutrition. Volume 139, 1 fev. 2009, p. 230?237.

Lisa D. Ellis. “Watermelon Benefits: An Unconventional Asthma Treatment”. QualityHealth, 16 jun. 2010.

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você