Notícias

Cantora e atriz Olivia Newton-John morre nos EUA

Olivia faleceu em sua casa na Califórnia na manhã de segunda-feira, 8 de agosto. A “Sandy” de Grease lutava contra o câncer há três décadas.

A cantora e atriz Olivia Newton-John morreu na segunda-feira (8) aos 73 anos; cinco anos depois de anunciar que tinha câncer de mama com metástase para o sacro. A morte da atriz e cantora de 73 anos foi anunciada pelo próprio marido.

“Dame Olivia Newton-John morreu pacificamente no seu rancho no sul da Califórnia esta manhã, cercada por familiares e amigos. Pedimos que todos respeitem a privacidade da família durante este período muito difícil”, escreveu John Easterling.

Morte de Olivia Newton-John

Newton-John superou o câncer pela primeira vez em 1992 e ficou em remissão até 2013, quando foi novamente diagnosticada com a doença. Ela revelou que foi diagnosticada com câncer pela terceira vez em três décadas em setembro de 2018.

Na época, ela disse ao programa de notícias australiano Sunday Night que os médicos haviam encontrado um tumor na região lombar em 2017. A cantora disse que estava tratando a doença “naturalmente”. Aliás, ela estava usando óleo de cannabis feito de maconha que seu marido cultiva na Califórnia para aliviar a dor.

Além disso, ela recebeu uma damehood (maior honra que uma mulher pode receber no Reino Unido) por seus serviços para caridade, pesquisa de câncer e entretenimento em 2020.

No comunicado de sua morte escrito pelo seu marido, Easterling também relembra a batalha da esposa contra a doença:

Continua após a publicidade

“Olivia tem sido um símbolo de triunfos e esperança por mais de 30 anos compartilhando sua jornada com o câncer de mama. Sua inspiração de cura e experiência pioneira com plantas medicinais continua com o Olivia Newton-John Foundation Fund, dedicado à pesquisa de plantas medicinais e câncer.”

Biografia de Olivia Newton-John

Infância e juventude

Nascida em Cambridge, Inglaterra, em 1948, Newton-John era a caçula de três filhos. Seu pai era o professor Brian Newton-John e sua mãe, Irene, filha do físico vencedor do Prêmio Nobel, Max Born. Contudo, Newton-John passou apenas cinco anos no Reino Unido, antes de se mudar para a Austrália em 1953.

Ela ganhou um concurso de talentos da televisão, chamado Sing Sing Sing; apresentado pelo ícone do rock ‘n’ roll australiano Johnny O’Keefe na década de 1960, que viu a carreira da cantora realmente decolar.

Com apenas 15 anos, Newton-John formou um grupo só de garotas chamado Sol 4. Com efeito, a adolescente começou a aparecer em programas musicais locais na Austrália e no Reino Unido.

Além disso, ela gravou seu primeiro single, “Till You Say You’ll Be Mine”, em 1966 e pouco depois de lançar seu álbum de estreia, Let Me Be There. Como resultado, o disco lhe rendeu um Grammy de Melhor Vocalista Country e um Country Music Awards de Vocalista Feminina Mais Promissora.

Carreira e prêmios

Apesar de ter sucesso precoce como cantora, sua carreira disparou depois que ela estrelou a adaptação cinematográfica do musical da Broadway Grease em 1978.

Continua após a publicidade

Grease se tornou o maior sucesso de bilheteria de 1978, e a trilha sonora criou três singles ‘Top 5’ para Newton-John, incluindo ‘You’re the One That I Want’, ‘Hopelessly Devoted to You’ e ‘Summer Nights’.

Seu desempenho a levou a vários prêmios, incluindo dois Globos de Ouro e vários outros prêmios de cinema. Além de seu papel de sucesso no filme, Newton-John também é uma artista multi-platina; com dois singles e dois álbuns que ganharam a certificação da Recording Industry Association of America (RIAA).

Ela também representou o Reino Unido no Festival Eurovisão da Canção de 1974 com a música Long Live Love. Por fim, ela terminou em quarto lugar na competição, realizada em Brighton, perdendo para o Abba, com o hit Waterloo.

Últimos anos de vida

Olivia Newton-John não deixou que sua grave doença impedisse o que seria sua última apresentação na Austrália. Assim, a estrela internacional apareceu diante de milhares de fãs no Accor Stadium de Sydney para o show Fire Fight Australia em fevereiro de 2020, dois anos antes de sua morte aos 73 anos.

Newton-John também fez campanha extensiva por questões ambientais e de direitos dos animais. Além disso, em um incrível ato final de bondade, foi revelado que três anos antes de sua morte Olivia Newton-John doou uma grande parte de sua fortuna pessoal para a fundação e centro de bem-estar.

Além do marido, Newton-John também deixa a filha de seu primeiro casamento, Chloe Lattanzi, 36 anos. Chloe compartilhou uma foto em seu Instagram com a mãe apenas três dias antes da morte da estrela, escrevendo na legenda que a acompanha: “Eu adoro essa mulher. Minha mãe. A minha melhor amiga.”

Continua após a publicidade

Fontes: G1, Uol, BBC

Outros conteúdos que podem interessar:

Bob Saget morreu após bater a nuca e sofrer traumatismo craniano
Como John Lennon morreu? Os últimos minutos do ex-Beatle
Quem é Karapiru? História do indígena que morreu duas vezes
Elvis Presley: 15 curiosidade sobre o Rei do Rock
Quem é Maryam Mirzakhani, 1ª mulher a ganhar o Nobel da Matemática?

Próxima página »

Escolhidas para você