Saúde

O que são as fobias e como podem ser tratadas?

Encontre informações sobre tipos de fobias, incluindo sintomas, causas e quais tratamentos existem para o transtorno, neste artigo.

Você já ouviu falar sobre fobias? As fobias possuem certa gravidade por causa da influência que esses medos podem ter em nossas experiências do dia-a-dia. Na verdade, uma fobia é um medo extremo de algo, e pode realmente afetar a vida do sofredor. Continue lendo para descobrir mais sobre fobias, diferentes tipos e o que pode ser feito para tratá-las.

Tópicos deste artigo

  1. O que são fobias?
  2. Principais sintomas
  3. O que causa uma fobia?
  4. Tipos de fobias
  5. Fobias mais comuns
  6. Como funciona o tratamento para fobias?

O que são fobias?

Uma fobia não é apenas um medo. Muitos de nós ficam nervosos com coisas como falar em público, dirigir em lugares estranhos ou conhecer pessoas novas. No entanto, essas coisas são normais na vida diária.

A fobia é um medo generalizado e irracional. Além disso, o medo costuma ser repetitivo e tão intenso que interfere em aspectos da vida diária.

Quando você tem uma fobia, provavelmente fará um esforço tremendo para evitar o que o assusta. No entanto, quando não for possível, vários sentimentos negativos surgirão.

Desse modo, você pode começar a suar ou empalidecer. Além disso, um batimento cardíaco rápido é comum ao enfrentar esse transtorno. Falta de ar e tremores são possíveis, assim como pânico, medo e um forte desejo de fugir da situação geralmente estão presentes.

Principais sintomas

Algumas pessoas com fobias podem não apresentar nenhum sintoma até serem confrontadas com o que temem, enquanto outras podem entrar em pânico só de pensar nisso. Como um transtorno de ansiedade, os seguintes sintomas podem se manifestar:

Continua após a publicidade
  • Palidez;
  • Sudorese;
  • Taquicardia;
  • Aperto ou dor no peito;
  • Dor de barriga;
  • Dor de estômago;
  • Ataques de pânico;
  • Medo descontrolado;
  • Ansiedade excessiva;
  • Dificuldade de raciocinar;
  • Tremores das mãos e dos pés.

O que causa uma fobia?

Muitas vezes é difícil dizer o que causa uma fobia, pois cada caso é único. Contudo, as fobias simples geralmente remontam a um evento ou trauma específico ou, em alguns casos, são aprendidas com figuras influentes na infância do paciente, como pais ou irmãos.

Além disso, acredita-se que a genética desempenha um papel nos transtornos de ansiedade, o que significa que algumas pessoas podem nascer com uma predisposição para desenvolver esse tipo de fobia.

Tipos de fobias

As fobias podem se dividem em dois grupos principais: fobias específicas e fobias complexas.

As fobias específicas estão relacionadas a uma coisa específica, como o medo de aranhas, dentistas, voar ou de altura, e muitas vezes se desenvolvem na infância ou adolescência. Às vezes, a intensidade do transtorno pode diminuir à medida que a pessoa envelhece.

As fobias complexas podem ser mais incapacitantes para a qualidade de vida de uma pessoa e tendem a se desenvolver no final da adolescência ou na idade adulta, provavelmente quando as pessoas precisam enfrentar as situações pela primeira vez.

Fobias mais comuns

Como funciona o tratamento para fobias?

A boa notícia é que a maioria das fobias pode ser tratada e curada. Dependendo do tipo de fobia e dos sintomas que a acompanham, os profissionais de saúde mental podem sugerir psicoterapia, medicação ou uma combinação de ambos como tratamento.

Continua após a publicidade

Terapia de Exposição

Es ses tratamentos se concentram em “mudar sua resposta ao objeto ou situação que você teme” por meio de exposição gradual e repetida. Sob a supervisão de um profissional de saúde mental, os pacientes são expostos ao que eles temem em incrementos, até que a situação não desencadeie mais pânico ou medo.

Terapia cognitivo comportamental

A Terapia Cognitivo Comportamental, ou TCC, instrui as pessoas a identificar sua ansiedade e substituí-la por pensamentos realistas e fundamentados. Além disso, ajuda os pacientes ensinando-lhes vários mecanismos de enfrentamento e “crenças alternativas sobre seus medos e o impacto que eles têm em sua vida”.

Medicamentos

Por fim, quando se trata de medicamentos, médicos e profissionais de saúde mental prescrevem vários tipos como forma de controlar a ansiedade e o pânico. Com efeito, a medicação geralmente é usada junto com a psicoterapia se o tratamento terapêutico inicial não for eficaz por si só.

Então, aprendeu sobre os tipos de fobias? Pois, leia também: Quais são os 11 tipos de ansiedade mais comuns e suas características

Fontes: Vittude | Sbie | Tua Saúde |Hospital Santa Mônica

Imagens: Segredos do Mundo | Dicio

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você