Curiosidades

Dungeons and dragons, saiba mais sobre esse jogo clássico

Dungeons and Dragons (D&D) é um RPG muito popular, com personagens que incluen criaturas fantásticas, como feiticeiros, dragões e magos.

Dungeons and Dragons (D&D) existe desde 1974, mas ainda é um dos jogos mais populares do mundo. Em suma, foi criado por Gary Gygax e Dave Arneson, que estavam tentando criar um jogo que fizesse as crianças amarem a leitura novamente.

Eles queriam que seus jogadores estivessem imersos em outro mundo onde pudessem fazer o que quisessem sem limites. Portanto, Dungeons and Dragons é jogado em todo o mundo por pessoas de todas as idades, de crianças a adultos.

O que é Dungeons and Dragons?

Neste RPG, pessoas de todas as idades podem se divertir criando seu próprio personagem. Geralmente são criaturas fantásticas, como feiticeiros e magos. Em seguida, eles interpretam o personagem que criaram e exploram um mundo imaginário.

O melhor de tudo, os jogadores podem personalizar o jogo. Muitas decisões cabem ao mestre da masmorra, a pessoa que constrói e guia a aventura.

Continua após a publicidade

História de Dungeon’s and Dragons

Gary Gygax, criador do Dungeons & Dragons, nasceu em 17 de julho de 1938 em Chicago, Illinois. Aos 5 anos o filho de imigrantes alemães começou a jogar cartas e, depois, xadrez.

Instruído a jogar pela sua mãe, sua descoberta da fantasia e ficção científica através dos trabalhos de autores como Jack Vance e Robert E. Howard, acenderam em Gygax duas obsessões que definiram sua vida daquele ponto em diante: fantasia e jogos. Assim, essas paixões eventualmente se combinaram na criação do Dungeons & Dragons, o pai dos RPG’s.

Gygax e Don Kaye, mais tarde juntando-se a Blume e Arneson, formaram sua própria companhia em 1973, a qual eles chamaram de Tactical Studies Rules, depois, um clube de jogos local chamado de Lake Geneva Studies Association.

Lançamento de D&D

Esta companhia foi formada para gerar um mercado para o “jogo de fantasia para ser jogado com papel e lápis” que eles renomearam para Dungeons & Dragons (depois de uma sugestão da esposa de Gygax, Mary).

Continua após a publicidade

A primeira aparição do jogo, na EasterCon de 1973, teve pouco tempo para ser avaliada durante aquele ano e sua primeira tiragem, de 1.000 cópias, foi oficialmente lançada (numa caixa branca) em janeiro de 1974.

O jogo consistia em três livros: Men and Magic, Monsters and Treasures, e Wilderness & Dungeon Adventures. Além disso, recomendava-se que os compradores do jogo tivessem também uma cópia do Chainmail assim como uma do Avalon Hill, Outdoor Survival.

Qual é a ordem de lançamento?

Existiam então três categorias: Fighting Man, Magic-user e Cleric. Os autores eventualmente decidiram por uma base do sistema de magias tirada dos livros de Jack Vence.

Além disso, existiam também quatro raças diferentes: humanos, anões, hobbits, e elfos. Os protestos por parte de Tolkien causaram a mudança de hobbit para halfling, mais tarde.

Continua após a publicidade

Quando Dungeons and Dragons começou a tornar-se popular, depois do primeiro ano, decidiram publicar alguns detalhes de campanhas dentro de algumas expansões para o jogo.

Este produto foi o Grayhawk original. Grayhawk trouxe a classe Ladrão e continha notas para magias, monstros e mais. O Reino de Grayhawk mantinha um grande fã clube, e eles publicaram Blackmoor, que trouxe o Monge e o Assassino, e também incluía um módulo: Temple of the Frog.

Então, veio o Eldritch Wizardry, que trouxe o Druida e os Psiônicos. O último livro dessas séries foi o Gods, Demigods, and Heroes, que apresentou vários panteões para serem usados no jogo.

Como jogar?

Se você quer começar a jogar Dungeons and Dragons, a primeira coisa a fazer é encontrar um grupo de amigos para jogar com você. Você precisará de um mestre de masmorras para guiar o jogo, bem como algumas pessoas para participar da campanha. Uma vez que você tenha um grupo junto, crie seus personagens.

Continua após a publicidade

Cada jogador precisará preencher uma ficha de personagem para escolher seu nome, características e motivação. Então, é hora de pegar alguns dados, sentar juntos em volta de uma mesa e começar! Hoje em dia, muitas pessoas também jogam D&D online, no estilo MMORPG.

Quais são os personagens de Dungeons and Dragons?

A estrutura do jogo envolve os personagens entrando em uma aventura apresentada e conduzida pelo “Dungeon Master” (DM), também conhecido como Mestre. O Mestre controla outras pessoas e criaturas, além de decidir como o mundo reage às ações dos aventureiros.

Desse modo, um padrão básico de Dungeons and Dragons seria:

  • O Mestre apresenta a história;
  • Os jogadores descrevem suas ações;
  • O Mestre narra os resultados das ações dos aventureiros;

Por fim, também é possível usar músicas para ambientação, tabuleiro com miniaturas para visualização do posicionamento dos personagens, dentre outros recursos.

Continua após a publicidade

Menções atuais a Dungeons and Dragons

Desde sua introdução em 1974, Dungeons and Dragons passou por muitas mudanças e edições e continua a crescer. Desse modo, D&D e os jogos que ele inspirou, expandiram-se para o mundo online com a criação de jogos de RPG online para vários jogadores.

O jogo também é responsável pela introdução e crescimento de convenções de jogos e eventos de cosplay. Portanto, a cultura do RPG de fantasia deve muito ao lançamento de D&D em 1974.

Na cultura pop, D&D foi mencionando pelo nome em programas de TV, incluindo “That ’70s Show”, “The Big Bang Theory”, “Community” e nos finais da série de “Buffy the Vampire Slayer” e “Freaks and Geeks”.

Além disso, em “Os Simpsons”, Homer conta à família que jogou Dungeons and Dragons por três horas com um novo grupo de amigos – até ser morto por um elfo.

Continua após a publicidade

D&D em Stranger Things

Stranger Things foi um dos programas que rapidamente impulsionou a fama esquecida de D&D. Se você já viu a série, sabe que, embora não seja sobre D&D, o jogo de mesa desempenha um papel enorme na caracterização de Will e da turma, mas também tem um grande impacto na interação dos personagens com o Mundo Invertido.

Assim, os elementos de Dungeons and Dragons que são abundantes na série incluem o Demogorgon, é claro (que era um monstro introduzido na edição original de Dungeons and Dragons em 74), mas também pode ser observado na forma como os personagens interagem uns com os outros; ou seja, construídos como um grupo de aventureiros de certa forma.

Por fim, Stranger Things e seu uso de D&D tiveram um impacto tão grande que as vendas de livros de D&D dispararam para 149% um mês após o lançamento do programa de TV.

Fontes: Tudopedia, Asmodee, DND Wizard, Wikipédia

Continua após a publicidade

Leia também: O que são jogos competitivos (com 35 exemplos)

Próxima página »

Escolhidas para você