Curiosidades

Dungeons and dragons, saiba mais sobre esse jogo clássico

Dungeons and Dragons (D&D) é um RPG muito popular, com personagens que incluen criaturas fantásticas, como feiticeiros, dragões e magos.

Dungeons and Dragons (D&D) existe desde 1974, mas ainda é um dos jogos mais populares do mundo. Em suma, foi criado por Gary Gygax e Dave Arneson, que estavam tentando criar um jogo que fizesse as crianças amarem a leitura novamente.

Eles queriam que seus jogadores estivessem imersos em outro mundo onde pudessem fazer o que quisessem sem limites. Portanto, Dungeons and Dragons é jogado em todo o mundo por pessoas de todas as idades, de crianças a adultos.

O que é Dungeons and Dragons?

Neste RPG, pessoas de todas as idades podem se divertir criando seu próprio personagem. Geralmente são criaturas fantásticas, como feiticeiros e magos. Em seguida, eles interpretam o personagem que criaram e exploram um mundo imaginário.

O melhor de tudo, os jogadores podem personalizar o jogo. Muitas decisões cabem ao mestre da masmorra, a pessoa que constrói e guia a aventura.

História de Dungeon’s and Dragons

Gary Gygax, criador do Dungeons & Dragons, nasceu em 17 de julho de 1938 em Chicago, Illinois. Aos 5 anos o filho de imigrantes alemães começou a jogar cartas e, depois, xadrez.

Instruído a jogar pela sua mãe, sua descoberta da fantasia e ficção científica através dos trabalhos de autores como Jack Vance e Robert E. Howard, acenderam em Gygax duas obsessões que definiram sua vida daquele ponto em diante: fantasia e jogos. Assim, essas paixões eventualmente se combinaram na criação do Dungeons & Dragons, o pai dos RPG’s.

Continua após a publicidade

Gygax e Don Kaye, mais tarde juntando-se a Blume e Arneson, formaram sua própria companhia em 1973, a qual eles chamaram de Tactical Studies Rules, depois, um clube de jogos local chamado de Lake Geneva Studies Association.

Lançamento de D&D

Esta companhia foi formada para gerar um mercado para o “jogo de fantasia para ser jogado com papel e lápis” que eles renomearam para Dungeons & Dragons (depois de uma sugestão da esposa de Gygax, Mary).

A primeira aparição do jogo, na EasterCon de 1973, teve pouco tempo para ser avaliada durante aquele ano e sua primeira tiragem, de 1.000 cópias, foi oficialmente lançada (numa caixa branca) em janeiro de 1974.

O jogo consistia em três livros: Men and Magic, Monsters and Treasures, e Wilderness & Dungeon Adventures. Além disso, recomendava-se que os compradores do jogo tivessem também uma cópia do Chainmail assim como uma do Avalon Hill, Outdoor Survival.

Qual é a ordem de lançamento?

Existiam então três categorias: Fighting Man, Magic-user e Cleric. Os autores eventualmente decidiram por uma base do sistema de magias tirada dos livros de Jack Vence.

Além disso, existiam também quatro raças diferentes: humanos, anões, hobbits, e elfos. Os protestos por parte de Tolkien causaram a mudança de hobbit para halfling, mais tarde.

Quando Dungeons and Dragons começou a tornar-se popular, depois do primeiro ano, decidiram publicar alguns detalhes de campanhas dentro de algumas expansões para o jogo.

Este produto foi o Grayhawk original. Grayhawk trouxe a classe Ladrão e continha notas para magias, monstros e mais. O Reino de Grayhawk mantinha um grande fã clube, e eles publicaram Blackmoor, que trouxe o Monge e o Assassino, e também incluía um módulo: Temple of the Frog.

Então, veio o Eldritch Wizardry, que trouxe o Druida e os Psiônicos. O último livro dessas séries foi o Gods, Demigods, and Heroes, que apresentou vários panteões para serem usados no jogo.

Como jogar?

Se você quer começar a jogar Dungeons and Dragons, a primeira coisa a fazer é encontrar um grupo de amigos para jogar com você. Você precisará de um mestre de masmorras para guiar o jogo, bem como algumas pessoas para participar da campanha. Uma vez que você tenha um grupo junto, crie seus personagens.

Cada jogador precisará preencher uma ficha de personagem para escolher seu nome, características e motivação. Então, é hora de pegar alguns dados, sentar juntos em volta de uma mesa e começar! Hoje em dia, muitas pessoas também jogam D&D online, no estilo MMORPG.

Quais são os personagens de Dungeons and Dragons?

A estrutura do jogo envolve os personagens entrando em uma aventura apresentada e conduzida pelo “Dungeon Master” (DM), também conhecido como Mestre. O Mestre controla outras pessoas e criaturas, além de decidir como o mundo reage às ações dos aventureiros.

Desse modo, um padrão básico de Dungeons and Dragons seria:

  • O Mestre apresenta a história;
  • Os jogadores descrevem suas ações;
  • O Mestre narra os resultados das ações dos aventureiros;

Por fim, também é possível usar músicas para ambientação, tabuleiro com miniaturas para visualização do posicionamento dos personagens, dentre outros recursos.

Menções atuais a Dungeons and Dragons

Desde sua introdução em 1974, Dungeons and Dragons passou por muitas mudanças e edições e continua a crescer. Desse modo, D&D e os jogos que ele inspirou, expandiram-se para o mundo online com a criação de jogos de RPG online para vários jogadores.

O jogo também é responsável pela introdução e crescimento de convenções de jogos e eventos de cosplay. Portanto, a cultura do RPG de fantasia deve muito ao lançamento de D&D em 1974.

Na cultura pop, D&D foi mencionando pelo nome em programas de TV, incluindo “That ’70s Show”, “The Big Bang Theory”, “Community” e nos finais da série de “Buffy the Vampire Slayer” e “Freaks and Geeks”.

Além disso, em “Os Simpsons”, Homer conta à família que jogou Dungeons and Dragons por três horas com um novo grupo de amigos – até ser morto por um elfo.

D&D em Stranger Things

Stranger Things foi um dos programas que rapidamente impulsionou a fama esquecida de D&D. Se você já viu a série, sabe que, embora não seja sobre D&D, o jogo de mesa desempenha um papel enorme na caracterização de Will e da turma, mas também tem um grande impacto na interação dos personagens com o Mundo Invertido.

Assim, os elementos de Dungeons and Dragons que são abundantes na série incluem o Demogorgon, é claro (que era um monstro introduzido na edição original de Dungeons and Dragons em 74), mas também pode ser observado na forma como os personagens interagem uns com os outros; ou seja, construídos como um grupo de aventureiros de certa forma.

Por fim, Stranger Things e seu uso de D&D tiveram um impacto tão grande que as vendas de livros de D&D dispararam para 149% um mês após o lançamento do programa de TV.

Fontes: Tudopedia, Asmodee, DND Wizard, Wikipédia

Leia também: O que são jogos competitivos (com 35 exemplos)

Próxima página »

Escolhidas para você