Ciência & Tecnologia

Mercúrio – Características, origem do nome e curiosidades sobre o planeta

O planeta mais próximo do Sol é um dos mais ignorados pelo mundo todo. Saiba mais sbre Mercúrio e as dificuldades de explora-lo.

Atualizado em 10/01/2020
Por Victor Prado

Certamente Mercúrio chama atenção de todo mundo por conta da sua proximidade com o Sol. Ele é o planeta mais próximo da nossa estrela, fazendo com que ele tenha características únicas.

Antes de tudo, vamos falar um pouco sobre nosso Sistema Solar. Como dito anteriormente, Mercúrio é o primeiro astro do nosso sistema em uma ordem decrescente a distância do Sol. Ele é seguido por Vênus e pela Terra, se tornando os três planetas mais próximos do Sol. Somando com Marte, temos os 4 planetas terrestres do nosso sistema solar, ou seja, planetas formados principalmente por metais e rochas.

Agora que você já entendeu o posicionamento de Mercúrio em nossos Sistema Solar, fique em seguida com as características desse planeta.

Características

Mercúrio - Características e curiosidades sobre o planeta
Infoescola

Em primeiro lugar temos que falar de suas características físicas. Mercúrio tem aproximadamente 4.879,4 quilômetros de diâmetro, sendo menor que a meta de Terra que tem o diâmetro de 12.742 quilômetros.

Apesar de ser bem menor que a Terra, ele não é tão rápido na hora de girar em torno de si. O movimento de rotação, que determina o dia do planeta, demora aproximadamente 176 dias terrestres. Embora esse movimento seja lento, o ano mercurial é bem rápido com 88 dias terrestres. Um fato interessante sobre esse planeta é que devido a essa rotação e translação únicos, existem partes do planeta que nunca recebem a luz solar.

Por fim temos sua composição e atmosfera (na verdade a falta de atmosfera). Mercúrio não possui atmosfera substâncial, o que faz ele perder o posto de planeta mais quente do sistema solar para Vênus. Quanto não se existe atmosfera, a radiação solar escapa fazendo com que o planeta perca muita temperatura.

Enquanto os lugares iluminados pelo Sol alcançam cerca de 427 °C, existem áreas do planeta que ficam com temperaturas em torno de -137 C. Enquanto a média de temperatura de Mercúrio é de 426,85 °C, Vênus tem 462 °C. Dessa maneira, o planeta tem a maior variação térmica (amplitude térmica) do nosso sistema solar.

Sua aparência geológica é bem parecida com a da Lua. Seu núcleo é composto de ferro, gerando um campo magnético que tem a força de 1% comparado com o da Terra. Em sua superfície exitem potássio, sódio, nitrogênio, oxigênio, hélio e dióxido de carbono.

Nomes de Mercúrio

Mercúrio - Características e curiosidades sobre o planeta
Hiper Cultura

Como muitos devem saber, Mercúrio é um deus romano. É provável que muito o conheçam como Hermer, que é seu nome na mitologia grega. Todavia, independente do nome dado a essa figura, sabemos que ele é um deus mensageiro e por isso sempre foi reconhecido pela sua velocidade. A partir disso surgiu o nome do planeta, uma vez que sua volta em torno do Sol é muito veloz.

Os sumérios, por sua vez, também haviam nomeado o planeta antes de ser chamado de Mercúrio. Eles homenagearam Nabu, o deus da escrita e da sabedoria.

Missões a Mercúrio

Mercúrio - Características e curiosidades sobre o planeta
Hiper Cultura

Com a tecnologia de hoje, é impossível mandar seres humanos até Mercúrio, porém, máquinas já foram enviadas. Além da alta temperatura do Sol, também existe o problema da distância, já que as sondas precisam viajar cerca de 91 milhões de quilômetros. Elas não chegaram a pousar no planeta, porém chegaram muito perto para entender melhor como ele é.

Durante os anos de 1974 e 1975, a Nasa enviou Mariner 10 para explorar Mercúrio. Infelizmente, devido a posição do planeta enquanto ela passava próximo a ele, só foi possível mapear 45% de todo o astro. Foram feitas ao todo3 aproximações, onde forma coletadas imagens e dados sobre seu campo magnético. Em março de 1975 a sonda ficou sem combustível e foi desligada, podendo estar até hoje orbitando no Sol.

Após Mariner 10, os EUA lançaram a sonda MESSENGER em 2005 e ela só foi chegar no planeta em 2008. Seu objetivo era conseguir mapear o resto de Mercúrio e também entender mais sobre o planeta. Por fim, a Agência Espacial Europeia em parceria com o Japão, lançou a BepiColombo, que foi lançada em 2017 e até hoje não chegou ao seu destino. Estima-se que a sonda dará novas informações de Mercúrio em 2024.

E aí, o que achou? Caso tenha gostado, é provável que também vá gostar dessa: Planeta Terra – Origem, camadas, movimentos, curiosidades sobre a Terra.

Fonte: Info EscolaHiper Cultura, Toda Matéria

Imagem de destaque: Gizmodo

Próxima página »

Escolhidas para você