Curiosidades

Orelhas vermelhas e quentes? Descubra 12 razões!

Ter a orelha quente e vermelha às vezes pode estar relacionado a saúde, e os seus reais motivos vão muito além da superstição.

Ficar com as orelhas vermelhas e quentes é bastante comum. A propósito, existe uma superstição a respeito desse fenômeno.

Nesse sentido, popularmente, acredita-se que, quando ficamos com as orelhas assim, é por que estão falando mal da gente ou fazendo fofocas com nossos nomes.

No entanto, o fato pode ser justificado de forma simples, sobretudo, por se tratarem de órgãos bastante sensíveis.

Além disso, pode ser resultado da vasodilatação, que ocorre quando há irrigação sanguínea para o ouvido externo.

Em seguida, você verá:

  • Por que minhas orelhas ficam vermelhas e quentes?
  1. Resposta emocional
  2. Queimaduras do Sol
  3. Infecção de ouvido
  4. Síndrome da orelha vermelha
  5. Eczema seborreico
  6. Temperaturas muito quentes ou frias
  7. Alterações hormonais e ingestão de algumas substâncias
  8. Lesões ou traumas na orelha
  9. Dor no nervo trigêmeo
  10. Eritromelalgia
  11. Vasodilatação
  12. Herpes-zóster

Por que minhas orelhas ficam vermelhas e quentes?

Na cultura popular, há diversos fenômenos comumente associados às orelhas quentes e vermelhas. Em geral, não passam de superstições ou crenças sem base científica.

Continua após a publicidade

No entanto, existem condições que realmente agregam tais características às nossas orelhas. Veja, em seguida, algumas delas.

1. Resposta emocional deixa a orelha vermelha e quente

Da mesma forma como ficamos ruborizados diante de algumas circunstâncias, as emoções também podem alterar a cor e a temperatura das orelhas.

Entretanto, não precisa se preocupar, pois elas rapidamente voltam ao normal.

2. Queimaduras do Sol podem provocar a orelha vermelha

Essa é uma causa muito frequente das orelhas quentes e vermelhas. Quando nos expomos aos raios solares sem proteção, sofremos queimaduras na pele.

Assim, se este for o caso, utilize uma bolsa de gelo sobre as orelhas para reduzir a temperatura.

Ademais, outras boas formas para aliviar a o incômodo são a aplicação de creme de hidrocortisona ou de gel à base de aloe vera.

3. Infecção de ouvido tem como sintoma orelha vermelha

As infecções de ouvido podem ser bastante comuns na vida de algumas pessoas. Elas resultam, por exemplo, do acúmulo de líquido no ouvido médio. Essa condição costuma causar dor e inflamação.

No caso de bebês, um dos melhores indicativos deste problema, aliás, é exatamente o aspecto vermelho e quente das orelhas.

Primeiramente, a fim de combater o incômodo, é recomendável o uso de analgésicos e aplicação de compressas quentes.

No entanto, se não melhorar, o ideal é buscar atendimento médico.

4. Síndrome da orelha vermelha

Essa síndrome rara causa sensação de aquecimento e vermelhidão em uma ou nas duas orelhas concomitantemente. Além disso, esses sintomas podem ser acompanhados de uma forte dor de cabeça.

Nesse sentido, o tratamento para esse distúrbio envolve repouso, restrição alcoólica, dieta balanceada e compressa fria. Entretanto, uma visita ao médico é muito importante.

5. Eczema seborreico nas orelhas pode deixá-las vermelhas

Essa é uma doença que causa manchas vermelhas, escamosas e quentes, sobretudo, nas orelhas, no couro cabeludo, na face e na parte superior das costas.

6. Temperaturas quentes ou frias

Quando ficamos em ambientes muito quentes ou muito frios, nossas orelhas, aliás, esquentam e ficam vermelhas. Para evitar a oscilação nas temperaturas, o ideal é proteger as orelhas.

7. Alterações hormonais e ingestão de algumas substâncias

Algumas vezes, sentimos nossas orelhas esquentando e ficando vermelhas. Isso pode ocorrer em decorrência de alterações hormonais ou de reação a alguma substância ingerida.

Neste caso, evite o consumo de álcool e cafeína, além de regular a temperatura corporal.

8. Lesões ou traumas na orelha

Aplicação de piercings ou brincos, picadas de insetos e machucados, geralmente, deixam a nossa orelha quente e vermelha.

Para conter o incômodo, aliás, indica-se o uso de analgésicos.

9. Dor no nervo trigêmeo

Esta dor pode afetar as orelhas, o pescoço, a mandíbula e a parte inferior do rosto. Este incômodo é causado a partir, sobretudo, de atitudes cotidianas, por exemplo, escovar os dentes ou comer.

Assim, é importante buscar ajuda médica neste caso, pois pode haver grande piora sem tratamento.

10. Eritromelalgia

Esta condição é decorrente de temperaturas altas ou atividades físicas e, aliás, é bastante rara.

Dentre os sintomas, estão queimação, vermelhidão e dor, afetando, sobretudo, as extremidades, como as orelhas.

Para conseguir um diagnóstico deste quadro, no entanto, é necessário buscar a ajuda médica

11. Vasodilatação

Especialistas garantem que, se a orelha ficar vermelha e quente do nada, é em virtude dos vasinhos dentro dela estão, naturalmente, se dilatando.

Segundo explicam, esse é um processo perfeitamente corriqueiro. No caso das orelhas, aliás, o processo de dilatação é mais aparente, porque nelas a pele é bem mais fina.

12. Herpes-zóster

O herpes-zóster é uma doença causada por um vírus e pode afetar diversas partes do corpo, inclusive, as orelhas.

Dentre seus sintomas, estão, sobretudo, as feridas e lesões.

E, falando no poder das orelhas e seus “alertas”, você pode se interessar por este outro post: Descubra o que suas orelhas podem revelar sobre sua saúde.

Fontes: Terra, Hipercultura, Awebic, Malu Pires.

Próxima página »

Escolhidas para você