Ciência & Tecnologia

Quantos litros de sangue tem o corpo humano?

Você sabe quantos litros de sangue existem no corpo humano? E quantos litros podemos perder sem sofrer danos? Descubra isso e muito mais aqui!

Você sabe quantos litros de sangue tem o corpo humano? De acordo com o artigo de Ragav Sharma e Sandeep Sharma, professor da Midwestern University e o médico da Mercy Fitzgerald Hospital, respectivamente, a quantidade média de sangue no corpo humano é de:

  • cerca de 9 litros em uma mulher de 1,67 m e 74,8 kg;
  • cerca de 12,2 litros em um homem de 1,82 m e 90,7 kg;
  • cerca de 75 a 80 ml para cada quilo de peso corporal de um bebê;
  • cerca de 70 a 75 ml para cada quilo de peso corporal de uma criança.

Dessa forma, é possível perceber que existem alguns critérios que diferenciam a proporção entre quantidade de sangue e massa corporal.

Quer saber mais sobre esse tema? Então, acompanhe nosso texto.

Quantos litros de sangue tem o corpo humano?

A média estabelecida pelos médicos é de que temos cerca de 5 litros de sangue em nosso corpo. Para se chegar a esse número, calcula-se que existem 75 ml de sangue por quilo da pessoa. No entanto, o volume do sangue não é medido de forma tão simples assim, pois existem alguns critérios que influenciam nessa conta, por exemplo, sexo e proporção entre gordura e massa magra.

Continua após a publicidade

Além disso, estamos nos referindo ao volume sanguíneo que se encontra apenas nos vasos sanguíneos, mas não podemos nos esquecer de que ainda existe sangue no interior dos órgãos, o que faz com que se chegue aos números de:

  • cerca de 9 litros em uma mulher de 1,67 m e 74,8 kg;
  • cerca de 12,2 litros em um homem de 1,82 m e 90,7 kg;
  • cerca de 75 a 80 ml para cada quilo de peso corporal de um bebê;
  • cerca de 70 a 75 ml para cada quilo de peso corporal de uma criança.

O que é o sangue?

O sangue é um tipo de tecido conjuntivo do corpo humano, por isso ele tem, dentre outras funções, a de preencher os espaços entre os outros tipos de tecidos. Isso ocorre graças à grande quantidade de plasma presente no sangue, que é uma substância intracelular líquida.

Composição do sangue

Plasma

O plasma é responsável por, além de preencher os espaços, ajudar na coagulação e manter a pressão necessária para que o sangue fique dentro do vaso sanguíneo. Isso é possível porque o plasma é rico em proteínas, sobretudo, em albumina.

Glóbulos vermelhos

Os glóbulos vermelhos, também chamados de eritrócitos e hemácias, são células que transportam o oxigênio oriundo dos pulmões para todo o organismo e, consequentemente, que geram energia aos órgãos e tecidos e possibilitando que continuem vivos.

Continua após a publicidade

Glóbulos brancos

Os glóbulos brancos, também chamados de leucócitos, por sua vez, são células responsáveis pela defesa contra infecções, sejam por vírus, bactérias, protozoários sejam por fungos. Ao se juntarem, os glóbulos brancos formam o sistema imunológico e nos protegem dos corpos estranhos.

Plaquetas

As plaquetas são as células responsáveis pela coagulação, produzindo aquela casquinha em feridas na pele, o que também ajuda a evitar infecções e entradas de corpos estranhos.

Quantos litros de sangue o corpo humano pode perder?

Para se calcular esse valor, deve-se levar em conta a volemia, que diz respeito ao volume de sangue que circula no corpo. Assim, caso alguém perca 15% do volume total de sangue, de forma súbita, o organismo ainda suporta, mas demanda alguns cuidados, por exemplo, reidratação. No entanto, esse quadro não é considerado grave.

A partir de 30% do volume total do sangue de forma abrupta, os sintomas já são graves e aparecem muito rapidamente.

Continua após a publicidade

O que sentimos se o corpo humano perder muitos litros de sangue?

Em casos de grande perda de sangue, nosso corpo vai dar prioridade ao funcionamento dos órgãos vitais, por exemplo, coração, cérebro, pulmões, fígado e rins. Em virtude desse mecanismo, os sintomas são sentidos com maior facilidade.

A fim de que isso ocorra, o organismo faz com que os vasos se contraiam, para que, assim, passe menos sangue e o direcione aos órgãos mais importantes. Como consequência desse mecanismo, a pessoa pode ficar pálida, já que o sangue estará circulando, principalmente, nos órgãos vitais.

Além disso, um sintoma que também pode aparecer nesses casos é a tontura, decorrente da baixa oxigenação no cérebro. Como forma de compensação, o corpo acelera os batimentos cardíacos, a fim de tentar aumentar a circulação do sangue, no entanto, fica difícil de se manter atento, a pessoa fica fraca, podendo, inclusive, perder a consciência e desmaiar.

Tem sangue em todas as partes do corpo?

Na verdade, além dos cabelos e unhas, só a córnea não apresenta sangue em sua composição. Essa membrana fica localizada nos olhos e é responsável por dar foco à nossa visão. Por ela ser muito fina, sua manutenção é feita somente por meio da lágrima e do humor aquoso.

Continua após a publicidade

Já as outras partes do corpo são vascularizadas, porém isso não significa que todos os órgãos estão repletos de sangue. E ainda bem que isso acontece, pois é a partir da passagem do sangue pelos órgãos que se pode garantir a vida dos tecidos, assim como a proteção contra os corpos estranhos.

Veja também:

Fontes: Viva Bem UOL, Diário do Grande ABC.

Bibliografia:

Manzone, T. A., et al. (2007). Blood volume analysis: A new technique and new clinical interest reinvigorate a classic study.
http://tech.snmjournals.org/content/35/2/55.long

Continua após a publicidade

Sharma, R., & Sharma, S. (2020). Physiology, blood volume.
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK526077/

Próxima página »

Escolhidas para você