Curiosidades

O que é um cisto? Definição, tipos, causas e tratamentos

Os cistos podem aparecer em qualquer lugar do corpo. Por isso, esse tipo de inchaço localizado pode ser causados por diversos fatores.

Um cisto consiste num inchaço localizado ou estrutura anormal semelhante a uma bolsa de ar ou de água que pode surgir em qualquer parte do corpo. Eles geralmente contêm uma substância gasosa, líquida ou sólida e têm uma parede externa, conhecida como cápsula. Além disso, esses caroços podem ser pequenos e visíveis apenas ao microscópio ou podem crescer até um tamanho muito grande e deslocar as estruturas normais do corpo.

Para esclarecer, a grande maioria dos cistos é benigna (ou seja, não cancerosa) e causa poucos problemas para os pacientes. Dessa forma, muitos simplesmente desaparecem por conta própria. No entanto, se um cisto não sumir com o tempo, e se estiver causando dou ou desconforto, pode ser necessária a remoção cirúrgica. Todavia, isso também possa depender da localização do cisto no paciente corpo. Continue lendo para saber mais.

Tipos de cisto

Fonte: Pinterest

Normalmente, esses inchaços localizados aparecem em vários tecidos e órgãos e são frequentemente nomeados de acordo com essa localização, por exemplo: cistos que aparecem no ovário – ovarianos, cistos da bexiga, mamários, hepáticos etc. No entanto, certos tipos desses caroços também possuem designações e nomenclatura especiais, confira abaixo:

  • Ganglionar: aparece ao redor de um tendão, ocorrendo mais comumente no pulso;
  • De Baker: contém fluido articular localizado no espaço poplíteo atrás do joelho;
  • De Bartholin: aumento cístico de pequenas glândulas perto da abertura vaginal;
  • Naboth: surge cheio de muco na superfície do colo uterino;
  • Pilonidais: surgem no tecido mole na base do cóccix na parte inferior das costas;
  • Dermóide: um tipo de tumor benigno do ovário que contém vários espaços císticos e vários tipos de tecido.

Causas de cistos

Fonte: Pinterest

Os cistos são anomalias muito comuns que podem ocorrer em pessoas de qualquer idade. Por isso, existem inúmeros tipos diferentes de cistos que podem surgir por meio de uma variedade de razões. Defeitos no desenvolvimento embrionário podem resultar nesses inchaços localizados que estão presentes desde o nascimento.

Continua após a publicidade

Além disso, o “desgaste” normal ou pequenos bloqueios no fluxo de fluidos corporais também podem resultar na formação desses inchaços localizados. Por conseguinte, algumas doenças como infecções, tumores, condições inflamatórias crônicas e certas doenças hereditárias podem levar ao desenvolvimento de cistos.

Sintomas de cistos

Fonte: Pinterest

Muitos cistos não apresentam sintomas, mas podem ser vistos, como por exemplo cistos na pele que podem ser visíveis como uma espécie de caroços no corpo. Por outro lado, cistos nos órgãos internos podem ser mais difíceis de detectar, a menos que causem sintomas como dor nessa área ou afetem a função do órgão. Por exemplo, cistos renais causados ​​por doença renal policística podem causar micção frequente ou sangue na urina. Ademais, dependendo da localização e tamanho do cisto, outros sintomas podem incluir:

  • Distensão abdominal, dor ou cãibras;
  • Saliência ou protusão do olho;
  • Febre;
  • Menstruação irregular ou ausente;
  • Nódulos ou caroços sob a pele;
  • Dor e fraqueza muscular;
  • Náusea;
  • Perda de apetite;
  • Anormalidades neurológicas (visão alterada, marcha anormal, perda de coordenação);
  • Vermelhidão ou sensibilidade ao redor de uma área elevada na superfície da pele ou abaixo dela.

Tratamentos

O que é cisto? Definição, tipos, causas e tratamentos
Fonte: Pinterest

Como você leu no início, muitos cistos desaparecem por conta própria, outros devem ser removidos cirurgicamente, ou seus sintomas podem exigir tratamento médico. Todavia, a drenagem deles geralmente leva à recorrência. Portanto, dependendo da causa, é importante seguir seu plano de tratamento para garantir que você esteja completamente livre tanto desses caroços quanto de qualquer doença primária que possa tê-los causado. Nesse sentido os principais tratamentos incluem:

  • Drenagem do fluido
  • Medicamento para reduzir a inflamação
  • Cirurgia

Vale lembrar que nunca se deve tentar drenar ou espremer um cisto em casa. Busque sempre o auxílio de um profissional de saúde para obter os devidos cuidados e tratamento adequados para solucionar ocorrências de cisto.

Continua após a publicidade

Se achou este artigo interessante, leia também: Bolo na garganta – 9 problemas que podem causar essa sensação

Fontes: APS, SBD, Tua Saúde

Fotos: Pinterest

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você