Curiosidades

A banana tem sementes? Onde elas ficam?

Você já viu pequenos pontinhos pretos na polpa da banana? Mas, afinal eles são ou não as sementes da fruta? Leia e descubra neste artigo!

A banana é uma fruta tropical presente na maioria das casas dos brasileiros. Nativa do sudoeste do Pacífico, a bananeira se espalhou para a Índia por volta de 600 a.C. e mais tarde se espalhou por todo o mundo. É possivelmente a cultura de cultivo mais antiga do mundo. Além disso, a bananeira (Musa paradisiaca, família Musaceae) é uma das plantas herbáceas mais altas com pseudocaule. Mas, afinal a banana tem sementes?

Ao comer uma destas frutas provavelmente você pensa que aquele pontinhos pretos são sementes. No entanto, as bananeiras na verdade não produzem sementes, mas uns pequenos pontos pretos ou marrons que são os começos de sementes que nunca se desenvolvem.

Neste artigo, vamos entender direitinho por que as bananas não tem sementes. Vamos lá!

Todas as bananas não possuem sementes?

Algumas bananas, dependendo da espécie, podem ter algumas sementes – até o ponto em que a fruta é mais sementes do que polpa, como por exemplo o tipo chamada Musa balbisiana. As sementes podem ser arredondadas ou anguladas.

Além disso, a bananeira não é uma árvore real. O que parece um tronco de árvore são, na verdade, os longos caules de folhas da bananeira, que são enrolados em um feixe longo e rígido. Flores amarelas florescem no caule superior da bananeira. Algumas delas se desenvolvem em bananas que pendem do caule.

Por que as bananas não tem sementes?

As bananas encontradas no comércio não possuem sementes, ao contrário de alguns tipos que há na natureza. Aliás, as bananas compradas comercialmente são bananas do tipo Cavendish.

Elas foram especialmente feitas ao longo das décadas para se tornarem triplóides sem sementes. Isso significa que elas têm três conjuntos de genes, em vez dos dois habituais. Essa é a razão pela qual elas não formam sementes maduras.

Todavia, sementes menores e imaturas podem ser encontradas na fruta, ou seja, no centro da polpa da banana. A reprodução de sementes, encontrada em diplóides, é substituída pela reprodução usando bananas imaturas.

A bananeira forma rizomas, que se desenvolvem em uma pequena árvore conhecida que pode ser cultivada em outro lugar. Leia com detalhes como ocorre este processo a seguir.

Como nasce uma bananeira?

Uma bananeira produz apenas um cacho de bananas em sua vida. Depois que a planta morre, uma nova bananeira brota dos antigos caules das raízes.

Seu caule macio e robusto, semelhante a uma árvore, é composto pelas bases das folhas em espiral, que contêm fibras de força suficiente para manter a árvore ereta. Ademais, no topo do caule é onde se encontra uma coroa de grandes folhas ovais longas e verde-escuras.

As folhas têm até 365 cm de comprimento e 61 cm de largura, com nervura central proeminente. Cada planta produz uma única inflorescência, que se desenvolve a partir do porta-enxerto e abre caminho através do pseudocaule que emerge no centro da coroa.

A inflorescência é um espigão caído, as flores inferiores são femininas e as flores superiores são masculinas, e as brácteas são grandes. Por fim, a inflorescência caída se desenvolve nos cachos de bananas.

Os cachos consistem em cinco a quinze cachos ou mãos, e cada mão contém de seis a vinte bananas individuais (às vezes uma ou duas são ‘gêmeas‘).

Com efeito, os frutos da banana são bagas modificadas e carecem de sementes, mas algumas das espécies selvagens produzem sementes normais. Assim que a árvore frutifica, ela morre ou é cortada, e surgem brotos dos rizomas, que dão origem a novas plantas.

Quais os valores nutricionais da banana?

As bananas são ricas em vitamina B6 e também contêm vitamina C, manganês e fibra dietética. Contudo, mais notoriamente, elas são famosas por seus níveis de potássio.

Mas, surpreendentemente, os níveis reais de potássio são bastante baixos por porção de comida típica, com uma média de cerca de 8% do valor diário. A vitamina B5 tem o valor mais rico de 31%.

Os alimentos que têm maior valor de potássio são leite, cenoura, damasco, pimentão verde doce e batata. Todavia, a ingestão excessiva de banana pode afetar a produção de dopamina em pessoas com deficiência no aminoácido tirosina.

Ademais, indivíduos com alergia ao látex também podem experimentar reação às bananas. Bananas maduras podem conter serotonina, dopamina e norepinefrina.

Quem são os maiores produtores da fruta?

Em suma, o Brasil é o quarto maior produtor de banana do mundo, atrás apenas da Índia, China e Indonésia. Praticamente, toda a produção se destina ao mercado interno, sendo exportado apenas 1%.

Além disso, as variedades de banana mais cultivadas no Brasil são as de mesa, como a prata, nanica, maçã e ouro. Cada bananeira produz de uma só vez, de 5 a 15 pencas e cada fruta madura pesa, em média, 100 gramas com uma composição de 75% de água e 25% de matéria seca.

A bananicultura no Brasil também desenvolve um papel social importante. A atividade gera 500 mil empregos diretos e quase metade da sua produção vem da agricultura familiar.

Então, finalmente tirou suas dúvidas sobre as sementes da banana? Pois, leia sobre este tema também: As calorias da banana podem atrapalhar sua dieta?

Próxima página »

Escolhidas para você