Curiosidades

Respiração – Como funciona, importância e e relação com as emoções

A respiração é um ato involuntário do corpo humano. Apesar disso, ela é uma das ações mais necessárias e complexas de todo ser vivo.

Primeiramente, todo ser vivo necessita da respiração para sobreviver, sendo que também é a primeira coisa que fazemos ao nascer. Além disso, também fazemos isso durante toda a nossa existência, dia e noite, sem ao menos percebemos. Desta forma respirar é algo inerente á vida.

Por dia executamos cerca de 648 mil respirações. Sendo ao todo por volta de 7,7 milhões por ano. Acima de tudo, isso comprova o quanto a respiração é importante para nossas vidas. Contudo você sabe como se dá o processo? Serve para o que?

Pois bem, todos os seres vivos precisam de energia para viver. Desta forma essa energia é obtida através dos alimentos. Porém para que o nosso organismo consiga processar essa energia todos os órgão precisam funcionar perfeitamente. Então, é ai que entra a respiração!

Como é o processo de respiração

Respiração - o ato involuntário e importantíssimo para o nosso corpo
Conceitos

Inicialmente, nosso sistema respiratório é formado pelos seguintes órgãos: nariz, faringe, laringe, traqueia, brônquios e pulmões. Com isso, durante a respiração ocorrem dois tipos de movimento, a inspiração e a expiração.  Assim na respiração o ar penetra o nosso nariz e chega aos nosso pulmões, bem como na expiração o ar que estava nos pulmões é eliminado para o ambiente externo.

Continua após a publicidade

O nosso nariz possui duas cavidades, a direita e a esquerda, separadas completamente por uma estrutura chamada septo. Bem como comunica-se com o exterior pelas aberturas chamadas narinas, e com a faringe pelos cóanos.

Respiração - o ato involuntário e importantíssimo para o nosso corpo
Sistema respiratório / Fonte: Wilde

Desta forma as cavidades nasais são a porta de entrada do ar em nosso organismo. Por isso elas são revestidas pela mucosa nasal, além de um conjunto de pelos, que atuam como um filtrador do ar. Assim a mucosa  juntamento com os pelos produzem uma secreção viscosa chamada muco.

Continua após a publicidade

Portanto é aconselhável sempre respirar pelo nariz. Desta forma o ar chegará e melhores condições aos nosso pulmões, pois os pelos e o muco atuam como uma espécie de filtro natural. Bem como chegam adequadamente aquecidos e umidificados pelo nosso nariz.

Importância da respiração

Respiração - o ato involuntário e importantíssimo para o nosso corpo
Pure Pilates

Primeiramente, nosso organismo obtém energia dos alimentos, por meio da respiração celular realizada nas mitocôndrias. Assim o ar inspirado que contem oxigênio se junta a glicose do nosso organismo, alimentando as células, sendo posteriormente eliminado. Certamente você pode comparar com a glicose também age como uma especie de “combustível”, ou seja, uma substância muito importante para o nosso organismo. Confira o processo:

Continua após a publicidade

Glicose + gás oxigênio –> gás carbônico + água + energia

Respiração - o ato involuntário e importantíssimo para o nosso corpo
Revista Blog de Escalada

De forma mais leiga, nós inspiramos oxigênio, principal gás para que haja vida. Além disso, ao chegar nos pulmões o oxigênio é absorvido pelas células, que também juntamente com a glicose agem como combustível para o corpo, gerando energia. Posteriormente nós expiramos, e eliminamos gás carbônico para a atmosfera. Portanto esse fenômeno ocorre o tempo inteiro no interior de cada uma das nossas células.

Além disso, liberamos a energia necessária para que cada órgão do nosso corpo trabalhe perfeitamente para nos manter vivos. Ou seja, é um grande sistema de cooperação, para que todas as partes funcionem. Nosso cérebro por exemplo consome 20% do ar que respiramos. Então ao privarmos nosso corpo da respiração ele para de funcionar, pois assim os órgãos não conseguirão cumprir suas tarefas.

Benefícios de uma boa respiração

Respiração - o ato involuntário e importantíssimo para o nosso corpo
MT

Primeiramente, é comprovado cientificamente, respirar traz vários benefícios para o nosso corpo, além de nos manter vivo. Pois não existe nada que nos acalme mais do que respirar lentamente e profundamente. Assim como sentir falta de ar deixa a pessoa agitada e instável. Certamente isso é porque a respiração reduz os níveis de cortisol e adrenalina, hormônio do stress.

Continua após a publicidade

Desta forma, ao buscarmos técnicas de respiração lentas e profundas, como as dos praticantes de Yoga podemos reduzir a ansiedade. Bem como controlar a síndrome do pânico. Na verdade isso se dá pelo controle do pH do sangue.

Respiração - o ato involuntário e importantíssimo para o nosso corpo
Namu Cursos

Com a respiração controlada conseguimos diminuir a quantidade de gás carbônico no sangue. No todo, a presença desse gás em nosso sangue pode alterar o pH sanguíneo, assim gerando distúrbios como delírios e alucinações.

Além de tudo, uma boa respiração pode ajudar no combate a dores, bem como pode diminuir os sintomas da asma. Assim melhorando a qualidade de quem possui a doença, podendo reduzir o uso de medicamentos broncodilatadores, que controlam a mesma.

Respiração e emoção

Respiração - o ato involuntário e importantíssimo para o nosso corpo
PB Agora

Por mais que respirar seja um ato que sabemos desde a hora que nascemos ela pode sofrer alterações no decorrer da vida. Assim, quando criança mantemos nossa respiração espontânea e natural, porém a raiva, frustração, medo pode interferir em como respiramos.

Continua após a publicidade

Então a partir do momento que temos consciência das nossa emoções começamos a respirar de uma forma diferente, ou seja, pior. Portanto até um bebê pode já sofrer problemas de respiração ao nascer, já que o ambiente onde ele vivia, o útero da mãe é bem diferente do ambiente para onde ele está sendo inserido.

Respiração - o ato involuntário e importantíssimo para o nosso corpo
Vix

Assim, ao nasce já sofremos uma espécie de trauma. Pois somos tirados de um ambiente onde a temperatura é adequada para um com temperatura bem mais baixa, bem como o corte do cordão. Porque assim perdemos nosso suprimento de oxigênio, sendo obrigados a respirar por conta própria.

Por essa razão nascer pode ser o primeiro trauma vivido pelo ser humano. E seguido de outros como desaprovações, bullying, afetam diretamente o nosso processo natural de respirar. Pois a respiração é o elemento que faz a conexão entre corpo e emoção.

Reeducando a sua respiração

Respiração - o ato involuntário e importantíssimo para o nosso corpo
Oeste BH

Primeiramente, como somos seres racionais e aprendemos as coisas com facilidade podemos reeducar nossos pulmões. Consequentemente, conseguiremos ter uma vida com maior qualidade bem como controlar as nossas emoções e comportamentos.

Continua após a publicidade

Pois ao respirarmos corretamente induzimos o fluxo perfeito de energia vital para o nosso corpo, garantindo melhorias na saúde. Além disso desbloqueamos os meridianos, local por onde circula a energia, atingindo assim todos os órgãos do corpo, que irão trabalhar da melhor forma.

Técnicas de respiração para ajudar em uma vida melhor

Respiração completa

Primeiramente, os benefícios são a revitalização dos fluxo energéticos, além de trazer relaxamento profundo e paz. A frequência deve ser diariamente, cerca de dez minutos por dia. Além disso, tem sua origem no Yoga, sendo uma dos pranayamas.

Técnica:

Continua após a publicidade

1. Sente-se em postura ereta e estável num lugar tranquilo, sem interrupções.

2. Inspire e expire bem lentamente, prestando atenção nos espaços internos do corpo que forem sendo preenchidos pelo ar.

3. Atenção ao abdome. Coloque a palma das mãos sobre ele, bem como ao inspirar amplie essa musculatura; ao expirar, contraia a região levemente. Repita o movimento algumas vezes mantendo o foco na barriga.

4. Atenção às costelas. Coloque a palma das mãos sobre elas, assim ao inspirar, ampliar ao máximo o espaço entre elas; ao expirar, deixe que se aproximem. Repita o movimento várias vezes.

Continua após a publicidade

5. Observe a  parte superior do tórax colocando os dedos das mãos sobre o peito. E ao inspirar, amplie a região; ao expirar, contraia levemente. Repita algumas vezes.

6. Após explorar cada uma das regiões separadamente, junte toda a prática num único movimento. Inicie pelo abdome e vá subindo lentamente (costelas, tórax superior). E ao expirar vá soltando o ar do tórax superior, costelas e abdome.

7. Após ter entendido cada uma das fases, pratique a técnica a partir do item 6.

Respiração da Garça que toca o espelho d’água

Continua após a publicidade

Primeiramente, os benefícios são a melhora da postura e no controle das emoções. Deve ser praticado de 3 a 4 vezes por semana. Além disso, nasceu na China.

Técnica:

São divididas em três partes, a preparação, execução e finalização.

Preparação:

Continua após a publicidade

1. Em pé, deixe os pés levemente afastados, bem como relaxe ombos e braços.

2. Mantenha a mente vazia de pensamentos e foque a atenção na respiração. Da mesma forma prolongue a expiração de forma a garantir o esvaziamento dos pulmões. Faça três respirações completas dessa maneira.

Execução:

1. Transfira o peso do corpo para a perna direita e flexione de leve o joelho esquerdo, recolhendo a perna e apoiando a ponta do pé próximo ao pé direito. Bem como eleve os braços na lateral, com as palmas voltadas para baixo.

Continua após a publicidade

2. Flexione levemente a perna direita e abaixe os braços expirando. Em seguida, inspirando, estenda a perna erguendo os braços novamente até próximo da altura dos ombros.

3. Repita o movimento três vezes.

4. Volte à respiração natural. Assim como a postura normal.

5. Repita o exercício da mesma maneira, mas desloque o apoio para a perna esquerda. Ou seja, faça para o lado contrário.

Continua após a publicidade

Finalização:

1. Permaneça de pé, com os pés levemente afastados e braços soltos.

2. Estenda os braços à frente do corpo, com as palmas voltadas para cima até a altura dos olhos, inspirando.

3. Volte as palmas para baixo, flexione os braços apontando os cotovelos para fora e leve as palmas até a altura do umbigo. Expire.

Continua após a publicidade

4. Volte as palmas para o umbigo. Apoie os polegares nele, risque uma linha para a lateral e solte os braços.

5. Feche os olhos durante alguns segundos para deixar a energia circular pelo corpo.

20 respirações conectadas

Primeiramente, traz o pensamento para o tempo presente, alivia tensões específicas do dia. Deve ser feita uma pela manhã e outra à noite. Além disso, começou no ioga, sendo é um dos seus pranayamas.

Continua após a publicidade

Técnica:

1. Sente-se em posição confortável e feche os olhos.

2. Faça quatro respirações curtas pelo nariz, sem intervalo entre inspiração e expiração.

3. Faça uma respiração longa pelo nariz, sem intervalo entre inspiração e expiração.

Continua após a publicidade

4. Repita a série quatro vezes.

Respiração diafragmática

Equilibra as emoções, induz ao sono reparador e ajuda a controlar a pressão arterial. Deve-se treinar cinco minutos por dia, todos os dias, assim como sendo recomendável que seja feito sempre no mesmo horário. Além disso, tem sua origem em um dos pranayamas da ioga.

Técnica:

Continua após a publicidade

1. Deite em uma superfície firme, aproxime o queixo do peito flexionando os dois joelhos. Atenção, a coluna deve ficar toda apoiada no chão.

2. Coloque o dedo mínimo da mão direita no umbigo e o polegar da mão esquerda na axila esquerda.

3. Inspire levando o ar até o abdome e sentindo a expansão da caixa torácica até a região do umbigo. Também mantenha os músculos do abdome contraídos para que o ar massageie os órgãos.

4. Depois de inspirar, aguarde dois segundos e expire, sempre pelo nariz.

Continua após a publicidade

5. Repita o processo invertendo a posição das mãos.

Respiração Uijayi

Elimina a tensão e ajuda a entrar em sono profundo. Deve ser feito todos os dias, durante dez minutos, bem como preferencialmente antes de dormir. Tem sua origem em um dos pranayamas da ioga.

Técnica:

Continua após a publicidade

1. Sente-se em posição confortável e respire suavemente pelo nariz.

2. Feche um pouco a garganta, em um movimento semelhante ao que se faz para engolir, mas sem fechá-la totalmente. Isso fará com que sua respiração se torne audível, como um ronco. Desta forma continue inspirando e expirando pelo nariz.

3. Aumente o tempo da respiração. Portanto comece contando até quatro para inspirar e até quatro para expirar.

4. Ouça o som de sua respiração. Ela deve soar mais ou menos como um sussurro.

Continua após a publicidade

5. Agora, ao inalar, levante os braços até o alto da cabeça; bem como ao expirar, deixe-os cair ao lado do corpo.

6. Repita cinco vezes.

Gostou dessa matéria? Confira também: Corpo humano – Divisão e funções de cada parte do organismo

Fonte: Exame SO Biologia

Continua após a publicidade

Imagem destacada: Isha

Próxima página »

Escolhidas para você