Ciência & Tecnologia

Qual a melhor chave para o Pix? Recomendações de segurança

A melhor chave para o Pix pode variar de acordo com o contexto de cada transferência, por isso é importante conhecer vantagens e desvantagens.

Por P.H Mota

As chaves Pix podem ser utilizadas a partir de quatro tipos de informações diferentes: CPF ou CNPJ, número de celular, endereço de e-mail ou chave aleatória. No entanto, muita gente tem dúvidas de qual a melhor chave para o Pix, especialmente no quesito de segurança.

A princípio, não existem grandes diferenças entre elas, já que todas funcionam da mesma forma e possuem o mesmo objetivo. No entanto, dependendo da situação, algumas podem trazer vantagens e desvantagens, em comparação.

Também é importante lembrar que, independente do tipo de chave, é possível vincular a informação a um QR Code para facilitar a transferência.

Qual a melhor chave para o Pix

CPF ou CNPJ

Qual a melhor chave para o Pix: recomendações de segurança

Continua após a publicidade

Em transações mais formais, como por exemplo receber salários ou pagamentos de parceiros de negócios, a melhor chave para o Pix é o CPF ou CNPJ. Além disso, a chave também é a mais indicada em casos de negociação de bens de alto valor, como veículos, imóveis ou maquinários pesados.

Nessas situações, já é comum que as partes precisem do número do documento dos envolvidos, então o processo já passa por uma facilitação. Além disso, não existe a possibilidade de cadastrar os números na conta de outras pessoas, nem mesmo por acidente.

O CPF de um indivíduo (ou CNPJ de uma empresa) não muda, então existe mais segurança para controle das transações com chave Pix. E-mails e números de celular, por outro lado, podem ser perdidos em ataques cibernéticos, gerando possibilidades de golpes e fraudes.

E-mail

Qual a melhor chave para o Pix: recomendações de segurança

Continua após a publicidade

O e-mail pode a melhor chave para o Pix em situações de contatos que já são feitos pelo meio eletrônico, mas não há troca de outras informações. No entanto, é preciso ficar atento a algumas informações.

Primeiramente, em casos de e-mails mais longos ou complicados, as pessoas podem ter dificuldade de acertar o endereço. Além disso, quem recebe a chave Pix também recebe o seu contato direto e tem a possibilidade de enviar mensagens em outras situações. Em casos de querer evitar essa troca de contato, o e-mail torna-se um problema.

Número de celular

Qual a melhor chave para o Pix: recomendações de segurança

Assim como no caso do e-mail, o número de celular é a melhor chave Pix para pessoas que já possuem seu contato. Um grupo de amigos que está em contato pelo WhatsApp, por exemplo, tem fácil acesso às informações, facilitando as transferências.

Continua após a publicidade

No entanto, por ser uma informação de fácil acesso, muitas pessoas podem descobrir o número mesmo sem ter acesso a você, o que pode representar algum tipo de risco. Além disso, o número pode ser cadastrado por outras pessoas ou clonados e adulterados por outros chips.

Chave aleatória

Qual a melhor chave para o Pix: recomendações de segurança

A chave aleatória é a melhor chave Pix no quesito privacidade. Isso porque a pessoa que tem acesso à chave não tem acesso a nenhuma de suas informações, como CPF, e-mail ou telefoe celular.

Por outro lado, exatamente por ser uma chave aleatória, ela é de difícil (talvez quase impossível) memorização. Sendo assim, quem precisar fazer uma transferência Pix dessa maneira, provavelmente deverá apostar no recurso de copiar e colar a informação. Em casos de transferências frequentes, isso pode se tornar um problema, especialmente para pessoas ou grupos que não fazem um bom controle de dados mais complexos.

Continua após a publicidade

Como evitar fraudes com a chave Pix

Qual a melhor chave para o Pix: recomendações de segurança

A fim de evitar fraudes, recomenda-se que todo usuário faça o cadastro de chaves Pix em sua conta. Dessa maneira, é possível descobrir se alguma instituição financeira já fez o cadastro prévio, sem sua autorização.

Além disso, a medida evita que golpistas e fraudadores utilizem suas informações para cadastrar as chaves com seus dados.

Segundo informações do Banco Central, existe um monitoramento constante do processo de cadastro de chaves, a fim de fiscalizar possíveis fraudes.

Continua após a publicidade

Caso algum usuário perceba alguma irregularidade em sua conta ou suas chaves, deve entrar em contato com a instituição, que fará a investigação e possível punição aos infratores nos termos da lei.

Próxima página »

Escolhidas para você