Curiosidades

O que são gírias? Características, tipos e exemplos

As gírias são expressões idiomáticas criadas no contexto de socialização da linguagem, ou seja, nas conversas das pessoas.

Para entender o que são gírias é necessário pensar em linguagem oral e informal. Ou seja, a linguagem utilizada cotidianamente por pessoas em suas conversas.

Nesse sentido, as gírias são expressões idiomáticas criadas no contexto de socialização da linguagem. Em outras palavras, são os termos criados pelas pessoas em sua interlocução diária. Além disso, esses termos não seguem a norma culta da língua portuguesa, principalmente por estarem associada à comunicação oral.

Mais ainda, entender o que são gírias demanda compreender os grupos sociais que comunicam-se em um mesmo idioma. De modo geral, isso ocorre porque essas expressões tendem a ser criadas em nichos e coletividades específicas, como uma forma única de expressão entre seus membros.

Sendo assim, é possível encontrar gírias que pertencem somente aos jovens, mas outras que estão associadas aos adultos em seus grupos sociais. Por outro lado, pode-se encontrar gírias que são regionais no Brasil, e até expressões que pertencem a uma determinada profissão.

Continua após a publicidade
O que são gírias? Características, tipos e exemplos
Fonte: Dicio

Características

Geralmente, as gírias são palavras ou frases não convencionais, pois não aparecem na norma culta daquele idioma. Ademais, podem ser consideradas não convencionais por causa da forma com que são utilizadas.

Na maior parte dos casos, essas expressões ainda costumam ser criadas para substituir termos formais. Basicamente, elas devem ser interpretadas no sentido figurado, e não no literal.

Por exemplo, a gíria “cara” é utilizada como vocativo para amigo, colega ou até um desconhecido. No entanto, seu significado na língua portuguesa é outro, pois está associado formalmente à ideia de rosto, face humana.

Por isso, entender o que são gírias significa conhecer as mudanças da língua portuguesa e da sociedade como um todo. Nesse sentido, novas expressões surgem e desaparecem todos os dias, pois sua permanência e difusão dependem de como ela é socializada.

Continua após a publicidade
O que são gírias? Características, tipos e exemplos
Fonte: Rede Rio Hóteis

Socialização e compreensão de o que são gírias

Frequentemente, as gírias que mais aparecem em grandes coletividades são difundidas em massa. Como exemplo, pode-se citar os termos que aparecem em novelas, ou que estão muito famosas na internet e, por isso, alcançam mais pessoas.

Ainda que os indivíduos não entendam o que são gírias, é comum que elas sejam utilizadas apesar disso, principalmente por um contexto de adequação social. No geral, as pessoas também adotam essas expressões como mecanismo de inclusão em grupos sociais.

Sobretudo, as gírias são uma ferramenta de identificação de grupos específicos, em sua maioria os grupos minoritários e marginalizados. Porque são expressões criadas analogamente à norma padrão da língua portuguesa, esses termos costumam separar um agrupamento de uma coletividade.

Nesse sentido, entender as gírias e saber usá-las no cotidiano é uma questão de participação e identificação em determinados grupos. Por outro lado, as gírias não são exclusivamente relacionais, pois existem expressões profissionais que demonstram aprofundamento teórico em algumas áreas do conhecimento.

Continua após a publicidade

Como exemplo, pode-se citar as gírias e neologismos da Publicidade e Propaganda. Frequentemente, esse campo utiliza de expressões importadas do inglês para referir-se ao cotidiano do trabalho, como é o caso de briefing para se referir à pauta.

Sendo assim, saber adotar essas expressões de forma natural na interlocução é um indicativo de conhecimento e status entre os semelhantes. No entanto, o indicado é que se evite misturar as gírias à norma culta, por exemplo, em redações escolares ou em situações de formalidade.

Além disso, é comum que essas expressões desapareçam com o tempo, mas que outras tomem o seu lugar. No geral, isso acontece porque essas expressões estão entrelaçadas à comunicação oral, que está em constante mudança e atualização.

O que são gírias? Características, tipos e exemplos
Fonte: Conexão UG

Tipos de gírias e exemplos comuns

No geral, as gírias podem existir em diferentes configurações, pois são expressões que se adaptam às variações linguísticas. Nesse sentido, conhecer o que são as gírias envolve pensar na linguagem enquanto um elemento plural e diverso.

Continua após a publicidade

Frequentemente, essas expressões podem estar relacionada aos estrangeirismos e neologismos. Ou seja, às palavras importadas de outros idiomas, mas também às novas palavras criadas diariamente.

Além do exemplo de estrangeirismo no campo profissional, onde esses jargões são mais comuns, as gírias em outros idiomas estão presentes no cotidiano como um todo. Por exemplo, quando a pessoa usa a expressão brother ao invés de irmão para chamar alguém na rua, ou até mesmo quando se fala crush para se referir à pessoa de quem se gosta.

Em contrapartida, esses termpos também se relacionam aos neologismos, às novas palavras criadas pelas pessoas. Como exemplo, pode-se citar o caso do termo “internetês” como referência ao idioma da internet. Essa expressão surgiu como uma expressão incomum nas redes sociais, mas com o tempo tornou-se aceita e presente nas conversas.

Por fim, as gírias podem ser palavras ou frases completas. Nesse sentido, pode-se citar o exemplo de termos como “coroa” para se referir às mulheres mais velhas, mas também à expressão “pagar mico” para explicar uma situação em que a pessoa sente vergonha.

Continua após a publicidade

E aí, gostou de entender o que são gírias? Então leia sobre Idiomas mais antigos do mundo – quais são, origens e curiosidades.

Fontes: Toda Matéria | Educa Mais Brasil | Mundo Educação | Sua Pesquisa | Brasil Escola

Imagens: Freepik | DocPlayer | Rede Rio Hotéis | Dicio

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você